Comédia “Desesperados” com Marcus Majella retorna à Curitiba para Única Apresentação dia 09 de dezembro no Teatro Fernanda Montenegro

Os atores Marcus Majella, Pablo Sanábio e Pedroca Monteiro retornam a Curitiba com a
comédia “Desesperados” no dia 09 de dezembro no Teatro Fernanda Montenegro no Shopping
Novo Batel. Com longa trajetória no gênero, os três artistas garantem como resultado final uma
apresentação para lá de engraçada.
A peça gira em torno de três personagens principais: Bia, Marcondes e Ricardo, ambos sofrem
de solidão e carência. De tão problemáticos que são, cada situação vivida, se torna uma
comédia. Segundo Marcus Majella, se ele pudesse definir essa peça em palavras, diria que se
trata de “uma comédia sobre solidão”.

Ao todo, o trio interpreta mais de 40 personagens que se esbarram e ganham vida em
diferentes situações na mesma história. Com uma carpintaria elaborada, a atração permite,
numa única cena, várias trocas de personagens. Para tanto, o autor Fernando Ceylão lançou
mão da criatividade e chegou a um recurso de fácil entendimento: tarjas com nomes dos
personagens coladas no peito de cada ator, que podem ser trocadas a qualquer momento.
Com direção de João Fonseca, “Desesperados” pode ser vista de duas maneiras: como uma
divertida peça com situações independentes, que se interligam durante todo o espetáculo, mas
também como uma história com começo, meio e fim. Isso porque ao assistir a comédia, é
possível entender que cada cena é única e imprescindível para o desenrolar de toda a história.
Os personagens transitam entre cada uma dessas pequenas cenas e podem aparecer
novamente em outro momento da peça, e assim o público acompanha a trajetória de todos
eles.

Ficha Técnica
Texto e Concepção: Fernando Ceylão
Direção: João Fonseca
Assistente de Direção: Carol Portes
Elenco:
Marcus Majella: Marcondes / Leila / Marcia / Strip / Ladrão / Advogado / Dependente 1 / Chefe
Pablo Sanábio: Bia / Advogado / Strip / Amigo 2 / Dependente 3 / TV Divã/ Diretor / Ladrao /
Mente de Ricardo / Garçons / Uber
Pedroca Monteiro: Ricardo / Monica / Marcondes ideal / Amigo 1 / Crispim / Daniel / Renato /
Polícia / Manicure / Cabeleireiro
Cenário: Daniel de Jesus
Iluminação: Daniela Sanchez
Trilha Sonora: Carol Portes
Figurino: Reserva
Coreógrafa: Clara da Costa
Música da Bia: Tony Kucchesi
Operador de luz: Rayner Basilio
Operador de Som e Contrarregra: Tallys Moreno
Direção de Produção: Mariana Serrão
Idealização: Marcus Majella e Pablo Sanábio
Realização: Gargalho Produções e A Coisa Toda Produções
Produção Local Curitiba: Little John Entretenimento
Classificação etária: 12 anos
Duração: 80 minutos
Serviço Espetáculo:
Data: 09/Dezembro – Domingo
Horário: 21h
Local: Teatro Fernanda Montenegro – Shopping Novo Batel – Alameda Dom Pedro II, 255 –
Batel
Telefone: (41) 32244986
Valores ingressos: Plateia – Inteira: R$ 70,00 | Promocional/Convênios: R$ 40,00 |Meia-
Entrada: R$ 35,00
Ingresso Promocional: Clube do Assinante Gazeta do Povo | Clube Diskingressos
Venda Online: www.diskingressos.com.br
Pontos de Venda:
Bilheteria do Teatro Fernanda Montenegro – Shopping Novo Batel
Lojas DiskIngressos (Shoppings Palladium, Estação e Muller)
PDVs na Grande Grande Curitiba e Região Metropolitana consulte em
www.diskingressos.com.br
Descontos Legais
50% para estudantes, jovens de baixa renda, doadores de sangue, PNE, Idosos, Portadores de
Câncer e Professores
A concessão do direito ao benefício da meia-entrada é assegurada em 40% (quarenta por
cento) do total dos ingressos disponíveis para cada evento. O Teatro Fernanda Montenegro
disponibiliza até 550 lugares para comercialização de ingressos, o que, de acordo com a lei,
libera até 220 lugares para venda de ingressos com meia-entrada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde vai antecipar dose de reforço na próxima semana. Veja o cronograma

