Curitibano que participou de jogos para transplantados nos EUA traz oito medalhas ao Brasil

O Chef, empresário e professor, Piu José, conquistou oito medalhas – sete ouros e uma prata – nos Jogos Multiesportivos para Transplantados, que aconteceram nos últimos dias, em San Diego, na Califórnia (EUA). Ele já precisou realizar três transplantes de córnea devido a um quadro grave de ceratocone.

“As provas foram um sucesso. Eu participei do triathlon, que tem a natação, o ciclismo e a corrida e cada uma concedia uma medalha, totalizando quatro. Também peguei ouro nos cinco quilômetros de corrida, em terceiro lugar geral nesta prova e o primeiro entre os transplantados, já que essa disputa era aberta ao público. Eu ainda fiz atletismo, que teve corrida de quatrocentos, duzentos e cem metros – esse último minha única medalha de prata”.

O chef, que também é professor do Centro Europeu, ressalta que conhecer os outros atletas transplantados é o principal prêmio. “São muitas pessoas ímpares, cada uma trazendo a sua história, do transplante, da vida. Conheci muitos receptores de rim e muitos que receberam órgãos da família, foi sensacional. Um jogo com muitas particularidades, que só acontecem porque pessoas doaram vida, doaram órgãos”, ressalta.

As provas aconteceram de 29 de julho a 03 de agosto.

HISTÓRIA DO TRANSPLANTE – A primeira cirurgia aconteceu no olho esquerdo, quando tinha 23 anos de idade. “Descobri um quadro grave de ceratocone em um exame de vista para renovar a habilitação e o médico me disse que pelo grau da minha deformidade, eu nunca mais iria poder dirigir. Não aceitei essa situação e fui buscar ajuda”.

A segunda cirurgia aconteceu na sequência, no olho direito, e, em 2021, fez novamente um novo transplante no olho esquerdo. “Antes de operar eu estava utilizando óculos para corrigir uma diferença de cerca de 13 graus na minha visão, principalmente de astigmatismo. Hoje, após o novo transplante, tenho apenas um grau”.

O professor do Centro Europeu conta que só começou a praticar esportes após os 40 anos de idade. “Isso mostra a todos que nunca é tarde para dar o primeiro passo. Hoje tenho no meu ‘currículo’ o caminho de Santiago de Compostela, feito de bicicleta, três provas Iron Man e quatro corridas de 100 km”, conta.

O Brasil tem aproximadamente 53,2 mil pessoas na fila de espera por um transplante de órgão. Dessas, 31 mil aguardam um rim e 19 mil esperam por uma córnea, segundo dados do Ministério da Saúde.

TRANSPLANTE DE CÓRNEA – Dos mais de 23 mil transplantes realizados ao ano no Brasil, cerca de 13 mil são de córnea. O ceratocone é uma das principais causas de transplante de córnea no país, a cirurgia é necessária em casos de ruptura (pode acontecer em acidentes graves), quando a membrana sofre uma alteração em seu formato ou fica turva.

O cirurgião oftalmologista Dr. Ricardo Ducci, explica que o ceratocone começa a se manifestar por volta dos 13 aos 18 anos de idade e pode progredir até os 35. “A mudança de grau pode ser o primeiro fator a indicar uma suspeita da doença, principalmente quando o paciente tem astigmatismo ou alguma dificuldade visual. O transplante só é necessário em casos avançados e, muitas vezes, pode ser evitado com o tratamento precoce”, alerta.

O transplante de córnea é feito após uma doação desta membrana, que passa por uma análise laboratorial antes de ser implantada no paciente. “A visão demora algumas semanas para se restabelecer e a cicatrização completa é esperada em um período de doze meses. É importante saber que existe o risco de rejeição ou falência tardia dessa córnea, apesar de a cirurgia utilizar alta tecnologia e ser segura”, explica Ducci.

TRANSPLANT GAMES OF AMÉRICA – É um evento esportivo com o objetivo de celebrar a resiliência à vida após um transplante ou doação de órgãos, córneas e tecidos. Participaram cerca de 5 mil competidores. 

Entre as modalidades estão atletismo, natação, ciclismo, vôlei, boliche, basquete e algumas modalidades não tradicionais, como a dança de salão e arremesso de sacos de feijão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira as 5 receitas mais buscadas no DeliRec em julho

Pudim foi a receita mais buscada em julho de 2022, segundo um levantamento feito pelo DeliRec, aplicativo perfeito para quem gosta de cozinhar, comer e compartilhar suas criações gastronômicas. Em segundo lugar, aparece o preparo de macarrão, seguido pelas saladas, arroz e bolo de chocolate.

“Atualmente, pesquisar o preparo de receitas é mais comum do que se imagina. Muitas pessoas têm aquela dúvida na hora de cozinhar e ter um lugar que reúne centenas de opções ajuda muito na praticidade do dia a dia. Com isso, queremos identificar cada vez mais o perfil do consumidor brasileiro e ajudá-lo na hora de preparar um café da manhã, almoço, jantar ou até mesmo lanches”, explica Claudio Gandelman, CEO e fundador do DeliRec. “Além de ter todo o passo a passo na palma da mão, também é possível postar as próprias receitas e inspirar outros usuários no DeliRec”, complementa o executivo.

