Inscrições para o BBB 22 estão abertas! Saiba como se inscrever

Atenção, preste muita atenção! Já estão abertas as inscrições para o Big Brother Brasil 22.

A partir desta quinta-feira (29) os fãs do reality show já podem enviar sua inscrição para participar da casa mais vigiada do Brasil. Serão selecionados participantes das cinco regiões do país – Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Na primeira etapa da seleção os candidatos terão que responder a 85 questões e enviar um vídeo. Os candidatos que forem selecionados vão participar de uma entrevista virtual por conta da pandemia. Mas, fique ligado, porque as vagas são limitadas.

Clique aqui para fazer sua inscrição.

Mais informações no site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Edital do Enem 2021 é divulgado: confira o calendário

Após o ministro da Educação, Milton Ribeiro, ir às redes sociais e antecipar, na segunda-feira (31) que o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2021 vai acontecer nos dias 21 e 28 de novembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta quarta-feira (2) o edital com o cronograma do exame. As inscrições poderão ser feitas entre os dias 30 de junho e 14 de julho.

Como os processos do exame dependem da divulgação do edital, documento oficial com todas as diretrizes e datas das provas, a realização do Enem 2021 ainda neste ano vinha causando incertezas – normalmente, o edital é divulgado em março e as inscrições começam em maio. Agora, mesmo com atraso em relação a anos anteriores, pessoas interessadas já podem se planejar.

A seguir, confira o calendário e as principais perguntas sobre o exame

Provas

As provas do Enem Impresso e do Enem Digital serão aplicadas no mesmo dia, o que, segundo o Inep, deve otimizar a elaboração dos Cadernos de Questões, já que as duas versões utilizarão os mesmos itens. Além disso, a participação dos “treineiros” – estudantes que ainda estejam cursando ou não tenham concluído o ensino médio – está garantida na versão impressa.

Cronograma

– De 30 de junho a 14 de julho: inscrições.

– Até 19 de julho: pagamento da taxa de inscrição.

– De 30 de junho a 14 de julho: atendimento especializado.

– De 19 de julho a 23 de julho: pedido de tratamento pelo nome social.

– 21 e 28 de novembro: realização das provas.

Qual o horário de realização das provas?

As provas seguem o horário de Brasília.

– Abertura dos portões: 12h.

– Fechamento dos portões: 13h.

– Início das provas: 13h30.

– Término das provas no 1º dia: 19h.

– Término das provas no 2º dia: 18h30.

Como e onde fazer a inscrição?

Todas as pessoas interessadas em fazer o Enem 2021, inclusive aquelas que solicitaram isenção da taxa de inscrição do exame até o dia 28 de junho, devem efetuar a inscrição no site oficial do Inep, na Página do Participante, do dia 30 de junho ao dia 14 de julho de 2021 às 23h59 (horário de Brasília-DF).

Na hora de se inscrever, o participante deve informar os seguintes dados:

– Número do CPF e data de nascimento (o Inep aceita apenas uma inscrição por número de CPF).

– Optar pela participação no Enem 2021 digital ou impresso (após concluir a inscrição, não será possível alterar essa opção).

– Informar endereço de email e número de telefone fixo ou celular válidos.

– Indicar a unidade da federação e o município onde deseja realizar o exame.

– Solicitar, se necessário, atendimento especializado (válido, por exemplo, para pessoas com deficiência).

– Selecionar a língua (inglês ou espanhol) em que realizará a prova de Língua Estrangeira.

– Criar cadastro e senha de acesso para a Página do Participante

Qual o valor da taxa de inscrição?

A taxa de inscrição do Enem 2021 é de R$ 85,00. O valor deverá ser pago até 19 de julho de 2021, respeitando os horários de compensação bancária, sob risco de a inscrição não ser confirmada. O Inep informou que não haverá prorrogação no prazo. O pagamento da taxa de inscrição vale somente para o participante que não solicitou ou não teve aprovada a isenção da taxa de inscrição.

Quantas vagas o Enem Digital oferece?

O Inep informou que o Enem Digital 2021 ofertará 101.100 vagas para os primeiros participantes que optarem por essa modalidade. Aqui, vale lembrar que o Enem não tem limite de inscrições na modalidade impressa, mas, por questões logísticas, a versão digital estabelece um teto para controle e monitoramento dos candidatos.