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) divulga o cronograma da próxima semana para aplicação da dose de reforço da vacina anticovid. Deverão ser atendidas quase 78 mil pessoas que receberam a segunda dose entre 7 e 23 de julho (programação abaixo).

Com o novo cronograma, Curitiba antecipa a dose de reforço em até dez dias para os novos convocados. A decisão segue uma recomendação do Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde, que considerou a disponibilidade atual de doses em estoques, a chegada de uma nova variante de preocupação aos país (ômicron), além da proximidade das comemorações de festas de fim de ano e viagens.

“A dose de reforço ajuda a manter o sistema imunológico ativo contra a covid-19, o que é fundamental neste momento, considerando a chegada da nova variante e as festas e viagens do fim do ano. Como atualmente temos essas doses em estoque, tomamos a decisão de adiantar o reforço alguns dias para que nossa população fique mais protegida”, afirma a secretária municipal da saúde de Curitiba, Márcia Huçulak.

Os convocados para receber a dose de reforço na próxima semana receberão uma mensagem pelo aplicativo Saúde Já até esta sexta-feira (3/12), avisando que estão elegíveis para retornar aos pontos de vacinação.

Quem não puder comparecer no dia da convocação ou quem está com a dose de reforço em atraso pode buscar os pontos de vacinação, de segunda a sexta-feira. A Saúde tem mantido a repescagem contínua para primeira dose, segunda dose e dose de reforço.

Confirme os endereços

Os locais de vacinação podem sofrer alterações de acordo com o público estimado para receber vacina a cada dia. Antes de procurar uma unidade, confira as que farão a aplicação no site Imuniza Já.

Janssen

Pessoas vacinadas com imunizantes da farmacêutica Janssen ainda não poderão tomar a dose de reforço neste momento. A indicação atual do Ministério da Saúde é que estas pessoas recebam uma outra dose do mesmo imunizante num período entre dois a seis meses após a primeira aplicação. O município ainda aguarda o recebimento de doses para esta convocação.

Orientação para receber a dose de reforço

Para receber a dose de reforço, basta procurar um dos pontos de vacinação da cidade, das 8h às 17h, levar um documento de identificação com foto e CPF.

Quem pode receber a dose de reforço na próxima semana

– Segunda-feira, 6 de dezembro: todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 14 de julho;
– Terça-feira, 7 de dezembro: todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 17 de julho;
– Quarta-feira, 8 de dezembro: todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 20 de julho;
– Quinta-feira, 9 de dezembro: todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 21 de julho;
– Sexta-feira, 10 de dezembro: todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 23 de julho.

Outros grupos e repescagens

Os pontos de vacinação também seguem aplicando nos dias úteis:

Primeira dose
– Primeira dose para pessoas com 12 anos completos ou mais;

Segunda dose
– Segunda dose agendada;
– Repescagem de segunda dose de pessoas anteriormente convocadas;

Dose de reforço
– Dose de reforço agendada;
– Repescagem de dose de reforço de pessoas anteriormente convocadas.

Curitiba prorroga bandeira amarela por mais 15 dias e mantém obrigatoriedade da máscara

Em bandeira amarela há 147 dias, Curitiba mantém medidas restritivas de combate à pandemia de covid-19 na cidade e prorroga as regras atualmente vigentes por mais 15 dias.

O Decreto 1.970/2021, que prorroga as medidas do decreto 1.850/2021, será publicado nesta quinta-feira (2) e começa a valer a partir da publicação. As medidas terão vigência até 16 de dezembro.

