Curitiba gera recorde de 30 mil empregos formais de janeiro a julho

Curitiba gerou o recorde de 30.244 novos empregos com carteira assinada nos primeiros sete meses do ano, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia nesta quinta-feira (26/8). É a maior geração de vagas para o período desde 2003, início da série histórica.

No mesmo período do ano passado, no auge da pandemia de covid-19, o saldo havia sido negativo em 21.032 vagas.

“A cada mês estamos gerando mais empregos, com saldos positivos, que vêm recuperando aos poucos as perdas geradas pela pandemia. Curitiba é mais forte que as dificuldades”, disse o prefeito Rafael Greca.

O saldo do emprego formal é medido pela diferença entre admitidos e demitidos. Nos primeiros sete meses do ano, foram 247.933 contratações e 217.689 demissões. Curitiba liderou a geração de empregos no Paraná nos primeiros sete meses e foi responsável por 23% das vagas criadas no Estado, que totalizaram 132.328 no período.

O emprego em Curitiba foi puxado pelos setores de serviços, com saldo de 16.561 vagas, e construção civil, com 5.759. Mas os demais setores também tiveram desempenho positivo. O comércio gerou 3.703 vagas e a indústria, 4.163 novos empregos.

Julho

No mês de julho o saldo ficou em 4.440 novos empregos, colocando a capital entre as oito cidades do País que mais geraram vagas, consolidando a tendência de recuperação do mercado de trabalho. Foram 35.813 contratações e 31.373 demissões no mês passado.

Em julho, os destaques foram os serviços (3.416 vagas), comércio (700) e indústria (506).

Apoio do município

A Prefeitura de Curitiba mantém programas e ações para dar suporte à retomada do emprego, com apoio tanto para trabalhadores quanto para empreendedores. Os Liceus de Ofício, da Fundação de Ação Social (FAS), promovem cursos e preparam para o mercado de trabalho quem está em busca de qualificação. Além disso, os Espaços do Empreendedor da Agência Curitiba dão suporte a microempresários e microempreendedores individuais.

A Prefeitura também vem adotando medidas para reduzir o impacto da pandemia sobre a economia do município. Entre elas, a criação de um fundo de aval, de R$ 10 milhões, com potencial para alavancar até R$ 100 milhões em investimentos por parte das empresas curitibanas.

O número de atividades incluídas na lei de liberdade econômica foi ampliado. A lei prevê a dispensa de alguns alvarás para atividades de baixo risco, facilitando o processo de abertura de empresas e reduzindo a burocracia. No ano passado, o número de atividades abrangidas pela lei passou de 242 para 545 na capital.

O município também prorrogou o prazo de pagamento de impostos e promoveu um programa de refinanciamento, o Refic-Covid-19, que permitiu o parcelamento de débitos em até 36 meses. A Prefeitura também tem aprovou nessa semana na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) dois projetos que voltados para o setor de eventos culturais. O primeiro prevê a utilização de R$ 2,7 milhões para projetos desse segmento. O segundo prevê a moratória de dívidas, até o fim do ano, para acesso às certidões negativas que as instituições financeiras exigem para a concessão de empréstimos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pizzaria promove Open de Pizza e Vinho por apenas R$ 95 neste domingo

A pizzaria Funiculare Mercês, comandada pelo premiado chef Dudu Sperandio, lançou uma promoção bem especial para os amantes de vinhos e pizzas. Aos domingos, curitibanos e turistas têm a oportunidade de saborear um incrível Open de Pizza & Vinho, servidos durante 2 horas, por apenas R$ 95 por pessoa.

O Open conta com rótulos especiais selecionados pela casa, que combinam perfeitamente com os preparos do cardápio, com opções de vinhos tinto, branco, rosé e espumante servidos à vontade. Já o menu de pizzas conta com sete grandes destaques do cardápio da Funiculare: Margherita, Calabresa, Três Queijos & Alho Chips, Portuguesa, Trufas Negras, Milho & Bacon e Blumenau. Além disso, o menu pode ser adaptado ao público vegetariano.

“A combinação entre pizza e vinhos é sempre uma boa pedida, e queremos oferecer essa experiência completa para nossos clientes, que têm a oportunidade de harmonizar as nossas deliciosas pizzas com os mais variados rótulos. Um programa imperdível para os amantes de bons vinhos”, destaca o chef Dudu Sperandio.

O Open de Pizza & Vinho por apenas R$ 95 por pessoa é realizado aos domingos na Funiculare Mercês (Rua Myltho Anselmo da Silva, nº 1439). A casa abre a partir das 18h30. Reservas pelo telefone (41) 3079-5477. Mais informações no Instagram oficial do empreendimento (@funicularepizzaria).

Volta do frio é convite para degustar diferentes receitas de quentão

O frio voltou de vez em Curitiba, com previsão de queda da temperatura para até 12oC no fim de semana. E nada melhor para acompanhar o friozinho do que bebidas quentes – e o Quentão é uma ótima pedida. No bar Cubano, acontece o Festival do Quentão, com três receitas – que podem ganhar marshmallow, completando seis versões da celebrada bebida.

O Quentão mais tradicional de vinho e especiarias (como gengibre, limão e canela) sai a R$ 10. Já o Quentão Paulista, que leva cachaça, fica R$ 12. Inspirado em Cuba, o Quentão com Rum completa as pedidas da casa e sai a R$ 14. Cada opção pode levar adicional de marshmallow por R$ 2 adicionais.

Os drinks podem ser aproveitados em companhia dos pratos do Cubano, que celebram a gastronomia de rua latino-americana. Clássicos como o Elote mexicano (milho levemente adocicado com molho de maionese e limão) e as Arepas venezuelanas (massa de farinha de trigo grelhada na chapa com variadas opções de recheio) estão entre as pedidas.

O bar Cubano funciona no tradicional Edifício Anita (Alameda Dr. Carlos de Carvalho, nº 15), no Centro de Curitiba. O horário de funcionamento é de terça a sexta-feira, das 17h à meia-noite, e sábado, do meio-dia à meia-noite. Mais informações no Instagram oficial da casa: @cubanocwb.