Diogo Portugal – Natal e Ano Novo

Assista a mais um vídeo da série Stand-up Update do canal do Diogo Portugal.

Previsão de chuva na semana do Natal em quase todo o país

O brasileiro deve passar o Natal deste ano debaixo de chuva, informa boletim divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). De acordo com o Inmet, deve chover muito em grande parte do país até a próxima segunda-feira (28).

No Sudeste, a chuva deve chegar com mais intensidade no sul de Minas Gerais, na região norte de São Paulo e no centro-oeste de Minas Gerais, do Espírito Santo e do Rio de Janeiro.

Na Região Centro-Oeste, os acumulados de chuva devem se concentrar no centro-norte de Goiás, em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

No Norte do país, o estado do Amazonas deve ser o mais afetado pelas chuvas. Os estados do Sul devem ter chuvas menos intensas.

Para o Nordeste, o alerta é de baixa umidade no sertões do Ceará, da Bahia, da Paraíba, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte.

No decorrer desta semana, as temperaturas médias devem ficar entre 24º e 38º em todo o país.

Ano-novo

A previsão também será de chuva na maior parte do país entre os dias 29 de dezembro e 6 de janeiro de 2021.

Segundo o Inmet, as regiões Sudeste e Centro-Oeste serão as mais afetadas. As chuvas devem ocorrer principalmente no centro-sul de Minas Gerais, em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Também deve chover neste período em toda a Região Centro-Oeste.

Na Região Sul, os maiores volumes de chuva estão previstos para os estados do Paraná e de Santa Catarina.

Toque de recolher faz com que secretário peça às famílias que façam ceia antes das 23 horas

“Quem fizer a festa em casa deve reunir no máximo dez pessoas para evitar aglomerações”, completou

Com o decreto estadual que determinou toque de recolher e o consumo de bebidas alcoólicas entre 23h e 5h em vigor, o secretário estadual de Segurança Pública, coronel Romulo Marinho Soares, orientou que as famílias paranaenses façam a ceia de Natal antes das 23 horas.

“A orientação é que a população possa fazer a ceia de natal antes das 23h, porque até as 5h nós temos um decreto que está em vigor”, afirmou o secretário em entrevista à RPC nesta terça-feira (22). “Quem fizer a festa em casa deve reunir no máximo dez pessoas para evitar aglomerações”, completou.

O decreto estadual com medidas contra o coronavírus vale até o dia 28 de dezembro e, segundo o secretário, ainda não há definição sobre a prorrogação da medida.

O decreto estadual com medidas contra o coronavírus vale até o dia 28 de dezembro e, segundo o secretário, ainda não há definição sobre a prorrogação da medida.

Na entrevista, o secretário de Segurança também garantiu que haverá reforço na fiscalização e pediu para que a população denuncie caso note a organização de festas clandestinas com aglomeração.

Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta segunda-feira (21) mais 844 casos confirmados e 19 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. A Sesa registra também 1.429 casos confirmados retroativos do período entre 14 de julho a 19 de dezembro. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 375.335 casos e 7.271 mortos em decorrência da doença.

São 1.575 pacientes internados com diagnóstico confirmado de Covid-19.  A secretaria estadual informou ainda a morte de mais 19 pacientes. São 8 mulheres e 11 homens, com idades que variam de 26 a 88 anos. Os óbitos ocorreram entre 22 de novembro a 21 de dezembro.

Informações Banda B.