O uso da máscara continua obrigatório em espaços de uso público ou de uso coletivo. Também foi mantida a regra que proíbe o consumo de bebidas alcóolicas em vias públicas, salvo em feiras livres e de artesanato.

Indicadores

A decisão de prorrogar as medidas foi tomada pelo Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba, na terça-feira (30/11). Segundo a avaliação técnica, embora o cenário da avaliação da pandemia no município seja positivo nos últimos 14 dias, é necessário manter cuidado por conta da descoberta da nova variante ômicron.

A média móvel do número diário de casos novos apresentou queda de 22,5% nos últimos 14 dias. A média móvel do número de mortes por data de divulgação também apresentou redução de 10% no mesmo período. Também teve queda de 11,5% a média móvel do número de casos ativos, no mesmo período.

A análise dos dados epidemiológicos da última semana (de 23 a 26 de novembro), porém, mostrou ligeira alta na pontuação geral da bandeira, ficando em 1,39. No período de publicação de decreto anterior, a bandeira havia alcançado a pontuação de 1,35, a melhor pontuação desde o lançamento do painel avaliativo da Secretaria Municipal da Saúde.

De acordo com a SMS, a ligeira alta não significa recrudescimento da pandemia, uma vez que foi motivada especificamente pela influência no indicador de leitos, pois houve desativação de leitos exclusivos de covid-19 que não estavam sendo utilizados.

Mesmo com a desativação de leitos exclusivos para covid-19 e a retomada de outros atendimentos eletivos e emergenciais eletivos, as taxas de ocupação permanecem baixas. Nesta quarta-feira (1/12), a taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para covid-19 no SUS é de 33%, com 40 pacientes internados, e nos leitos clínicos a taxa é de 35%, com 40 pacientes internados.

Atualmente, o município conta com 120 leitos de UTI exclusivos de covid-19 e 144 leitos clínicos exclusivos de covid-19 no SUS Curitibano. Em maio e junho deste ano, o município chegou a contar com 548 leitos de UTI exclusivos e 746 leitos clínicos exclusivos.

Veja como ficam as principais atividades

Atividade suspensa

•    Consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas, salvo em feiras livres e de artesanato.

Atividades liberadas com uso obrigatório de máscara e respeitando a capacidade de público prevista no Certificado de Licenciamento do Corpo de Bombeiros (CLCB)

•    Atividades comerciais de rua não essenciais, galerias, centros comerciais e shopping centers;

•    Atividades de prestação de serviços não essenciais, tais como escritórios em geral, salões de beleza, barbearias, atividades de estética, saunas, serviços de banho, tosa e estética de animais, floriculturas e imobiliárias;

•    Academias de ginástica e demais espaços para práticas esportivas individuais e coletivas;

•    Restaurantes, lanchonetes, panificadoras, padarias, confeitarias e bares;

•    Lojas de conveniência em postos de combustíveis;

•    Comércio varejista de hortifrutigranjeiros, quitandas, mercearias, sacolões, distribuidoras de bebidas, peixarias, açougues, e comércio de produtos e alimentos para animais;

•    Mercados, supermercados, hipermercados e lojas de material de construção;

•    Feiras livres;

•    Parques infantis e temáticos;

 Feiras de artesanato, cinemas, museus, circos e teatros para apresentação musical ou teatral;

•    Casas de festas e de recepções, incluídas aquelas com serviços de buffet, salões de festas em clubes sociais e condomínios e estabelecimentos destinados ao entretenimento, tais como casas de shows, casas noturnas e atividades correlatas;

•    Eventos corporativos, de interesse profissional, técnico e/ou científico, como jornadas, seminários, simpósios, workshops, cursos, convenções, fóruns e rodadas de negócios;

•    Mostras comerciais, feirões e feiras de varejo;

•    Serviços de call center e telemarketing;

•    Igrejas e templos;

•    Eventos esportivos profissionais com público externo e de apresentação teatral ou musical em espaços abertos.