Confira o levantamento do DeliRec, aplicativo perfeito para quem gosta de cozinhar, comer e compartilhar suas criações gastronômicas, sobre as receitas mais buscadas em julho:

1.            Pudim

Receita postada por @amelicesdacah no DeliRec

Em primeiro lugar, aparece o pudim. Com um sabor único, essa sobremesa clássica é sucesso por onde passa. Há quem goste dele lisinho ou furadinho. A calda de caramelo faz toda diferença. E existe uma lenda, que o pudim só desenforma bonitinho se a receita for do DeliRec.

2.            Macarrão

Receita postada por @vini_veneto no DeliRec

Macarrão, sem dúvida, é uma das comidas mais gostosas do mundo. É a combinação perfeita para qualquer ocasião e cai bem com qualquer acompanhamento. Além disso, existem muitas variedades dessa massa – o penne, parafuso, espaguete, borboleta, entre outros. Aliás, os molhos podem ser ótimos na hora de servir o macarrão.

3.            Saladas

Receita postada por @niemcasa no DeliRec

As saladas não poderiam ficar de fora dessa lista. Existem muitos tipos, mas todas são ótimas aliadas para uma alimentação saudável. Nos dias mais quentes, por exemplo, podem refrescar. Também combinam com frutas, leguminosas e queijos.  Além disso, no dia a dia são fáceis de serem preparadas.

4.            Arroz

Receita postada por @feijaonoprato no DeliRec

Usado em muitas receitas, o arroz é o alimento favorito de muitas famílias brasileiras. Em cada região, ele é preparado e consumido de uma maneira, sem falar que combina com tudo. Existe o baião de dois, arroz à grega, arroz soltinho ou mais papado, risoto, arroz carreteiro, entre tantos outros. Não se pode negar que o arroz é o queridinho do brasileiro.

5.            Bolo de chocolate

Receita postada por @meucantinho.103 no DeliRec

Por fim, o clássico bolo de chocolate. Amor da criançada e dos adultos, não existe momento ruim para comer essa gostosura. Além de tudo, é fácil de fazer, não leva muitos ingredientes e fica pronto rapidinho. E não importa se tem ou não cobertura, afinal, a massa é a melhor parte.

Para saber mais sobre as instruções das receitas, basta baixar o DeliRec no smartphone (disponível para IOS <https://apps.apple.com/br/app/delirec/id1519288853>  e Android <https://play.google.com/store/apps/details?id=com.delirec.delirec_app&hl=pt_BR&gl=US> ) ou acessar na web <https://www.delirec.com/recipe/amelicesdacah/arroz-com-toque-mineiro/Lj232jLWbH5Mc0UtIAIS> .

* O levantamento considera as receitas mais buscadas de 01 a 31 de julho de 2022.

Sobre o DeliRec 

O DeliRec <http://www.delirec.com/>  é uma plataforma para os apaixonados por gastronomia. O aplicativo é perfeito para quem gosta de cozinhar, comer, compartilhar suas receitas e ainda aprender com a experiência dos cooks (criadores de conteúdos da plataforma). O público que utiliza a plataforma se divide em dois: os cooks, que armazenam as próprias receitas, com descrição passo a passo, fotos e vídeos com qualidade e podem ser remunerados para isso e o usuário que gosta de comer bem, salvar receitas, seguir seus cooks preferidos e conhecer novos pratos todos os dias. Criado em 2021, o DeliRec já conta com mais de 800 mil usuários que consomem diariamente receitas e mais de 6 mil cooks na plataforma. 

O DeliRec é gratuito e pode ser acessado pela web (https://www.delirec.com/ ) ou via aplicativo (disponível para Android e iOS). 

Para mais informações, acesse: https://www.delirec.com/ <https://www.delirec.com/>  

Acompanhe as redes sociais do DeliRec para saber das novidades:  

https://www.instagram.com/delirec.br/

Escola de Inglês home based com foco 100% na conversação

Comprar uma franquia é uma opção segura para quem busca empreender. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o Brasil conta com mais de 170 mil unidades de franquias e quase 3 mil opções de marcas. Em 2021 o setor registrou o faturamento de mais de R$ 185 bilhões.

Um dos modelos que mais tem crescido entre os novos empreendedores é o home based, cuja base do negócio é a casa do franqueado e é um investimento de baixo custo, ideal para quem não possui capital para investir grandes quantias.

O grande diferencial desse modelo é que os alunos não vão presencialmente até a escola, pois é a escola que se desloca até eles, ou as aulas são realizadas virtualmente.

O ensino on-line se expandiu devido a restrição impostas pelo distanciamento social, mas a Top English apostou nesse modelo desde a sua fundação, em 1997, e oferece esse diferencial os franqueados. “Por ser home based os custos operacionais fixos são extremamente baixos, já que não tem aluguel, funcionários e taxas inerentes a operação física de uma escola”, explica Dilson Kossoski, CEO e fundador da Top English.

De acordo com os últimos números divulgados pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) houve um avanço das operações nos formatos mais enxutos, de menor investimento. Enquanto em 2020, as franquias home based representavam 7,1% do total das unidades das redes pesquisadas, no ano seguinte eram 10,3% e em 2022 subiram para 14,8%.