Neste ano, os participantes que optarem pela versão digital do exame também terão a oferta de atendimentos especializados. Os recursos disponíveis serão prova ampliada, prova superampliada, prova com contraste e locais de prova com acessibilidade para pessoas com deficiência.

O Enem Impresso respeita regras sanitárias?

Para a realização do Enem 2021, o Inep considera o cenário atual da pandemia no Brasil. Atualmente, o instituto e o consórcio aplicador fazem o mapeamento de possíveis locais de realização das provas que garantam o cumprimento das medidas sanitárias de prevenção contra a covid-19, como o distanciamento social. Como na aplicação do Enem 2020, realizada em janeiro de 2021, houve aglomeração e o não cumprimento de todas as diretrizes sanitárias, uma das possibilidades em estudo pelo Inep é o aumento do número de municípios de aplicação.

Juliette é a campeã do BBB 21 com 90,15% dos votos

Com 90,15 dos votos, a advogada e maquiadora Juliette Freire é a vencedora do Big Brother Brasil 21. Em segundo lugar ficou a influenciadora Camilla de Lucas, com 5,23% da preferência do público, seguida pelo cantor Fiuk, que conquistou a terceira colocação, com 4,62% dos votos do público.

Apesar da preferência do público, que garantiu à sister o prêmio de R$ 1,5 milhão, Juliette não teve uma trajetória fácil dentro da casa do BBB 21. Desprezada por boa parte dos brothers desde o início do programa, sua participação foi marcada por brigas, discussões e traições – o que talvez tenha ajudado a levar a participante até a final do programa.

No jogo, também não contou muito com a sorte: Juliette não venceu quase nenhuma prova, exceto um bate e volta (quando se salvou do paredão que disputaria com Caio, Rodolffo e Gil), além da última prova do líder, disputada com Camilla, Fiuk, Gil e Pocah.

Uma das favoritas do público para ocupar um dos lugares da final – assim como era Gil, eliminado no último paredão com 50,87% votos -, Camilla ficou com a segunda colocação da noite, faturando o prêmio de R$ 150 mil.

De mansinho, Fiuk foi ficando na casa semana após semana, sem chamar muita atenção. Ele só se tornou um dos “protagonistas” do reality, como dizem os brothers, na reta final, quando venceu a última prova de resistência do programa e garantiu sua vaga na finalíssima. Por ter conquistado o terceiro lugar no pódio, o filho de Fábio Junior leva para casa R$ 50 mil.

A festa de encerramento do BBB 21 contou a apresentação de artistas que integraram o grupo Camarote dessa edição do reality: Projota, Karol Conká, Pocah e Rodolffo (esse último, junto com Israel, com quem forma uma dupla sertaneja).

‘O Big dos Bigs’

Tretas, polêmicas, romances, muitas lágrimas, discussões sérias (e outras nem tanto), personagens marcantes. O BBB 21 entregou para o telespectador tudo o que se espera de um reality show.

“O Big dos Bigs”, com o número recorde de 20 participantes e 100 dias de confinamento, faturou alto com publicidade: já antes da estreia, a previsão era de um faturamento de R$ 550 milhões para a TV Globo, 50% a mais que a edição anterior. Nos últimos episódios, o intervalo comercial do programa custava mais de R$ 500 mil.

Mas, para além do tamanho do faturamento, o BBB 21 enriqueceu o debate e trouxe questões sérias e relevantes para a pauta cotidiana dos espectadores. Cancelamento, Racismo, xenofobia, sexualidade e intolerância religiosa foram assuntos que permearam o horário nobre da televisão brasileira e levaram alguns participantes dessa edição a sair com porcentuais recordes de rejeição.

BBB 21 também experimentou a influência das redes sociais no resultado do programa. O grande fenômeno neste quesito foi justamente a vencedora, Juliette Freire, que entrou na casa fazendo parte do grupo “pipoca”, dos participantes anônimos. A paraibana tinha apenas 4 mil seguidores quando o BBB começou e finalizou o programa com mais de 23,5 milhões.

Por outro lado, Karol Conká, que entrou no reality no grupo “camarote”, daqueles que já eram conhecidos do público, tinha 1,7 milhão de seguidores no início e terminou o programa com 1,3 milhão – 400 mil a menos ao longo do Big Brother Brasil. Ela foi a campeã no índice de rejeição: 99,17%.