Com espetáculos de companhias curitibanas, Circo da Cidade abre temporada 2021

O picadeiro do Circo da Cidade Zé Preguiça, mantido pela Fundação Cultural de Curitiba, voltou a brilhar, a partir desta terça-feira (14/9), com a estreia do espetáculo “A arte se renova”, da Família Zanchettini, marcando a abertura da temporada 2021 da arte circense.

Instalado no bairro Alto Boqueirão, o Circo da Cidade foi reaberto ao público com todas as medidas de segurança sanitária de prevenção à covid-19.  

“Curitiba tem espetáculo! Tem sim, senhor, e a família Zanchettini é uma glória circense de Curitiba”, disse o prefeito Rafael Greca, que esteve na reabertura do Circo da Cidade

Quando entrou no picadeiro o palhaço Ligeirinho arrancou gargalhadas das crianças do Centro Municipal de Educação Infantil São José Operário, que assistiram à primeira apresentação do Circo da Cidade depois da pandemia.

O Circo Zanchettini fará quatro apresentações para crianças da rede municipal de ensino nesta terça e na próxima quinta-feira (16/9), às 10h e 14h30, e um espetáculo para o público em geral no sábado (18/9), às 15h.

Foto: Pedro Ribas/SMCS

Para assistir à sessão de sábado, será necessário fazer agendamento para ingressos do espetáculo Zanchettini no link (inscriçoes para ingressos do espetáculo Zanchettini). 

“É uma emoção muito grande poder abrir a temporada 2021 do Circo da Cidade e devolver a alegria aos artistas e a ao público, especialmente às crianças”, disse Ana Cristina de Castro, presidente da Fundação Cultural de Curitiba.

Também estiveram no espetáculo de reabertura a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, e o vereador Mauro Ignácio.

Público reduzido

A lotação máxima do circo é de 300 pessoas, mas em razão da pandemia será permitido o ingresso de apenas 90 crianças em cada sessão da semana e de 110 pessoas no sábado. Será obrigatório o uso de máscara. Na entrada haverá medição de temperatura e dispenser de álcool em gel.

Tradição

No espetáculo “A arte se renova”, o circo curitibano, que desde 1964 leva a arte circense pelo Brasil e a alguns países da América do Sul, irá mostrar seus números tradicionais executados pela antiga e nova geração dos Zanchettini. É um espetáculo que, mostrando a arte circense, renova a esperança de novos tempos.

Além do Zanchettini, mais quatro companhias circenses se apresentarão na Lona Zé Priguiça até o final deste ano: Cassaly, Bileco, Tubinho e Solaris. Todos foram vencedores do edital emergencial nº014/2021 – Circos de Lona, do programa FCC Digital, da Fundação Cultural de Curitiba, lançado para apoiar financeiramente os circos curitibanos durante a pandemia do coronavírus.

Na próxima semana (dias 21, 23 e 25 de setembro) o picadeiro será ocupado pelo Circo Cassaly, apresentando o espetáculo “Circo com dignidade: um novo começo”. O circo, que tem 30 anos de existência e está em sua terceira geração de artistas circenses, mescla o tradicional com o contemporâneo, trazendo números tradicionais com novas tecnologias.  

Além da programação prevista para as próximas semanas, os circos contemplados no edital participarão do 1ª Festival Nacional de Circos de Curitiba, que será realizado em outubro.

Serviço:

Reabertura do Circo da Cidade Zé Priguiça (Rua Benedicto Siqueira Branco, s/nº – Alto Boqueirão)
Espetáculo “A arte se renova”, do  Circo Zanchettini
Datas e horários: dias 14 e 16/9, às 10h e 14h30, para crianças da rede municipal de ensino
dia 18/9, às 15h, para o público em geral com inscrições prévias no link
Para o espetáculo de sábado, é necessário realizar agendamento: por meio de formulário disponível (inscriçoes para ingressos do espetáculo Zanchettini) Ingresso gratuito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Covid: cerca de 86,5 mil pessoas são esperadas para a 2ª dose nos próximos dias

Nos próximos dias, cerca de 86,5 mil moradores de Curitiba que receberam a primeira dose da vacina anticovid são esperados nos pontos de vacinação para completar o ciclo de imunização com a segunda dose.

As pessoas que foram chamadas para antecipar a segunda dose da Pfizer no último sábado (25/9), e não puderam comparecer, terão uma nova oportunidade durante essa semana, num cronograma escalonado pela Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba (veja a seguir). 

Nova antecipação

Além disso, a Secretaria Municipal da Saúde está realizando a antecipação da segunda dose de Pfizer para dois novos grupos. Quem recebeu a primeira dose de Pfizer entre os dias 26 a 31 de julho, poderá completar a imunização com a segunda dose na quinta-feira (30/9) – originalmente seria apenas entre 18 e 25 de outubro)

E aqueles que tomaram a primeira dose de Pfizer em 2 de agosto também terão sua segunda dose antecipada para sexta-feira (1/10) – originalmente seria apenas em 26/10.

