Capital nacional da cerveja artesanal, Curitiba aumenta produção com venda de growlers

Há pouco menos de uma década, falar sobre cerveja artesanal exigia um certo conhecimento e vivência especializada para estabelecer diálogo com alguém. Afinal, era uma cultura ainda incipiente: os rótulos importados ainda eram pouco democratizados e as cervejarias nacionais sofriam por conta da distribuição ou capacidade de produção mais limitada.

Em pouco tempo, porém, isso mudou: desde 2011, conforme levantamento do Ministério da Agricultura, o Paraná cresce cerca de 20% ao ano sua produção de cervejas artesanais. Estima-se que, só em Curitiba e região metropolitana, sejam produzidos 400 mil litros/mês, distribuídos entre 33 cervejarias.

Protagonistas deste novo nicho de consumo cervejeiro, a cervejaria Maniacs – localizada no bairro Cabral, em Curitiba – tem se adaptado a uma nova realidade que pede mais: a dos growlers, as garrafas geralmente utilizadas como receptáculo para chopes artesanais, extraídos diretamente das torneiras.

“Estamos observando um crescimento da cultura da cerveja; logo, novas possibilidades no Brasil surgem a cada dia”, observa Iron Mendes, CEO da marca. “Os growlers são uma nova forma que utilizamos para entregar chopp fresco aos nossos clientes. Nossos growlers de 1 litro permitem isso de uma forma muito prática”.

Levando o bar para casa

Assim, com os growlers, é muito mais fácil ter o frescor daquele chope de bar – mantido em temperaturas baixas e com espuma cremosa – em um churrasco ou uma festa, por exemplo. Atualmente, a Maniacs oferece essa possibilidade nos rótulos Maniacs IPA, Belgian Wit, Craft Lager e Mad Maniacs Juicy IPA, todos estrategicamente desenvolvidos para um público exigente.

“O legal dessa história toda é a possibilidade de você ‘levar o bar para casa’: alguns dos chopes oferecidos são os encontrados nas 20 torneiras do Bar da Maniacs, aqui no Cabral”, detalha Mendes. “Eles são envasados por contrapressão, com a ideia de proporcionar a mesma qualidade em pontos de venda mais próximos dos clientes, como as padarias de bairro, casas de carne ou praças de alimentação em shoppings”.

Por se tratar de um produto fresco e não pasteurizado, ele precisa estar sempre refrigerado para não ter sua qualidade comprometida. Preservando o chope em condições ideais, sua validade é de 30 dias antes de aberto. O que garante sempre um produto de qualidade e fresco nos pontos de venda.

Um sabor para cada perfil e estilo

Escolhidos como rótulos principais da marca, o quarteto Belgian Wit, Craft Lager, Maniacs IPA e Mad Maniacs Juicy IPA é a essência desse novo projeto. “São a melhor maneira de despertar o interesse de novos amantes por cerveja: agradam em cheio o público cervejeiro mais exigente, mas também convidam os iniciantes”.

A Maniacs IPA é o cartão de visita da marca e tem um perfil cítrico e arrojado no aroma e amargor; já a Belgian Wit é uma clássica cerveja de trigo belga, mas com a personalidade dos cervejeiros da Maniacs – fresca, leve e refrescante – perfeita para o clima brasileiro; a Craft Lager é leve e com um suave aroma floral, a tradicional “puro malte”

A mais “ousada” é a Mad Maniacs: uma Juicy IPA que surgiu a partir de um desafio proposto aos cervejeiros da marca de criar um chope que personificasse tudo que eles amam em uma IPA. O resultado é extremamente equilibrado: uma cerveja dourada que abusa dos aromas frutados, tropicais e cítricos no paladar. “É uma experiência levar um litro desse para apresentar a convidados”, aconselha Mendes.

