Corrida e Caminhada dos Amigos do HC levam 2 mil pessoas ao Parque Náutico de Curitiba

No último domingo, o 3º Circuito da Senioridade Corrida e Caminhada dos Amigos do HC reuniu duas mil pessoas no Parque Náutico de Curitiba, localizado no Bairro Boqueirão. Com as provas começando às 7h, os participantes venceram o frio com muita disposição e vontade de contribuir com a grande causa do evento, que arrecadou o valor das inscrições para a construção do CEDIVIDA, o Centro de Direitos à Vida da Pessoa Idosa.

O espaço está em obras e vai funcionar ao lado da sede da Associação dos Amigos do HC, no Alto da Glória, dando atendimento humanizado e de qualidade para a população da terceira idade.

“A construção do CEDIVIDA é um marco que vamos deixar para as futuras gerações de idosos, com atividades permanentes, cuidados diários e toda a atenção e respeito com que eles merecem ser tratados”, afirmou o presidente da Associação, Pedro de Paula Filho, que esteve no Parque Náutico de Curitiba.

Dentre os participantes das Corridas de 5 Km e 10 Milhas, estavam portadores de necessidades especiais, como cadeirantes e deficientes visuais, que tiveram categorias próprias de participação, além de idosos acima de 60 anos.

Eles largaram no pelotão da frente e foram muito aplaudidos pela determinação em participar da prova. Neste link é possível conferir o resultado de todas as provas, por categoria: https://www.amigosdohc.org.br/2022/08/24/confira-os-vencedores-da-3a-corrida-e-caminhada/

A seguir, um resumo destacando os vencedores nas modalidades Corrida 5 Km e Corrida 10 Milhas, nas categorias gerais feminina e masculina:

Corrida 5 Km (Feminina):

1ª – Nathalia Bocardo Trica, com o tempo de 21’27’’

2ª – Jerusa Andrade de Jesus, com o tempo de 22’12’’

3ª – Eva Domingues, com o tempo de 22’26’’

Corrida 5 Km (Masculina):

1º – Dionathan Liszyk, com o tempo de 17’53’’

2º – Renan Winkler Obayashi, com o tempo de 18’26’’

3º – João Vitor Souza Vieira, com o tempo de 19’34’’

Corrida 10 Milhas (Feminina):

1ª – Gabriela de Freitas, com o tempo de 1’03’’10’’’

2ª – Desiree Franci Maciel dos Santos, com o tempo de 1’06’’27’’’

3ª – Daniele Cristine Oliveira, com o tempo de 1’06’’59’’’

Corrida 10 Milhas (Masculina):

1º – Patrick Gularte Vieira, com o tempo de 54’18’’

2º – Cristiano Ribeiro, com o tempo de 56’13’’

3º – Gilson Lima, com o tempo de 1’01’’46’’’

Prevenção e orientação com bom humor

Quem participou do evento se deparou com uma estrutura repleta de tendas e espaços de orientação. Animadores ajudaram a espantar o frio com muita alegria, incentivando as pessoas que estavam se preparando para correr e caminhar.  

O aquecimento e as atividades no palco foram comandados pela equipe da Academia Move, por um locutor que agitou os participantes e por voluntárias da ONG Especialistas da Alegria. Convidados, parceiros e patrocinadores tiveram acesso a um Espaço VIP, para descansar e se hidratar entre as provas.

No Espaço CEDIVIDA foram feitas demonstrações dos serviços oferecidos pelo programa, como oficinas de artesanato, tricô, musicoterapia, atividades físicas, de bem-estar físico e mental, além de ações oferecidas por parceiros do portal www.cedivida.org.br e da Organização Mãos Sem Fronteiras.

O Espaço Promoção da Saúde teve uma tenda destinada para ações saudáveis, com informações e orientações, aferição de pressão, saúde bucal, atividades físicas, alimentação saudável e doação de sangue.  

As atividades foram coordenadas por representantes do Hemepar, da Farmácia Escola da UFPR, da Secretaria Municipal de Saúde, por meio do programa Escute Seu Coração e pelo Departamento de Nutrição da UFPR.

O Espaço Organizações Sociais recebeu instituições que trabalham com a temática da pessoa idosa em seus diferentes enfoques, como a ABRAZ, Associação Brasileira de Alzheimer, o Instituto Buko Kaesemodel, especializado na conscientização e orientações sobre a Síndrome do X-Frágil, representantes da ABRAPO, Associação Brasileira Porfiria, da Associação Paranaense dos Portadores de Parkinsonismo do IPC, Instituto Paranaense de Cegos e do Socorro aos Necessitados – Lar de Idosos Recanto Tarumã.