A ação é para atender a recomendação do Ministério da Saúde de redução do intervalo entre as doses do imunizante da Pfizer para atingir o intervalo de oito semanas entre as doses. 

As pessoas contempladas com antecipação estão sendo convocados por mensagem pelo aplicativo Saúde Já, que deverá ser apresentada na hora da vacinação.

Como consultar o dia da segunda dose

Pelo aplicativo:
1 – Abrir o aplicativo no celular;
2 – Clicar em “Carteira de Vacinação”;
3 – Visualizar a data que aparece em Próximas Vacinas;
4 – Procurar um dos pontos de vacinação da cidade que estejam abertos nesse dia.

Pelo site:
1 – Abrir www.saudeja.curitiba.pr.gov.br;
2 – Clicar em “Vacinação”;
3 – Visualizar a data que aparece em Próximas Vacinas;
4 – Procurar um dos pontos de vacinação da cidade que estejam abertos nesse dia.

Repescagem contínua

A partir desta terça-feira (28/9), a Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba reabre as repescagens contínuas, ou seja, para todos as pessoas que já foram convocadas até 24/9 e ainda não compareceram.

Podem se vacinar na repescagem contínua com a primeira dose pessoas com 18 anos ou mais, gestantes e puérperas (mães que tiveram bebês há 45 dias) com 12 anos ou mais, adolescentes com 12 anos ou mais com deficiência permanente ou comorbidade. Além disso, podem se vacinar com segunda dose todos que já foram convocados até 24/9 e ainda não compareceram.

A dose de reforço também estará disponível para quem tem 70 anos ou mais e se vacinou com a segunda dose há 180 dias ou mais. Também são contemplados imunossuprimidos que já completaram 28 dias ou mais da segunda dose.

As pessoas que têm direito à dose de reforço receberam uma mensagem de “pop-up” com a convocação no aplicativo Saúde Já Curitiba. Esta mensagem deve ser mostrada no momento da vacinação.

*Cronograma da semana para segunda dose*

Terça-feira (28/9)

– Astrazeneca: aplicação de segunda dose para vacinados com a primeira dose nos dias 3 e 5 de julho.

– Coronavac : aplicação de segunda dose para vacinados com a primeira dose nos dias 31/8, 1/9 e 2/9.

– Pfizer: aplicação de segunda dose para vacinados com a primeira dose no dia 10/7 e que não puderam comparecer no último sábado 25/10, data do mutirão de antecipação.

Quarta-feira (29/9)

– Astrazeneca: aplicação de segunda dose para vacinados com a primeira dose no dia 6 de julho.

– Coronavac : aplicação de segunda dose para vacinados com a primeira dose nos dias 3/9 e 4/9.

– Pfizer: não há agenda para aplicação de segunda dose de Pfizer para esta data.

Quinta-feira (30/9)

– Astrazeneca: aplicação de segunda dose para vacinados com a primeira dose nos dias 7 e 8 de julho.

– Coronavac: não há agenda para aplicação de segunda dose de Coronavac para esta data.

– Pfizer: aplicação de segunda dose para vacinados com a primeira dose no dia 12 a 24 de julho e que não puderam comparecer no último sábado 25/10, data do mutirão de antecipação. Além disso, antecipação de novo grupo para segunda dose de Pfizer, de pessoas vacinadas com a primeira dose de 26 a 31 de julho.

Sexta-feira (1/10)

– Astrazeneca: aplicação de segunda dose para vacinados com a primeira dose no dia 9 de julho.

– Coronavac: não há agenda para aplicação de segunda dose de Coronavac para esta data.

– Pfizer: antecipação de novo grupo para segunda dose de Pfizer de pessoas vacinadas com a primeira dose no dia 2/8.

