Playlists maravilhosas para você andar de busão

A Tv do Ônibus, conhecida por nos entreter em nossa viagem de busão por Curitiba, separou umas playlists super legais para você curtir enquanto cruza a cidade dentro de um ônibus.

Se liga nas listas:

  1. No balanço do busão
  2. Música de Ponto a Ponto
  3. Música de fossa pra ouvir olhando pela janela do ônibus
  4. Música pra correr atrás do busão
  5. Perdidos no Busão

Quer descobrir o que tem em cada playlist?

Então acesse pelo SPOTIFY ou pelo DEEZER.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oficina de Música de Curitiba começa quarta com Camerata, Arnaldo Cohen e solistas argentinos

Jornada musical de Curitiba começa quarta com Camerata, Arnaldo Cohen e solistas argentinos

A 40ª Oficina de Música de Curitiba começa nesta quarta-feira (25/1), inaugurando uma jornada musical de 12 dias com mais de 200 shows e concertos em diversos espaços culturais da cidade. A edição deste ano marca o início das comemorações dos 330 anos de Curitiba e os 50 anos da Fundação Cultural de Curitiba. O concerto de abertura, às 20h, no Teatro Guaíra (Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto), terá a Camerata Antiqua de Curitiba e solistas convidados de primeira grandeza.

A primeira parte do programa será com o renomado pianista brasileiro Arnaldo Cohen, que fará solo com a orquestra da Camerata, apresentando o Concerto para piano nº 1 em Sol menor, de Felix Mendelssohn. Cohen é um dos mais destacados pianistas da atualidade e esta será a única oportunidade de o público apreciar ao vivo o desempenho do artista, que atualmente vive nos Estados Unidos. Com mais de 50 anos de carreira, Cohen consolidou uma trajetória internacional, realizando recitais e tocando com prestigiosas orquestras de todo o mundo.

Na segunda parte, entram em cena os solistas convidados do Teatro Colón, da Argentina. A Sinfonia Concertante em Mi bemol Maior, de Wolfgang Amadeus Mozart, com solos de instrumentos de sopro, será apresentada pelos argentinos Fernando Chiappero (trompa),  Michele Wong (oboé), e pelos brasileiros Cássia Carrascoza (flauta) e Ronaldo Pacheco (fagote). Solista do famoso teatro de Buenos Aires, a soprano Jaquelina Livieri fará o solo na obra Laudate Pueri Dominus, de Georg Friedrich Händel, com acompanhamento de coro e orquestra da Camerata Antiqua de Curitiba.

A regência é do maestro Abel Rocha, e a regência de coro, da maestrina Mara Campos.

Cursos e espetáculos

A programação da Oficina de Música segue intensa até 5 de fevereiro, com importantes instrumentistas estrangeiros e destaques da cena nacional nas áreas de música erudita, antiga e MPB. Os espetáculos acontecem nos principais teatros e salas de concerto da cidade, em igrejas e oratórios, em parques e palcos itinerantes. Pelo menos metade da programação é gratuita.

Enquanto o público acompanha a programação musical, que vai da música medieval ao hip hop, os cursos acontecem durante o dia, reunindo os 1.200 alunos que vêm de todas as partes do país para ter aulas com conceituados professores dos mais diversos instrumentos. Os cursos também contemplam estudos de canto, ópera, composição, práticas de orquestras, entre outras modalidades inovadoras, como luteria, musicoteca, tecnologia e produção musical. A sede dos cursos é a Pontifícia Universidade Católica do Paraná – campus Prado Velho.

Atrações de quinta-feira

Na quinta-feira (26/1), a Oficina de Música terá uma das suas atrações de peso: a cantora e compositora Vanessa da Mata, que se apresenta às 20h, no Guairão, acompanhada da Orquestra À Base de Corda, um dos grupos artísticos da Fundação Cultural de Curitiba.

Na Capela Santa Maria, a soprano Jaquelina Livieri volta a ser apresentar no concerto Mercosul Cultural, ao lado dos músicos Jairo Wilkens (clarinete), Alex Sanchez (fagote) e Clenice Ortigara (piano). No programa estão obras do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos, e dos argentinos Astor Piazzolla, Andrés Gaos, Paquito d’Rivera, Alberto Ginastera, além de canções populares argentinas. E já na quinta-feira também começa a programação no Teatro Cleon Jacques. Às 19h30, o multi-instrumentista Gabriel Schwartz lança o seu álbum “Solo”.