No Espaço Legislação e Direitos, representantes da Comissão de Direitos da Pessoa Idosa da OAB deram orientações para a população acerca de questões legais, ao lado de profissionais da FAS Boqueirão, que prestaram assistência jurídica aos presentes.

Realização e premiação

O 3º Circuito da Senioridade Corrida e Caminhada dos Amigos do HC teve o patrocínio da Greca Asfaltos, Megamania, Farmácias Nissei, Unimed e Pastre. São apoiadoras do evento: Decathlon, Bluefit, Hotel Bourbon, Divine, Eco Salva, Magrass, Gotox, Nutrimental, Odontocompany, O Que Fazer Curitiba, Tropes, Água Mineral Timbu, Vale Fértil, Cini, ProCorrer, Servopa, Uninter, Mili, Rádio Táxi Faixa Vermelha e Prefeitura de Curitiba. Participaram com apoio de mídia Favretto Painéis, RIC TV, Massa News, Massa FM, Midialand, Mix FM, Rede Massa e Outdoormídia.

Quem terminou entre a 1ª e a 3ª colocação na Corrida de 10 Milhas e na Corrida de 5 Km recebeu troféu, tanto no feminino, quanto no masculino. Todos os inscritos no evento receberam medalhas de participação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Paranaense TEXX apresenta linha Pista testada durante o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade

Referência na produção de vestuário e acessórios para motociclistas, a paranaense TEXX, marca da Laquila, empresa líder do mercado de motopeças na América Latina, apresenta sua linha completa para alta cilindrada, a TEXX PISTA. Desenvolvida para oferecer design anatômico, alta performance e muita eficiência em proteção, a linha conta com macacões de uma e duas peças, botas e luvas, todos testados durante o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, o SuberBike, principal campeonato de motociclismo do país.

André Verissimo, campeão brasileiro da categoria Evolution 1000cc em 2020 e campião paulista em 2021, foi um dos pilotos responsáveis pela testagem e sugestão de melhorias dos equipamentos. “Foi muito legal fazer parte desse projeto e poder ajudar a criar produtos que eu e minha equipe acreditássemos ser os melhores possíveis nos quesitos segurança e conforto”, conta. “Atualmente, com a linha pronta, coloco o macacão pela manhã e fico o dia inteiro com ele no corpo sem incomodar, cansar ou apertar. Ele é realmente confortável”, diz.

Todo o processo de criação da linha levou aproximadamente dezoite meses. Para começar, os pilotos foram convidados para conhecer a sede da Laquila, em Campina Grande do Sul (PR), e conferir os protótipos. “Vimos os primeiros modelos e já pudemos opinar na hora, então quando a primeira versão chegou faltavam poucos detalhes para alcançar o que acreditávamos ser o ideal”, aponta. Em seguida, os pilotos testaram os equipamentos direto nas pistas, em corridas teste e provas oficiais do SuperBike.

“A TEXX desenvolve equipamentos para motociclistas há aproximadamente 30 anos, e durante essa história salvamos muitas vidas dentro e fora das pistas. Nosso conhecimento sobre produtos nos auxilia muito durante o desenvolvimento, e não foi diferente na linha PISTA. Mas um dos pontos altos desse desenvolvimento foi, com certeza, a participação dos pilotos do SBK, eles nos auxiliaram com a experiência pratica que é valiosíssima, resultando em um trabalho único no Brasil”, destaca explica Renier Holtz, responsável pelo setor de Criação e Desenvolvimento de Produtos da Laquila.

Para garantir a mais alta confiabilidade dos equipamentos, a Laquila fez diversos testes de abrasão e impacto nas fábricas da marca antes dos produtos serem utilizados pela primeira vez pelos pilotos nas pistas, já os testes de uso foram o grande diferencial para fornecer conforto, mobilidade, flexibilidade e, principalmente, a segurança do equipamento. “O macacão PISTA oferece nível de segurança altíssimo, já que, além de possuir uma construção superior e matérias primas premium, também possui protetores internos de absorção de impacto com nivel de Certificação Europeia. Tudo isso dentro de um caimento slim e design moderno que traz os gráficos de mapas topográficos dos principais autódromos do mundo”, diz.

A bota TEXX PISTA conta com um sistema de articulação externa rígida, além de diversos protetores e placas de torção. Com fechamento duplo, possui zíper e velcro e também uma presilha que permite uma regulagem mais fina sem a necessidade de remover a bota para ajustar. Outros de seus recursos são slider raspador de alumínio removível na parte frontal e protetores na parte traseira e calcanhar, oferecendo conforto, segurança e um ótimo desempenho durante a pilotagem.

