Empresa paga salário de R$ 12 mil por mês para que candidato fume maconha

A empresa American Marijuana está oferecendo uma vaga única para ser um profissional da maconha. Um sonho para muitas pessoas. A empresa é uma revista on-line, com sede em Nova York, procura um conhecedor de maconha confiável para experimentar os produtos mais recentes no mercado da maconha, incluindo novas variedades, produtos vape, produtos comestíveis e suplementos de CBD. O salário mensal é de 12 mil reais.

Mais de 20 estados americanos já legalizaram a maconha medicinal ou recreativa, a revista diz que o emprego é mais crucial do que nunca.

O salário começa com cerca de 150 mil reais por ano com um “plus” de produtos gratuitos. Para quem quiser se candidatar, precisa ter mais de 18 anos e residir nos Estados Unidos ou no Canadá, onde a maconha é legalizada.

A American Marijuana escreveu: “Isso pode não ser para todo mundo, mas eu aposto que você está interessado neste tipo de trabalho. Eu digo, vamos lá, quem não quer ser pago por algo que ama?”

Para se candidatar, entre no site e preencha o formulário: https://americanmarijuana.org/cannabis-dream-job/

Informações de: New York Post

Paranaenses estão mais comedidos com os presentes neste Natal

Os paranaenses estão mais comedidos neste Natal. Sondagem feita pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR) e pelo Sebrae/PR revela que 78,8% da população pretende presentear no Natal. Esse percentual é inferior aos 82,3% registrados em 2021. O valor dos presentes deste ano também será menor: o tíquete médio será de R$ 322,36 ante os R$ 434,95 do ano passado.

De acordo com o coordenador de Desenvolvimento Empresarial da Fecomércio PR, Rodrigo Schmidt, o Natal é a principal data do varejo nacional e a expectativa neste ano é que continue movimentando o comércio de bens, serviços e turismo, com a intenção de compras um pouco menor do que em 2021, mas superior ao ano pré-pandemia. “A projeção da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, a CNC, inclusive, é que alguns segmentos tenham expansão de vendas neste ano, como os de hiper e supermercados, por exemplo. Nas semanas que antecedem às festas natalinas há uma grande expectativa de reunião de famílias e amigos, e são muito positivas para o comércio, que também se beneficia no período de trocas, quando muitos consumidores retornam às lojas e acabam aproveitando a ocasião para comprar outros produtos”, afirma.

Problemas financeiros e o desemprego são os vilões neste Natal. Entre os 18,8% de paranaenses que não vão presentear e os 2,4% que ainda não decidiram, os principais motivos são as dificuldades financeiras ou por estar desempregado, com 46,8%. No ano passado essa parcela era de 45,2%. Outros 31,7% não alegaram motivo específico, 15,2% disseram não comemorar a data e 6,3% que não têm a quem presentear.

Tipo de presente

As principais escolhas de presentes natalinos serão itens de vestuário (54,6%), brinquedos (37,9%), calçados (16,4%), perfumes e cosméticos (15,4%), acessórios (14%), lembrancinhas e artesanatos (8,9%), livros e afins (8,2%), eletroeletrônicos, como videogames, notebooks, tablets, celulares e TVs (8,2%), joias e relógios (5,1%). Também foram citados dinheiro em espécie, eletrodomésticos, comidas e bebidas e viagens.

Período da compra

A semana de Natal será a mais movimentada. Neste ano, boa parte dos paranaenses, 50,7%, vai deixar para comprar os presentes até sete dias antes da data, aumento considerável em relação aos 41,2% de 2021. Outros 23,9% irão às compras de 8 a 15 dias do Natal e 9,5% farão a compra dos presentes no mesmo dia. Os que preferem se antecipar e já começaram as compras natalinas, há mais de um mês, correspondem a 5,6% e os que vão comprar os presentes com 16 a 30 dias de antecedência somam 10,2%.

Tem também os consumidores que aproveitaram a Black Friday para antecipar as compras de Natal. Segundo outra sondagem realizada pela Fecomércio PR e pelo Sebrae/PR, 17,8% adiantariam as compras natalinas durante as promoções de novembro.

Local das compras

Segundo a sondagem, as lojas de bairro receberão 32,8% do movimento e as lojas do centro da cidade, 25,3%. Com o abrandamento da pandemia, o comércio de rua tradicional voltará a receber o maior fluxo de consumidores, com 58,1%, justamente o mesmo percentual registrado para as compras pela internet no ano passado. Em 2022, as compras pela internet devem corresponder a 34,5%. As lojas de shopping receberão 23,9% dos consumidores e os hipermercados, 4,1%.

O coordenador estadual de Mercado de Varejo do Sebrae/PR, Lucas Hahn, sugere dois pontos de atenção aos empresários, na parte de engajamento de equipes e o ambiente de loja para a experiência física com os clientes. “Políticas de compensação podem auxiliar no incentivo dos colaboradores. Uma loja física com bom atendimento, com a equipe motivada, atenciosa, é um grande diferencial do meio on-line, que também seguirá como um grande canal de vendas”, explica.

Outro aspecto importante é a preocupação com a organização do ambiente. “É necessário pensar em uma experiência para o cliente. Isso pode ser feito por meio de enfeites natalinos, utilização de balas, doces, água, playlists, entre outros. Essas ações aproximam o cliente da marca e podem ser uma ótima estratégia para vendas e até a fidelização”, ressalta Lucas Hahn.

