Praça do MON deve receber 10 mil pessoas para festival na “capital da cerveja artesanal”

Considerada a capital nacional da cerveja artesanal, Curitiba receberá nos dias 14 e 15 de março a 4ª edição de um dos eventos mais importantes do segmento no Brasil: o Festival da Cultura Cervejeira Artesanal (FCCA), organizado pela Associação das Microcervejarias do Paraná (PROCERVA) e que será realizado na Praça Burle Marx, ao lado do Museu Oscar Niemeyer (MON).

Com entrada gratuita, o evento terá a participação de 35 cervejarias do Paraná e mais 10 convidadas de todo o Brasil. No total, serão mais de 200 rótulos artesanais à disposição do público. Além disso, o evento contará com praça de alimentação com 14 opções gastronômicas assinadas por diferentes chefs no sábado (14) e uma churrascada com grande variedade de cortes no domingo.

“O FCCA chega à sua quarta edição como uma consagração do meio cervejeiro paranaense, que demonstra o potencial do segmento”, afirma Iron Mendes, vice-presidente da PROCERVA. “Além das cervejarias participantes, teremos uma grande variedade de entretenimento para todos os públicos. Nosso principal objetivo com isso é fortalecer ainda mais a cultura da cerveja artesanal perante o público, que hoje em dia já conhece o produto, sabe quais são seus estilos favoritos e busca cada vez mais por novidades nesse mercado que não para de crescer”, destaca.

O rock e o blues serão a trilha sonora do FCCA, com 10 bandas distribuídas durante os dois dias. As famílias com crianças podem ficar tranquilas, pois haverá um espaço kids completo à disposição, garantindo a tranquilidade para os pais que forem curtir e têm desejo de desfrutar dos rótulos cervejeiros. No sábado (14), ocorrerão os Beer Games: uma competição com corrida de cerveja, corrida com saco de malte, rola barril, beer pong e mastigação de lúpulo para os cervejeiros e apreciadores que estiverem no evento.

O festival também contará com uma área exclusiva dedicada ao relacionamento B2B entre cervejeiros e profissionais/fornecedores do setor: um ambiente exclusivo para profissionais com CNPJ e patrocinadores que poderão interagir com cervejarias, contando inclusive com um local para descanso e negócios. “A ideia desse espaço é promover a aproximação entre os empresários do mundo cervejeiro com fornecedores e profissionais desse setor, incentivando assim o crescimento da cena cervejeira no Brasil”, destaca Mendes.

Mercado pujante

A produção das cervejas artesanais no Brasil mantém um crescimento consistente nos últimos cinco anos. Em 2018, o número total de cervejarias chegou a 889 empresas, sendo 210 novas fábricas, o que representa um crescimento de 23% do setor. O Sul continua como a região com o maior número de cervejarias e o Paraná se destaca nesse cenário: são mais de 90 cervejarias artesanais, com uma produção atual estimada de 7,8 milhões litros/ano.

Serviço – FCCA (Festival da Cultura Cervejeira Artesanal)

Sábado e domingo, 14 e 15 de março, das 10h às 20h

Endereço: Praça Burle Marx (ao lado do Museu Oscar Niemeyer) – R. Mal. Hermes, 999 – Centro Cívico, Entrada GratuitaAcompanhe mais informações na página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/festival-procerva/fcca-2020/557598584838094/

Deixar animais soltos em ruas e praças pode gerar multa de até R$ 2 mil em Curitiba

Projeto de lei que reforça punição à maus-tratos foi aprovado em 1º turno na Câmara Municipal.

Os vereadores de Curitiba aprovaram nesta quarta-feira (16), por unanimidade e em 1ª discussão, o projeto de lei que, entre outras coisas, estabelece multa de R$ 200 a R$ 2 mil para quem abandonar animais em ruas e espaços públicos. O projeto modifica  modifica lei já existente e amplia as práticas consideradas como crime de maus-tratos a animais.

A proposta da vereadora Katia Dittrich (Solidariedade) lista 24 ações ou omissões como maus-tratos, o dobro do que previa a lei de 2011. Entre os novos comportamentos que caracterizam o crime, o mais significativo é o de abandono.

“Deixar o animal solto em vias e logradouros públicos” como diz o texto do projeto, vai passar a doer no bolso, com multas de até R$ 2 mil no caso de flagrante ou denúncia comprovada. As medidas seguem a linha de projeto semelhante porém ainda mais rigoroso e que prevê responsabilização criminal, aprovado no Senado Federal na semana.

Outros dois pontos polêmicos do projeto são a proibição expressa de ‘passeios’ desacompanhados e abandono de animais idosos ou doentes. No primeiro caso está prevista responsabilização dos tutores com multa, pelo risco do animal sofrer ou causar acidentes, além de permitir uma possível cria indesejada” e no segundo uma característica de agravante ao crime de maus-tratos, pela vulnerabilidade dos bichos.

Para entrar em vigor, o projeto precisa ser aprovado em 2ª discussão para depois ser sancionado ou não pelo prefeito.  Caso seja sancionada, a lei então terá um prazo para regulamentação.

Informações Banda B.

Sérgio Moro recebe carteira da OAB e abre escritório em Curitiba

Antes de começar a advogar, no entanto, Moro deverá acabar de cumprir a quarentena de seis meses determinada pela Comissão de Ética da Presidência.

O ex-juiz federal que conduziu a Lava Jato e colecionou desafetos entre alguns criminalistas vai atender sua futura clientela em um endereço de Curitiba, base e origem da maior operação já desencadeada no País contra a corrupção.

Antes de começar a advogar, no entanto, Moro deverá acabar de cumprir a quarentena de seis meses determinada pela Comissão de Ética da Presidência. Levando em consideração a data em que anunciou sua renúncia e acusou o presidente de suposta tentativa de interferência na Polícia Federal, 24 de abril, a quarentena do ex-juiz terminará no fim de outubro.

Informações Banda B.