Sobre a Cervejaria Maniacs

A Maniacs Brewing Co. iniciou suas atividades em 2016, mas sua equipe executiva conta com uma grande experiência no mercado de cervejas artesanais. Atuantes desde 2005, participaram do nascimento e consolidação de diversas marcas de cervejas internacionais e nacionais no Brasil. A Maniacs faz cervejas com personalidade, porém fáceis de beber, adequadas ao nosso clima e cultura gastronômica. Feita por Loucos por Cerveja para Loucos por Cerveja!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Primeira parcela do 13° salário deve ser paga até hoje

Um dos principais benefícios trabalhistas do país, o décimo terceiro salário tem a primeira parcela paga até hoje (30). A partir de amanhã (1º), o empregado com carteira assinada começará a receber a segunda parcela, que deve ser paga até 18 de dezembro.

Essas datas valem apenas para os trabalhadores na ativa. Por causa da pandemia de covid-19, o décimo terceiro dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi antecipado. A primeira parcela foi paga entre 24 de abril e 8 de maio. A segunda foi depositada de 25 de maio a 5 de junho.

Quem tem direito

Segundo a Lei 4.090/1962, que criou a gratificação natalina, têm direito ao décimo terceiro aposentados, pensionistas e quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 15 dias. Trabalhadores em licença maternidade e afastados por doença ou por acidente também recebem o benefício.

No caso de demissão sem justa causa, o décimo terceiro deve ser calculado proporcionalmente ao período trabalhado e pago junto com a rescisão. No entanto, o trabalhador perde o benefício se for dispensado com justa causa.

Cálculo proporcional

O décimo terceiro salário só será pago integralmente a quem trabalha há pelo menos um ano na mesma empresa. Quem trabalhou menos tempo receberá proporcionalmente. O cálculo é feito da seguinte forma: a cada mês em que trabalha pelo menos 15 dias, o empregado tem direito a 1/12 (um doze avos) do salário total de dezembro. Dessa forma, o cálculo do décimo terceiro considera como um mês inteiro o prazo de 15 dias trabalhados.

A regra que beneficia o trabalhador o prejudica no caso de excesso de faltas sem justificativa. O mês inteiro será descontada a gratificação se o empregado deixar de trabalhar mais de 15 dias no mês e não justificar a ausência.

Tributação

O trabalhador deve estar atento quanto à tributação do décimo terceiro. Sobre o salário, incide tributação de Imposto de Renda, INSS e, no caso do patrão, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. No entanto, os tributos só são cobrados no pagamento da segunda parcela.

A primeira metade do salário é paga integralmente, sem descontos. A tributação do décimo terceiro é informada num campo especial na declaração anual do Imposto de Renda Pessoa Física.

Pandemia

A situação dos trabalhadores com contrato suspenso ou com jornada reduzida com diminuição proporcional dos salários só foi definida no início de novembro. Para os contratos com jornada reduzida, o décimo terceiro e as férias devem ser pagos de forma integral.

No caso de suspensão de contratos, o período não trabalhado será descontado do décimo terceiro. No entanto, para manter a harmonia com a legislação, o mês em que o empregado tiver trabalhado 15 dias ou mais será contado como mês inteiro e será pago.

Os critérios para da gratificação nessas situações foram definidos por nota técnica editada pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia no início de novembro. Embora a nota técnica não tenha força de lei, equivale à interpretação da norma pelo governo e será levada em conta pelos auditores fiscais do trabalho nas fiscalizações das empresas.

Informações Banda B.

PF inaugura posto de emissão de passaportes em shopping de Curitiba

A nova unidade estará localizada no Pátio Batel, onde será oferecido ao público um local mais confortável e tranquilo

A partir desta segunda-feira (30), a Polícia Federal terá um novo posto de emissão de passaportes em Curitiba.

A nova unidade está localizada no Pátio Batel, onde será oferecido ao público um local mais confortável e tranquilo, proporcionando um atendimento diferenciado e com mais qualidade, separando a emissão de documentos das demais atividades operacionais da PF.

Serviço

Inauguração do posto de emissão de passaportes – Pátio Batel

Data e horário: 30 de novembro de 2020, às 10h
Local: Pátio Batel, piso L3 | Loja 332/333 – O acesso para a entrada dos jornalistas será feito pela Rua Hermes Fontes, 213 – Batel

Informações Banda B.