Conheça 5 filmes gravados em Curitiba

Grande parte dos filmes nacionais têm São Paulo ou Rio de Janeiro como plano de fundo, isso acontece porque as maiores produtoras de cinemas estão localizada nessas cidades e a logística se torna mais simples. Mas isso não quer dizer que não existam bons filmes rodados em outras cidades do país, pelo contrário, a qualidade do cinema brasileiro está crescendo muito nos últimos anos. Prova disso são os filmes que foram gravados em Curitiba. Confira alguns deles na lista a seguir:

Curitiba Zero Grau: filme brasileiro gravado em 2010, dirigido por Eloi Pires Ferreira e estrelado por Jackson Antunes. Gravado inteiramente em Curitiba, participou do Festival do Rio em 2010 e em 2011 ganhou o prêmio do público no CINESUL – Festival Latino-Americano de Cinema e Vídeo. O enredo conta a história de quatro homens comuns, de diferentes classes sociais, que vivem situações extremas e têm suas vidas modificadas para sempre, na capita mais gelada do país.

Espaço Além – Marina Abramović e o Brasil: o documentário da renomada artista plástica mostra viagens por lugares místicos do Brasil, pesquisando comunidades espirituais, pessoas e lugares e experimentos espirituais, uma das paradas de Marina é em Curitiba.

Estômago: Raimundo Nonato mudou-se para a Curitiba na esperança de ter uma vida melhor. Trabalhando como faxineiro em um bar, ele descobre que seu talento é mesmo na cozinha, então, ele transforma o bar em um sucesso e acaba sendo contratado para trabalhar em um restaurante italiano da região como assistente de cozinheiro. A cozinha italiana é uma grande descoberta para Raimundo, que agora tem uma casa, roupas melhores, relacionamentos sociais e um amor.

Para Minha Amada Morta: Do conhecido diretor Aly Muritiba, a trama conta a história de Fernando, que após a morte de sua esposa, torna-se um homem quieto e introspectivo e cria sozinho seu filho. Todas as noites, enquanto seu filho dorme, o viúvo “revive” a presença da esposa, tentando organizar seus pertences. Um dia, ele descobre, em uma fita VHS, uma surpresa que coloca em dúvida o amor da esposa por ele. Fernando decide investigar a verdade por trás destas imagens, desenvolvendo uma obsessão que consome seus dias e rotina.

Polícia Federal – A Lei é para Todos: filme policial que retrata a Operação Lava Jato sob o ponto de vista dos investigadores que a protagonizam. A investigação recai na equipe montada por Ivan Romano sedida em Curitiba As conexões do tráfico os levam ao doleiro Alberto Youssef e, posteriormente, ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa que revela uma imensa estrutura envolvendo construtoras e o governo, de forma a desviar dinheiro público. À medida que a investigação avança, o grupo liderado por Ivan se aproxima cada vez mais de alguns dos políticos mais influentes do país.

Primeira Feira da Agroindústria acontecerá em dezembro em Curitiba

A Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento promove a Agrifamiliar Paraná 2020 – 1ª Feira de Produtos e Serviços da Agricultura Familiar, que acontecerá em Curitiba entre os dias 3 a 6 de dezembro. As pré-inscrições para as agroindústrias interessadas em expor seus produtos encerram 30 em setembro.

A feira será em frente ao Mercado Municipal de Curitiba. Trata-se de uma iniciativa para aproximar o campo e a cidade, o rural e o urbano, a produção e o consumo.

O evento é promovido em parceria com a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná (Fetaep), Prefeitura de Curitiba/Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater (IDR-Paraná)  e Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar).

Para efetivar a pré-inscrição, a agroindústria deve ter o registro do estabelecimento no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, apresentar a DAP (Declaração de Aptidão do Pronaf) ativa e documentos pessoais do responsável pelo estabelecimento. As agroindústrias familiares que manipulam produtos de origem animal precisam estar inscritas no serviço de inspeção sanitária municipal, estadual ou federal.

Aquelas que manipulam produtos de origem vegetal, bebidas e polpas devem ter licença e alvará sanitário emitido pela Secretaria da Saúde e registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Para quem pretendem apresentar produtos como plantas e flores, é necessário preencher o formulário de autorização da Adapar. 

SERVIÇO – A Agrifamiliar acontecerá de 3 e 6  de dezembro. Na quinta e na sexta-feira o horário será das 10h às 20h; no sábado das 9h ás 20 e no domingo das 9h ás 13h.

As pré-inscrições podem ser feitas no núcleo da Seab de Curitiba, no IDR-PR, na Adapar ou diretamente no site da Fetaep (http://www.fetaep.org.br) e deve ser encaminhada para o e-mail agrifamiliar@fetaep.org.br.

Informações AEN.

Polícia cumpre 53 mandados contra o tráfico de drogas em Curitiba e RMC

A Polícia Civil e a Polícia Militar do Paraná estão nas ruas, desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (22), para desmantelar associação criminosa que comanda o tráfico de drogas no Centro e no bairro Cajuru, na capital, e em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Batizada de Lisboa, a operação visa cumprir 37 mandados de busca e apreensão em endereços relacionados aos alvos e 16 mandados de prisão preventiva contra líderes, gerentes, fornecedores e distribuidores de drogas naquelas regiões. 

Durante as investigações, que duraram cerca de 6 meses, a PCPR e a PMPR observaram que houve pouca ou nenhuma alternância na liderança do bando. É como se a associação criminosa fosse composta por líderes gerais, gerentes operacionais e revendedores finais – conhecidos como “pistas”, esses substituídos com frequência. 

CENTRO – As drogas que abasteciam o tráfico no Centro de Curitiba eram fornecidas por líderes distintos que comandavam o crime em Pinhais e no bairro Cajuru. Nesta região, a PCPR e PMPR cumprem 17 mandados de busca e apreensão e sete mandados de prisão preventiva. 

CAJURU – O gerente operacional que atuava no bairro também distribuía drogas para revendedores finais do município de São José dos Pinhais, na RMC. Seis pessoas são alvos de prisão preventiva e 15 mandados de busca e apreensão serão cumpridos na região. 

PINHAIS – O tráfico era comandado por um indivíduo com antecedentes por tráfico de drogas. Ele foi preso em 2016, com 73 quilos de crack, e estava em liberdade atuando no município e no Centro de Curitiba.  Aqui a PCPR e PMPR miram oito alvos. Três com mandados de prisão preventiva e cinco com mandados de busca e apreensão. 

INVESTIGAÇÕES – No decorrer das investigações foram presas em flagrante 17 pessoas ligadas ao bando, cumpridos quatro mandados de prisão preventiva, uma apreensão de adolescente, apreensão de duas armas de fogo, 173 gramas de cocaína, 2,3 quilos de crack e 4,8 quilos de maconha.

Informações AEN.