Já a luva PISTA dispõe de diversos protetores rígidos externos produzidos em liga polimérica de alta resistência a abrasão com inserções em fibra de carbono em diferentes pontos para aumentar o deslizamento sem ocasionar danos ao piloto. A luva também possui protetores de impacto internos em PU no dorso da mão e construção premium, feita em dupla camada e em couro bovino legítimo, que tem entre suas propriedades alto índice de resistência a abrasão e grande flexibilidade para movimentação. “É importande ressaltar que a luva PISTA possui finger union e duplo fechamento de velcro, que possibilita melhor pilotagem e segurança, além de acessibilidade para o celular com o dedo touche”, aponta.

Agora, mesmo com a linha pronta, a empresa aponta que o canal de comunicação com os pilotos continua. “Estamos sempre acompanhando as provas e melhorando continuamente os produtos. Nós entendemos que não estamos apenas desenvolvendo produtos, mas sim garantindo a segurança dos pilotos e ajudando-os para que sejam ainda mais vitoriosos nas corridas”, complementa Renier Holtz.

A linha TEXX PISTA está disponível em centenas de lojas multimarcas espalhadas pelo Brasil. No site da TEXX é possível acessar todos os detalhes de diferenciais tecnológicos e as especificações técnicas dos itens: https://texx.com.br/.

No congresso de futebol, o tema da discussão será o mercado de apostas esportivas no país

A Brasil Futebol Expo 2022 será um grande evento para a indústria brasileira de apostas esportivas. É o maior evento de futebol da América Latina e acontecerá em São Paulo de 4 a 8 de setembro. Este evento é focado em educação, negócios e experiências, além de inovação.

Este tema está sendo discutido devido ao crescimento deste mercado no Brasil. Hoje, 32 clubes do Campeonato Brasileiro têm patrocínio de sites de apostas. 19 das 20 equipas da Série A são patrocinadas por empresas associadas a casas de apostas desportivas. 13 equipes disputam a Série B por meio de parcerias comerciais. É uma importante fonte de renda para as associações por meio de patrocínio.

De acordo com a casa de apostas esportiva Bet22, devido ao seu potencial de geração de renda, as apostas esportivas no Brasil estão legalizadas desde 2018. A lei federal 13.756 tornou isso possível. O governo federal ainda precisa regular a indústria de apostas esportivas. Esse prazo é dezembro de 2022. As empresas podem operar no Brasil de acordo com a lei, porém, ainda não está regulamentado no Brasil. Devem ter sede no exterior.

Esse setor já vale bilhões de reais. A consultoria Sports Value estima que os brasileiros gastem cerca de R$ 4 bilhões anualmente em apostas esportivas. De acordo com o governo, é possível cobrar impostos em sites de apostas que regulam R$ 400 milhões a R$ 700 milhões. Essa estimativa conservadora foi feita.

O Brasil Sports Betting Summit será realizado pela BFExpo e pela Sports Betting Community (SBC), empresa que produz conteúdo sobre o tema. Serão dois dias de discussões sobre a regulamentação das apostas esportivas no Brasil e como expandir esse mercado. Especialistas do Brasil e do exterior também estarão presentes.

O painel “Regulamento das Apostas Esportivas na América Latina” será realizado no dia 6 de setembro às 9h. Ludovico Calvi (consultor executivo sênior no mercado de apostas esportivas, membro do Comitê Executivo do Global Lottery Monitoring System); Magnho José, jornalista especializado em loterias, presidente do Instituto Brasileiro Jogo Legal – IJL; Rafael Rodrigo Bruno, Carlos Gonçalves Sócios Junior do escritório GBSA;

LudovicoCalvi diz: “Discutiremos todo o ciclo de apostas, desde o início até a dinâmica e transparência de uma operação e o forte compromisso, integridade, jogo responsável e responsabilidade social”. “O objetivo é fornecer todas as informações e insumos estratégicos, baseados nas melhores práticas internacionais, sobre a gestão de uma organização de apostas esportivas recém-criada.”

O painel discutirá “Mercado de Apostas Esportivas no Brasil – Oportunidades e Desafios para Clubes e Operadoras de Futebol” no dia seguinte, às 9h. Martin Lycka (vice-presidente sênior de assuntos regulatórios dos EUA na Entain) liderará as discussões. Ele também é membro do Conselho de Administração da American Gaming Association e do National Council on Gaming Issues. Representantes do Estrela Bet, além de Alberto Simão (diretor-executivo de futebol feminino do Palmeiras); Jorge Avancini (v. presidente de marketing do Internacional RS); Rafael Soares (diretor de marketing do Santos); e Rodrigo Ganem (diretor comercial do Botafogo).