Embarque na Linha Turismo cresce 8,4% em 2019

Um dos principais serviços turísticos da Prefeitura, a Linha Turismo de Curitiba teve um aumento de 8,4% nos embarques em 2019 em relação ao ano anterior. Foram 557.488 embarques no ano passado, com uma média de 46 mil passeios mensais. O mês de julho foi o mais movimentado, com mais de 81 mil embarques.

Foto: Cesar Brustolin

Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo, avalia que a implantação da bilhetagem eletrônica foi fundamental para o aumento no fluxo de embarques no serviço. Até o início do ano passado, a Linha Turismo operava com o sistema de cartelas com cinco tíquetes (um embarque e quatro reembarques). “A partir do mês de março, houve a mudança e o embarque passou a ser feito com cartões com validade de 24 horas, permitindo reembarques livres”, justifica Tatiana.

Ela lembra que a implantação da bilhetagem eletrônica foi uma determinação do prefeito Rafael Greca, que desde o início de sua gestão vem incentivando uma maior integração do Instituto Municipal de turismo e da Urbs (Urbanização de Curitiba), responsável pela operacionalização do serviço, com o objetivo de melhorar os serviços turísticos da capital. “Fizemos em conjunto um mapeamento para subsidiar esta melhoria”, completou Tatiana.

Pesquisa

Uma pesquisa feita pelo Instituto Municipal de Turismo, entre julho e dezembro de 2019, mostra o perfil dos visitantes que embarcaram na Linha Turismo. O levantamento contou com uma amostra de 713 usuários, entre aqueles que utilizaram os cartões e cartelas próprios da Linha Turismo (não foram incluídos na pesquisa os moradores que utilizaram o Cartão Usuário). 

Entre os turistas, a principal motivação para vir a Curitiba foi lazer e/ou descanso (67,2%) e a maioria (56,1%) visitava a cidade pela primeira vez. A origem dos visitantes que mais se destacou foi São Paulo (31,8%), seguido do Paraná (12,9%) e Rio de Janeiro (11,8%).

O estudo aponta ainda que, entre os turistas que passearam no serviço, a média de permanência na cidade foi de 3,9 dias, a maioria veio à cidade de avião (59,6%) com a família (41,3%) e ficou hospedada em hotel (66,3%).

Qualidade

Durante a pesquisa, os usuários da Linha Turismo avaliaram cinco aspectos a respeito do passeio: áudio informativo, custo-benefício do passeio, atendimento e cortesia do motorista e cobrador, limpeza do veículo e o sistema de embarque com utilização de cartão. As avaliações foram feitas através da atribuição de notas entre 1 e 5 para cada item.

Os aspectos melhor avaliados foram o sistema de cartão e a limpeza, com média 4,8, e a nota mais baixa foi atribuída ao serviço de áudio, com nota 3,2. Custo-benefício (4,5) e atendimento e cortesia (4,7) foram outros quesitos avaliados.

A Linha Turismo é formada por ônibus doubledeckers (de dois andares) que permitem uma visão panorâmica da cidade durante todo o passeio. O trajeto começa na Praça Tiradentes, no Centro, e passa por 26 pontos turísticos, entre eles Jardim Botânico, Parque Tanguá, Ópera de Arame, Centro Histórico, Bosque do Papa e Museu Oscar Niemeyer. O cartão custa R$ 50 para turistas.

Regionais distribuem mudas gratuitas a partir de segunda (24/1)

Que tal começar o ano deixando Curitiba mais verde e resiliente às mudanças climáticas? A partir da próxima segunda-feira (24/1), as dez regionais da cidade começam a ser abastecidas por mudas de árvores nativas que podem ser retiradas gratuitamente pela população. (Veja o cronograma e os endereços abaixo). 

O trabalho faz parte do Desafio 100 Mil Árvores para Curitiba, que agora é anual. Cada regional terá 500 mudas para distribuição. Será necessário, apenas, o preenchimento de um cadastro simples, com o local e as características do plantio para que seja fornecida a muda mais adequada. 

Poderão ser plantadas espécies como os ipês amarelo, roxo e roxo anão, uvaia, pitanga, araçá vermelho, palmeira imperial, entre outras. O engenheiro ambiental responsável pelo Horto Municipal da Barreirinha, Roberto Salgueiro, lembra que em áreas privadas não há restrição de plantio, mas em via pública, além de autorização, é preciso seguir algumas regras.

