Curitiba oferece diversidade de agenda cultural para férias de verão

O verão e o recesso de fim de ano se aproximam. Para quem prefere fugir do movimento das praias, dos engarrafamentos ou economizar, ganhou, além da paz que Curitiba proporciona entre dezembro e janeiro, uma programação cultural variada. Quem é fã de arte pode optar por atrações gratuitas ou a baixo custo para aproveitar as férias na cidade.

Cine Passeio

O Cine Passeio (Rua Riachuelo, 410 – Centro) oferece uma programação especial até 22 de dezembro, com exibição de 12 filmes que tem o Natal como tema. As sessões, ao ar livre, acontecem de quinta a domingo, sempre às 19h30. A entrada é gratuita, mas a capacidade é somente de 60 lugares. A distribuição dos ingressos começa uma hora antes do filme. Em caso de chuva, a exibição do dia será cancelada. Mais informações no site www.cinepasseio.org, página do Facebook, perfil do Instagram ou pelo telefone (41) 3323-1979. 

Exposição “Quem é o homem do Sudário?”

A exposição gratuita apresenta um dos assuntos mais debatidos e pesquisados da história da humanidade. No Ventura Shopping, os visitantes poderão ver painéis com estudos científicos e o percurso histórico do Santo Sudário – tecido de linho que, supostamente, envolveu o corpo de Jesus Cristo quando foi tirado da cruz. Réplicas de objetos utilizados em sua morte também estão disponíveis, como a tumba, os pregos colocados nas mão e nos pés de Jesus, a coroa de espinhos, a lança, em tamanho original, que perfurou o coração de Cristo, e uma escultura em cobre, em tamanho real do Homem do Sudário. A exposição no Ventura Shopping já atraiu mais de 1,2 milhão de pessoas por todo o mundo, e funciona até 31 de dezembro no setores verde e azul do empreendimento (R. Itacolomi, 292 – Portão). 

Exposição Obra & Arte

O showroom da construtora A.Yoshii em Curitiba (Rua Bispo Dom José, 2058 – Batel), recebe, até o dia 10 de janeiro, a exposição Obra & Arte. Ao todo, 20 peças de mobiliário são apresentadas, criadas com materiais da construção civil que comumente são descartados, como vergalhões de aço, canos de PVC, barras de ferro e restos de arame. Ao longo de 2019, colaboradores da construtora participaram de oficinas que incentivaram a ressignificação do uso de materiais descartados. O resultado são peças como poltronas, esculturas, mesas e pendentes. A iniciativa é do Instituto A.Yoshii, braço de responsabilidade do Grupo A.Yoshii, com o Coletivo ÔDA. A entrada é gratuita, das 8h às 18h. Mais informações pelo telefone (41) 3337-2500.

14º Bienal Internacional de Curitiba

A 14ª Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba, com o tema “Fronteiras em Aberto”, reúne obras, performances e intervenções artísticas de 45 países até 1º de março de 2020. A bienal ocupa museus, espaços culturais e espaços públicos urbanos da capital paranaense, tendo como principal sede o Museu Oscar Niemeyer (MON). Com exceção das exposições que estão no MON, cuja entrada custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), as demais são gratuitas. Nas quartas-feiras, a entrada no museu é de graça. Mais informações em http://bienaldecuritiba.com.br/2019/

Deixar animais soltos em ruas e praças pode gerar multa de até R$ 2 mil em Curitiba

Projeto de lei que reforça punição à maus-tratos foi aprovado em 1º turno na Câmara Municipal.

Os vereadores de Curitiba aprovaram nesta quarta-feira (16), por unanimidade e em 1ª discussão, o projeto de lei que, entre outras coisas, estabelece multa de R$ 200 a R$ 2 mil para quem abandonar animais em ruas e espaços públicos. O projeto modifica  modifica lei já existente e amplia as práticas consideradas como crime de maus-tratos a animais.

A proposta da vereadora Katia Dittrich (Solidariedade) lista 24 ações ou omissões como maus-tratos, o dobro do que previa a lei de 2011. Entre os novos comportamentos que caracterizam o crime, o mais significativo é o de abandono.

“Deixar o animal solto em vias e logradouros públicos” como diz o texto do projeto, vai passar a doer no bolso, com multas de até R$ 2 mil no caso de flagrante ou denúncia comprovada. As medidas seguem a linha de projeto semelhante porém ainda mais rigoroso e que prevê responsabilização criminal, aprovado no Senado Federal na semana.

Outros dois pontos polêmicos do projeto são a proibição expressa de ‘passeios’ desacompanhados e abandono de animais idosos ou doentes. No primeiro caso está prevista responsabilização dos tutores com multa, pelo risco do animal sofrer ou causar acidentes, além de permitir uma possível cria indesejada” e no segundo uma característica de agravante ao crime de maus-tratos, pela vulnerabilidade dos bichos.

Para entrar em vigor, o projeto precisa ser aprovado em 2ª discussão para depois ser sancionado ou não pelo prefeito.  Caso seja sancionada, a lei então terá um prazo para regulamentação.

Informações Banda B.

Sérgio Moro recebe carteira da OAB e abre escritório em Curitiba

Antes de começar a advogar, no entanto, Moro deverá acabar de cumprir a quarentena de seis meses determinada pela Comissão de Ética da Presidência.

O ex-juiz federal que conduziu a Lava Jato e colecionou desafetos entre alguns criminalistas vai atender sua futura clientela em um endereço de Curitiba, base e origem da maior operação já desencadeada no País contra a corrupção.

Antes de começar a advogar, no entanto, Moro deverá acabar de cumprir a quarentena de seis meses determinada pela Comissão de Ética da Presidência. Levando em consideração a data em que anunciou sua renúncia e acusou o presidente de suposta tentativa de interferência na Polícia Federal, 24 de abril, a quarentena do ex-juiz terminará no fim de outubro.

Informações Banda B.