Rede de Proteção faz alerta para evitar abandono de animais

O estado de preocupação e vigilância trazidos pela disseminação do novo coronavírus pode resultar no aumento do abandono de animais. O alerta é da Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba.

Rede de Proteção faz alerta para evitar abandono de animais. Foto: Divulgação

“Infelizmente isso acontece sempre que um cenário de dificuldades se apresenta, por que as pessoas passam a priorizar outras demandas”, confirma o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna da Secretaria do Meio Ambiente, Edson Evaristo.

O fato foi observado em outros lugares do mundo que tiveram a disseminação do vírus antes do Brasil. “E queremos evitar que o crescimento do abandono por aqui”, reforça o diretor. 

Abandonar animais é crime caracterizado pela Lei Federal n°9.605/1998 e infração ambiental municipal passível de multas (Lei 13.908/2011).

Tutor doente

Em casos extremos, como o do adoecimento do tutor, que precise fazer quarentena ou ficar internado em razão da infecção pelo novo coronavírus, é recomendado deixar o animal sob os cuidados de alguém de confiança ou em um local especializado neste tipo de serviço.

Assim, sem que haja o abandono, ficam garantidos os cuidados para o bem-estar do pet.

Despesas extras

Algumas pessoas perdem parte ou toda a renda em momentos como os que a sociedade vive e, além de amor, carinho e atenção, os animais requerem cuidados que acarretam em despesas, especialmente quando vão ficando mais velhos. 

“Essa é uma grande causa de abandono. Animais bastante idosos ou com doenças crônicas, que demandam cuidados especiais”, observa o diretor Edson Evaristo.

Para ajudar nessa questão, há hospitais veterinários de universidades e clínicas veterinárias com serviços solidários na cidade que costumam atender, com melhores preços e condições de pagamento, animais de pessoas em vulnerabilidade social. 

Na linha de cuidados preventivos, a Prefeitura de Curitiba oferece, em parceria com a Residência em Medicina Veterinária da Universidade Federal do Paraná (UFPR), orientação para a guarda responsável de cães e gatos, avaliação de saúde, vacinação, vermifugação, controle de ectoparasitas e encaminhamento para a castração. 

O serviço já possibilitou, desde 2018, o atendimento para mais de 8,2 mil cães e gatos da população curitibana.

Companhia em tempos de isolamento

O mais importante é lembrar que não há quaisquer indícios de que os cães e gatos transmitam ou possam ser infectados pela covid-19. Então, as famílias podem e devem ficar com os seus pets em casa, tomando os cuidados necessários antes e depois dos passeios ao ar livre.

“E já está mais do que comprovado que eles são ótimas companhias, especialmente em tempos de isolamento social”, observa Evaristo. 

E que tal adotar um amigo?

O tempo maior em casa também favorece a adoção de um cão ou gato. “Pode ser uma oportunidade interessante para ajudar o pet a se adaptar ao novo ambiente”, diz o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna. 

No Centro de Referência para Animais em situação de Risco (Crar), há mais de 35 pets já desverminados, vacinados, castrados e microchipados.

Para evitar deslocamentos desnecessários, Centro oferece a opção de conhecer os animais pelos posts da página da Rede e agendar a visita para confirmação da adoção e retirada do pet no Crar. A clínica veterinária contratada pelo Município para auxiliar na promoção da adoção de animais disponibiliza um número de WhatsApp para auxiliar na escolha dos animais (41 99963-0233). 

Para efetivar a adoção será necessário apresentar documentos pessoais, comprovante de endereço e assinar um termo de compromisso no ato da retirada do animal. O Crar fica na Rua Lodovico Kaminski, 1.381, na CIC.