“Isso porque a cidade tem normas de urbanização, fiação elétrica e outras características que precisam ser levadas em consideração, como a largura das calçadas, por exemplo”, esclarece.

Antes de acabe

Salgueiro reforça que a procura pelas mudas nas regionais é sempre grande e os estoques acabam rápido. Mas quem ficar sem, pode solicitar via Central 156 e retirar no Horto da Barreirinha (Av. Anita Garibaldi, 5550). “O critério é o mesmo, o cidadão faz um rápido cadastro e ajuda a cidade”, explica.

Além da beleza, as árvores garantem equilíbrio térmico e abrigo para a fauna silvestre.  

Onde buscar a sua muda?

A partir de segunda-feira (24/1)
Manhã – REGIONAL BAIRRO NOVO – Rua Tijucas do Sul, 1.700
Tarde – REGIONAL PORTÃO – Rua Carlos Klemtz, 1.700 

A partir de terça-feira (25/1)
Manhã – REGIONAL PINHEIRINHO – Avenida Winston Churchill, 2.033
Tarde – REGIONAL TATUQUARA – Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n 

A partir de quarta-feira (26/1)
Manhã – REGIONAL MATRIZ – Praça Rui Barbosa, 101 
Tarde – REGIONAL SANTA FELICIDADE – Rua Santa Bertilla Boscardin, 213 

A partir de quinta-feira (27/1)
Manhã – REGIONAL CIC – Rua Manoel Valdomiro de Macedo, 2.460 
Tarde – REGIONAL BOQUEIRÃO – Avenida Marechal Floriano Peixoto, 8.430

A partir de sexta-feira (28/1)
Manhã – REGIONAL BOA VISTA – Avenida Paraná, 3.600 
Tarde – REGIONAL CAJURU – Avenida Prefeito Maurício Fruet, 2.150

Fim de semana será com festivais esportivos e recreação em seis parques da cidade

O segundo fim de semana do Verão Curitiba 2022 vai agitar os seis parques da cidade que recebem as atividades recreativas e esportivas preparadas pela Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj). No sábado (22/1) e domingo (23/1), os curitibinhas e suas famílias vão poder aproveitar as brincadeiras gratuitas das 14h às 18h nos parques Barigui, Bacacheri, Lago Azul, Náutico, Passaúna e Passeio Público. 

Todas as atividades seguem os cuidados e protocolos sanitários contra a covid-19. Em caso de chuvas, as atividades são suspensas. 

O Verão Curitiba 2022 tem o patrocínio da RIC TV e apoio da Megamania, MRV, Hospital de Olhos do Paraná e Jovem Pan Curitiba. Confira aqui os locais onde são feitas as atividades do Verão Curitiba 2022.

Profissionais de Educação Física da Smelj estarão nos locais para orientar os participantes e reforçar a importância dos cuidados sanitários durante a prática das atividades. Entre as atrações recreativas para as famílias estarão disponíveis orientações para a prática segura de atividade física, aulões de ginástica, jogos de tabuleiro gigantes e brincadeiras.

Festivais esportivos

Neste fim de semana os festivais esportivos da Smelj terão Caçador, Queimada e Badminton no Parque Barigui; Futebol de Areia no Parque Bacacheri; Atletismo – Arremesso no Passeio Público; Minivoleibol e Skate no Parque Náutico; Caçador – Queimada no Parque Lago Azul; e Bets e Tênis de Mesa no Parque Passaúna.

O fim de semana do Verão Curitiba 2022 vai agitar os seis parques da cidade que recebem as atividades recreativas e esportivas preparadas pela Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude. Foto: Fabio Decolin/Smelj

Atividades sistemáticas em todos os parques (todo fim de semana, das 14h às 18h):

Aulões de Ginástica
Pintura no papel kraft
Circuito infantil de bicicleta
Atividades esportivas
Jogos lúdicos de tabuleiro
Xadrez gigante, ping-pong e perna de pau
Brinquedos inclusivos

Cuidados

Caso algum integrante da família apresente sintomas respiratórios leves, a orientação é que não vá participar das ações do Verão Curitiba. A pessoa deve se isolar e procurar o suporte dos serviços de Saúde da Prefeitura, prioritariamente pela Central 3350-9000.

Aqui você pode conferir todas as orientações e cuidados em caso de suspeitas de covid-19 ou gripe.