Pesquisa de preço

A pesquisa de preço será feita por 80,9% dos consumidores, sendo que 50,3% vão usar a internet para comparar preços, ainda que a maior parte das compras deva ser feita em lojas físicas. Em 2022, 74,4% das buscas por valores de presentes foram feitas on-line. Outros 30,6% farão a pesquisa de preço pessoalmente, parcela superior aos 17% que fariam pesquisa de preço presencial no ano passado.

Número de pessoas presenteadas

A maior parte dos paranaenses, 73,8%, vai presentear até cinco pessoas, índice parecido com 2021, quando 74% dos consumidores planejam comprar presentes para essa quantidade de pessoas. Outros 23,8% devem presentear de seis a dez pessoas e somente 2,4% presentearão mais de dez pessoas.

Formas de pagamento

O cartão de débito será a principal forma de pagamento, citada por 35,3% dos consumidores. Outra opção será no cartão de crédito parcelado, com 29,4%. O pagamento por pix corresponderá a 22,4%; em dinheiro, a 20,6%; e no cartão de crédito à vista, 20,3%.

Influência na decisão de compra

O atendimento do vendedor será o destaque neste Natal. Receber um bom suporte do consultor de vendas é apontado como o principal fator de influência na decisão de compra para 29,9% dos consumidores na sondagem deste ano, um verdadeiro salto em relação aos 4,2% que mencionaram o fator atendimento em 2021.

Em segunda posição vem o fator financeiro. O preço baixo será decisivo para 22,8% e a qualidade do produto influenciará 14,9% dos compradores, bem como promoções (13,9%) e descontos (10,3%).

Espetáculo teatral vai levar a magia do Natal para Curitiba, Região Metropolitana e Litoral

O Natal já está chegando e com ele vem a melhor parte: programações culturais natalinas. E quem mora em Curitiba, Região Metropolitana e no Litoral do Paraná vai poder entrar no circuito natalino com as apresentações gratuitas do espetáculo “As Luzes do Natal”, que vão acontecer dos dias 3 a 18 de dezembro em 15 cidades do estado. O projeto, chamado de Natal Mágico, é uma realização da Agência Canal, da Secretaria Especial da Cultura e do Ministério da Cidadania – Pátria Amada Brasil, com apoio do Paraná Banco, Senff, Servopa, Rádio Mix e Ecopark Curitiba. Por enquanto, as cidades confirmadas são Campo Magro, Mandirituba, Piraquara, Contenda, Colombo, Matinhos e Paranaguá e, ao longo do projeto, novas cidades receberão o projeto itinerante.

“Nosso objetivo é auxiliar na descentralização das programações dessa época. Queremos levar cultura, arte, entretenimento e, principalmente, a magia do Natal para as famílias dessas cidades por meio de um espetáculo musical que vai agradar crianças, jovens e adultos. Vai ser uma bela oportunidade de reunir as gerações para curtir esse momento natalino”, diz Aldo Malucelli, diretor da Agência Canal.

As apresentações acontecerão em parques e praças das cidades sempre às 19h30 e com encerramento às 21h*. “Já temos as datas definidas das primeiras sete cidades, mas com o decorrer do projeto vamos divulgando as novas apresentações. Queremos que o público compareça em peso e que seja realmente um Natal Mágico”, diz Aldo.

A peça “As Luzes do Natal” é uma coprodução entre Agência Canal e Projeto Broadway e traz como tema central a amizade, as virtudes, a diferença entre as pessoas e o perdão. “É um espetáculo que fala de união, de dar o seu melhor, de olhar para o outro com empatia, e temos certeza que o público vai se divertir e também se emocionar”, conta Ricardo Buhrer, do Projeto Broadway.

Este será o nono ano que o projeto Natal Mágico acontece em cidades do Paraná. Ao longo de todos esses anos foram visitadas mais de 200 cidades e cerca de 1 milhão de pessoas impactadas. “Temos muito orgulho de proporcionar para cidades de pequeno e médio porte atrações natalinas deste porte”, finalizou Aldo.

*Em caso de chuva, o cronograma poderá sofrer alterações. As informações estarão disponíveis no site do projeto.

Serviço:

Projeto Natal Mágico

Horário: 19h30 às 21h

Datas:

03/12 (sábado) – Campo Magro. Local da apresentação: Praça João Antônio da Costa.
04/12 (domingo) – Mandirituba. Local da apresentação: Praça Central de Mandirituba, em frente à Prefeitura.
05/12 (segunda) – Piraquara. Local da apresentação: Escola Municipal João Bastista Salgueir – Rua São Roque, 650
06/12 (terça) – Contenda. Local de apresentação: Travessa Augisto Dissenha, 44 – Centro
07/12 (quarta) – Colombo. Local de apresentação: Rua São Pedro, 1898.
08/12 (quinta) – Matinhos. Local de apresentação: acompanhe nas redes e no site do projeto.
09/12 (sexta) – Paranaguá. Local de apresentação: acompanhe nas redes e no site do projeto

Mais informações: As datas, locais e possíveis alterações de cronograma poderão ser acompanhadas em www.projetonatalmagico.com.br ou através do Facebook www.facebook.com/caravanadenatal