Trufas frescas estrelam festival no Marcondes Cozinha Autoral

Ingredientes de alto padrão costumam ser ponto de destaque em restaurantes de alta gastronomia. Insumos raros, preparados com excelência de forma criativa são celebrados nas maiores cozinhas do mundo. E um dos itens mais celebrados, a trufa, estrela um festival completo no Marcondes Cozinha Autoral. Ao invés de usar pastas e cremes de trufa, mais comuns de encontrar, a casa tem um menu completo que leva trufas frescas vindas direto da Itália. O menu sai a R$ 159 por pessoa e começa a ser servido a partir desse sábado (05/11), por tempo limitado.

Iniciando a sequência, o couvert tem Pão feito no vapor com manteiga trufada, e a entrada conta com Bocado de pasta e sálvia, umamassa grano duro com molho cremoso de sálvia. Como prato principal, o cliente pode escolher entre quatro opções. Uma delas é o Mignon ao molho de mostarda apresentado com risoto milanês e finalizado com trufas frescas. Já o Entrecot tem nhoque ao molho de vinho Barolo e finalizado com as trufas.

Uma terceira pedida é o Fettuccine artesanal ao molho pesto e espuma de parmesão, que leva as trufas frescas na finalização. Já a quarta escolha apresenta uma Polenta cremosa com ragu de ossobuco, finalizados com as trufas frescas. Na sobremesa, a sequência leva Zabaglione com sorvete de café.

As trufas frescas têm procedência garantida pela ÉlEat Tartufi, uma das fornecedoras de destaque na região de Piemonte, no norte italiano. As trufas, de aroma marcante, são raras, crescendo na comuna de Alba. São colhidas à noite para garantir o frescor característico. O Festival de Trufas Frescas do Marcondes Cozinha Autoral acontece por tempo limitado. O menu com couvert, entrada, prato principal e sobremesa sai a R$ 159,90 por pessoa. A casa abre de segunda a sábado para jantar, às 18h30, e para almoço de sábado, das 11h30 às 15h30. O Marcondes funciona na R. Recife, 220 – Cabral. Mais informações no perfil oficial do restaurante no Instagram (@marcondesrestaurante). Reservas por WhatsApp (41) 3205-4982.

Happy Hour no ST 444 Batel: de terça a domingo, restaurante italiano-mediterrâneo oferece opções exclusivas de porções

O St 444 Batel, empreendimento gastronômico que atua no segmento italiano-mediterrâneo, está lançando um menu de porções exclusivas para o Happy Hour, que acontece de terça a domingo, das 16h às 20h, para preencher as noites curitibanas com muito sabor.

O novo cardápio com porções exclusivas para o horário de Happy Hour mantém os ingredientes característicos da gastronomia mediterrânea mas com um toque de refinado sem perder a facilidade que as porções precisam no momento do consumo.

As opções formam um menu completamente irresistível. Para os apaixonados por crocância, o restaurante oferece frutos do mar – mais especificamente a lula, camarão e iscas de peixe – empanados na farinha panko acompanhados de molho especial da casa, além da versão do requintado polvo à grega, regado a azeite de oliva e condimentado com sal grosso, páprica picante e acompanhado de pequenas fatias de pão.

Para os fãs dos clássicos, uma boa pedida pode ser as batatas rústicas que vêm acompanhadas com molho de páprica picante. Aos que preferem a maciez e suculência marcante das carnes bovinas, têm a opção de degustar a fraldinha na mostarda e/ou o entrecôte – também conhecido como bife ancho –, este último acrescido de farofa crocante e chimichurri. No horário de Happy Hour, os pratos presentes no menu comum não estarão disponíveis.

Para acrescentar uma dose de personalidade brasileira à refeição, o chopp Pilsen de 300ml chega – bem gelado – à mesa por apenas R$10; os valores variam de R$29 a R$49 por porção.

SERVIÇO

Happy Hour no ST 444 Batel

Onde: Alameda Presidente Taunay, 444 – Curitiba – PR

Quando: de terça a domingo, das 16h às 20h

Como: (41) 3044-0444

Instagram: @st444batel

Fotos: Rafael Ribeiro.