Locais de vacinação

Das 8h às 17h

1 – US Ouvidor Pardinho 

Rua 24 de Maio, 807 – Praça Ouvidor Pardinho

2 – Centro de Referência, esportes e atividade física 

Rua Augusto de Mari, 2.150 – Guaíra

3 – US Salvador Allende 

Rua Celeste Tortato Gabardo, 1.712 – Sítio Cercado

4 – US Parigot de Souza 

Rua João Eloy de Souza, 111 – Sítio Cercado

5 – US Vila Diana 

Rua René Descartes, 537 – Abranches

6 – Centro de Esporte e Lazer Avelino Vieira 

Rua Guilherme Ihlenfeldt, 233 – Bacacheri

7 – US Bairro Alto 

Rua Jornalista Alceu Chichorro, 314 – Bairro Alto

8 – US Santa Efigênia 

Rua Voltaire, 139  – Barreirinha

9 – US Atuba 

Rua Rio Pelotas, 820 – Bairro Alto

10 – US Tarumã 

Rua José Veríssimo, 1352 – Bairro Alto

11 – US Abranches 

Rua Aldo Pinheiro, 60 – Abranches

12 – US Jardim Paranaense 

Rua Pedro Nabosne, 57 – Alto Boqueirão

13 – US Visitação 

Rua Dr. Bley Zornig, 3136 – Boqueirão

14 – US Camargo 

Rua Pedro Violani, 364 – Cajuru

15 – US Uberaba 

Rua Cap. Leônidas Marques, 1392 – Uberaba

16 – Clube da Gente CIC 

Rua Hilda Cadilhe de Oliveira, nº 700

17 – US Oswaldo Cruz 

Rua Pedro Gusso, 3749 – Cidade Industrial

18 – US Vila Feliz 

Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo

19 – US Aurora 

Rua Theofhilo Mansur, 500 – Novo Mundo

20 – US Pinheiros 

Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 – Santa Felicidade

21 – US Orleans 

Av. Ver. Toaldo Túlio, 4.577 – Orleans

22 – US Campina do Siqueira 

Rua General Mário Tourinho, 1684 – Campina do Siqueira

23 – US Butiatuvinha

Avenida Manoel Ribas, 8640 – Butiatuvinha

24 – US São Braz

Rua Antonio Escorsin, 1960 – São Braz

25 – Rua da Cidadania do Tatuquara 

Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n

26 – Rua da Cidadania do Fazendinha 

Rua Carlos Klemtz, 1.700

27 – US Santa Quitéria 2 

Rua Bocaíuva, 310 – Santa Quitéria

Leilão da Setran tem 48 modelos de veículos com lances iniciais entre R$ 500 e R$ 1 mil

Já estão abertos para lances 48 modelos de veículos, entre motos e automóveis, que vão a leilão promovido pela Superintendência de Trânsito (Setran). Os lances iniciais variam de R$ 500 a R$ 1 mil e podem ser feitos on-line.

Entre os veículos disponíveis nesta nova edição estão um Citroën Picasso ano 2009/2010, cujo valor de arremate já gira em torno de R$ 4,6 mil após os primeiros lances, e uma Chevrolet Montana que está em R$ 9,4 mil. 

Os interessados em verificar as condições de circulação dos modelos podem ir até o pátio da Setran localizado no bairro Portão (Rua Alberto Klemtz, 310) nesta terça e quarta-feira (28 e 29/9), das 9h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h. A íntegra do edital pode ser conferida no site da Setran.

Pela página na internet do leiloeiro é possível ver detalhes e fotos dos veículos. Do leilão podem participar pessoas jurídicas e físicas maiores de 18 anos, com apresentação dos documentos listados e cumprimento das demais regras do edital.

O resultado sai na quinta-feira (30/9), a partir das 9h, e será considerado vencedor quem oferecer o maior valor. 

Também até quinta estão abertos os lances para os modelos de sucata e com motor inservível, disponíveis somente para empresas. Confira os editais aqui.

Como participar?

É necessário preencher um cadastro no site do leiloeiro e apresentar a documentação necessária, discriminada na página online. Os lances são feitos na modalidade eletrônica, a partir do preço mínimo estabelecido para cada modelo. Considera-se vencedor quem oferecer o maior valor.

O leilão é a última etapa do serviço de remoção de veículos que foram apreendidos ou removidos em fiscalizações de trânsito pela cidade. Caso o veículo removido da via pública por apresentar irregularidades não seja retirado do pátio da Setran pelo proprietário no período de 60 dias, pode ir a leilão. O prazo é definido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Pós-leilão

Em até dez dias úteis após o certame, o leiloeiro faz as notificações que originarão as baixas ou desvinculos de débitos de veículos, inclusive por medidas judiciais e administrativas.

Ao arrematante caberá o direito de petição junto aos mesmos órgãos para informar sobre a arrematação, assim como deve fazer o acompanhamento das baixas/desvinculo dos veículos junto ao Detran e à Secretaria de Fazenda de origem para a transferência. Após a desvinculação dos débitos, o arrematante tem o prazo de 30 dias para realizar a transferência, conforme artigo 33 do CTB.

O bem poderá ser entregue ao arrematante ciente este que, enquanto não for efetuada a desvinculação das pendências e a transferência de propriedade, fica vedada a circulação do veículo, sob pena de ser apreendido e o arrematante arcar com as penalidades previstas.

Embora os veículos sejam entregues livres de ônus e débitos, observados os prazos para desvinculação, cabe ao arrematante arcar com a integralidade dos valores do IPVA, DPVAT e licenciamento do ano corrente.

Serviço:

Leilão de veículos da Setran
Site: www.vipleiloes.com.br – aberto para lances

Veículos em condição de circulação
Visitação aos modelos
Data: 28 e 29/9 (terça e quarta-feira)
Horários: das 9h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h
Local: Pátio da Setran (Rua Alberto Klemtz, 310 – Portão)
Resultado do leilão: 30/9 (quinta-feira), às 9h

Automóvel e motocicleta – sucata aproveitável (somente para pessoas jurídicas)
Data e horário: 30/9 (quinta-feira), às 11h

Automóvel e motocicleta – sucata aproveitável com com motor inservível (somente para pessoas jurídicas)
Data e horário: 30/9 (quinta-feira), às 13h