Dicas para aproveitar o feriado de 7 de setembro em Curitiba

O feriadão de 7 de setembro está chegando e, junto a ele, os tão esperados dias de descanso. Que tal aproveitar a parada prolongada para conhecer os encantos da cidade de Curitiba? São inúmeros parques e pontos turísticos que fazem os moradores e turistas sentirem-se em casa. Programas perfeitos e seguros para compartilhar com os amigos e familiares, mergulhando na cultura e na gastronomia da capital paranaense.

Entre os locais de maior visitação da capital paranaense está o Parque Barigui, onde o público pode passear e praticar exercícios curtindo um dos lugares mais lindos da cidade. Se a fome bater, logo em frente ao parque está o Fish*Me, bar especializado em peixes e frutos do mar. Outro lugar de destaque é o Museu Oscar Niemeyer, mais conhecido como MON, um dos maiores museus da América Latina que abriga mais de 2.200 obras de artistas reconhecidos nacional e internacionalmente.

No meio da tarde, que tal uma parada para um café e um lanche saboroso? Curitiba é a capital brasileira dos cafés especiais. Baristas curitibanos e de outras regiões do país transformaram a cidade em um paraíso para os amantes da bebida, que ganhou várias releituras preparadas com muita excelência em dezenas de cafeterias espalhadas pela cidade. Entre os destaques estão a Prestinaria, o Go Coffee, o Café Cultura e o Rituais Café, empreendimentos que contam com várias unidades na cidade. Para quem ama a natureza, uma boa pedida é a Esalflores, maior rede de floriculturas do Brasil, garantindo momentos de tranquilidade em meio a um “mar de plantas”.

Gosta de cerveja artesanal? Marque uma visita na fábrica da Way Beer, uma das mais premiadas cervejarias do país. Já os fãs de vinho podem aproveitar o Boudet, bar recém-inaugurado que combina boa música, artes plásticas e vinhos. Ama pizza? Então precisa conhecer a Pizzaria da Mathilda, que trabalha com o melhor da tradição napolitana em três endereços da capital paranaense. Já os fãs de comida de boteco não podem deixar de conhecer o Bar Quermesse, que há mais de 10 anos encanta curitibanos e turistas que buscam comidinhas com inspiração regional. Para quem gosta de sanduíches e petiscos com características bem urbanas, o Porks – Porco & Chope, especializado em carne de porco, e o Sirène Fish & Chips, que serve cones de peixe empanado e batatas rústicas ou onduladas, são as melhores pedidas.

Para quem busca alta gastronomia, Curitiba reúne alguns dos chefs mais badalados e premiados do Brasil, como o Dudu Sperandio. O chef conta com quatro empreendimentos na capital paranaense, o Ernesto Ristorante, restaurante referência em comida italiana, a pizzaria Funiculare, o japonês Ken’Eki e o Lupita Bistrô Bar. Outras ótimas opções para os amantes da boa gastronomia são o Marcondes Cozinha Autoral, que oferece um impactante menu confiance, e o Antonina 336, que aposta na riqueza da culinária caiçara e explora os sabores únicos das clássicas iguarias gastronômicas de cidades do litoral paranaense. Além disso, os fãs da culinária típica cubana não podem deixar de conhecer o bar Cubano, no Centro da cidade.

Para mais detalhes sobre passeios turísticos em Curitiba, acesse o site www.turismo.curitiba.pr.gov.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voos domésticos em agosto chegam a 70% do cenário pré-pandemia

As companhias aéreas nacionais tiveram, no mês de agosto, o quarto mês consecutivo de crescimento no número de voos domésticos, com uma média de 1680 partidas diárias, o que equivale a 70% da média de voos no início de março de 2020, antes dos impactos da pandemia de covid-19 no setor.

Os resultados são do levantamento da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), com base em dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Ainda segundo a associação, este é o segundo melhor desempenho do indicador desde o início da pandemia, ficando atrás apenas de janeiro de 2021, que registrou 75% da média de voos pré-pademia.

O presidente da Abear, Eduardo Sanovicz, avalia que a vacinação contra a covid-19 está influenciando na demanda no setor aéreo.

“A imunização está avançando, com boa parte dos maiores de 18 anos já imunizados com a primeira dose em diversas localidades. A chegada da vacina para mais públicos é essencial para mantermos essa escalada nos números”, disse Sanovicz.