Curitiba é a capital com a maior inflação nos preços de produtos e serviços neste ano

Curitiba é a capital do país onde os preços de produtos e serviços tiveram o maior aumento neste ano. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgados nesta quinta-feira (9), indicam que a cidade sofreu com uma inflação de 7,72% entre janeiro e agosto de 2021.

Levando em conta o acumulado dos últimos 12 meses, Curitiba também lidera a tabela de capitais brasileiras com um aumento de 12,08%. A média do país para este período foi uma inflação nos preços de 9,68%.

Em entrevista à Banda B, o professor e economista, José Pio Martins afirmou que existem diversos fatores que podem explicar esse aumento nos preços mais acentuado em Curitiba. Um deles seria a predominância do setor terciário na cidade e o frio intenso que atingiu a região.

“Curitiba é uma capital com grande predominância do chamado setor terciário, que é o comércio e serviços em geral. Outro aspecto são os chamados hortifrutigranjeiros que são produtos com um peso muito grande na alimentação aqui da região. E esses produtos sofrem muito com queda de produção e de oferta quando há uma situação de frio intenso, que mesmo tendo durado pouco, foi suficiente para criar geadas e destruir as hortaliças”, explicou Pio Martins.

O coordenador do curso de Economia da PUC-PR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná), Jackson Bittencourt, apontou ainda outros motivos para a inflação na capital paranaense, como a alta do custo da energia elétrica, dos combustíveis e a estiagem que assola todo o estado.

“A carne bovina é outro produto que subiu muito o preço. Gás de cozinha também, óleo de soja, arroz e feijão, então é um conjunto de fatores. Outro importante fator é a estiagem. Ela bateu muito forte no Paraná e isso afeta toda a produção de alimentos. A preocupação é com relação ao que vem ainda, pois a estiagem ainda não deu sinais de melhora”, disse o coordenador.

Em relação ao índice mensal do IPCA, Curitiba teve um aumento de 1,21% nos preços em agosto em relação a julho. O número é o terceiro maior do país, ficando atrás apenas de Brasília e Vitória.

Informações Banda B

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.