Serviço

Concerto de abertura da 40ª Oficina de Música de Curitiba

Local: Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Teatro Guaíra (R. XV de Novembro, s/nº)

Data e horário: 25 de janeiro de 2023, às 20h

Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (à venda no site ticketfacil.com.br)


Atrações de quinta-feira (26/1) na 40ª Oficina de Música de Curitiba

19h, Capela Santa Maria – Concerto Mercosul Cultural, com Jaquelina Livieri (soprano) e Trio Jairo Wilkens (clarinete), Alexa Sanchez (fagote) e Clenice Ortigara (piano)

Ingressos (R$ 35)

19h30, Teatro Cleon Jacques (Memorial Paranista) – Gabriel Schwartz, lançamento do álbum “Solo”

*Grátis

20h, Guairão – Orquestra À Base de Corda convida Vanessa da Mata

(Ingressos esgotados)

A 40ª Oficina de Música de Curitiba é uma realização do Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura de Curitiba, Ministério da Cultura, Governo Federal, com apoio master da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, e patrocínio da Volvo do Brasil Veículos e Copel Distribuição. Também apoiam o evento: Camões – Centro Cultural Português, Embaixada de Portugal no Brasil, Teatro Colón, Centro Cultural Teatro Guaíra, Escola de Música e Belas Artes do Paraná – Campus Curitiba I da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), Universidade Federal do Paraná – Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec), Sistema Fiep/Sesi Cultura, Família Farinha, Hard Rock Cafe Curitiba, LAMUSA – Laboratório de Música Antiga, Rádio Educativa 91.7 FM, TV Paraná Turismo, Teatro Regina Casillo e Bicicletaria Cultural.

Projeto realizado com o apoio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Profice) – Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Paraná.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

Circuito Off: música vai movimentar 25 bares e restaurantes de Curitiba

Circuito Off: música vai movimentar 25 bares e restaurantes de Curitiba

A 40ª Oficina de Música vai agitar não apenas os teatros e espaços culturais da cidade. Bares e restaurantes também viram palco nestes 12 dias de festival (25 de janeiro a 5 de fevereiro), com shows e grandes encontros entre músicos e público. Nesta edição, o Circuito Off começa com  80 shows em 25 bares de Curitiba, localizados em diferentes bairros da cidade, atingindo assim um público diverso. Confira a programação do Circuito Off da Oficina de Música no Guia Curitiba.

O Vale da Música, palco flutuante na Ópera de Arame, também integra o Circuito Off, e no período da Oficina de Música, oferecerá uma programação diária de música instrumental, sempre às 15h20. Apenas nesta quarta-feira (25/1), que será às 10h com a apresentação de Claire Michel Quartet, grupo francês representante da vanguarda do jazz europeu.

Mini festivais

O Circuito Off é um dos momentos mais especiais da Oficina de Música, levando verdadeiros mini festivais todas as noites dentro de bares e restaurantes da cidade, valorizando o intercâmbio e encontro entre músicos locais e visitantes, espaços e professores e movimentando a economia criativa da cidade.

“Um dos fatores mais positivos do Circuito Off é o intercâmbio cultural dos músicos locais e visitantes, de onde também surgem diversas parcerias. Ele (o circuito) também alcança um público diferente que muitas vezes não vai ao teatro, aumentando o alcance da Oficina de Música” diz Glauco Sölter, curador do Circuito Off.

Retrato da cena local

Com uma grande e abrangente oferta de espetáculos, o Circuito Off também funciona como um retrato do panorama musical da cidade, apresentando instrumentistas novatos e veteranos. A modalidade paralela à Oficina de Música também atrai público para os bares e restaurantes.

Um dos primeiros bares a integrar o Circuito Off, o Dom Max, no Água Verde, participa todos os anos do evento paralelo da Oficina de Música de Curitiba. “O festival tem extrema importância e gera um grande orgulho para nós, já que movimenta muito o espaço trazendo shows e espetáculos incríveis “, diz Paulo Zanatta, dono do Don Max.

20 anos de Circuito Off na Oficina de Música

O Circuito Off surgiu de uma ideia de Glauco Sölter, coordenador do evento, quando esteve no Festival de Jazz de Montreux em 1992. Lá ele observou a existência de um Circuito Off que acontecia também em diversos outros festivais pelo mundo.

Assim, em 2002, surge dentro da Oficina de Música de Curitiba o Circuito Off em Bares e Restaurantes e já está consolidado como parte do festival de música de Curitiba.

A programação completa de shows e espetáculos já está disponível dentro do Guia Curitiba, e pode ser acessada com o uso da tag Circuito Off. Os locais podem cobrar couvert artístico para as apresentações, assim é orientado que os interessados confirmem com os locais a cobrança ou não do couvert artístico.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com