Audiência pública sobre as obras de engorda da orla de Matinhos será na segunda-feira

A Assembleia Legislativa marcou para esta segunda-feira, 21, a partir das 19h por videoconferência, a audiência pública sobre os investimentos estaduais  no litoral paranaense, conforme requerimento apresentado pelos deputados Luiz Claudio Romanelli (PSB), Ademar Traiano (PSDB) e Hussein Bakri (PSD).

Um dos principais projetos prevê a engorda da orla de Matinhos com obras de microdrenagem, drenagem e aumento da faixa de areia. “É uma reivindicação de 20 anos do litoral paranaense e é muito importante a participação de representantes da comunidade e sociedade”, diz Romanelli.

O deputado destacou que parte dos investimentos  – R$ 12 milhões – é resultado da economia do legislativo que permite a execução de obras de impacto no turismo do litoral. “Os recursos vão ser bem aplicados em uma obra que terá um resultado muito grande para o turismo e para o Litoral.

Exemplo –
Os deputados aprovaram o repasse para as obras de duplicação da Avenida JK, em Matinhos, que vai garantir melhoria do fluxo de veículos e incentivar o desenvolvimento da região. Romanelli acrescenta que os deputados estaduais estão em sintonia com o Governo do Estado e apoiam as iniciativas para o desenvolvimento do litoral paranaense.
Romanelli observa que esse é o maior projeto de reurbanização do Litoral e que, agora poderá ser executado. O deputado destaca também que os projetos contemplam uma série de obras e melhorias. “Desde Caiobá até os balneários Saint Etienne e Riviera, o litoral será completamente revitalizado com uma faixa maior de areia para os banhistas e garantir a segurança de motoristas e pedestres”.

Headlands –
As obras preveem ainda a colocação de estruturas semirrígidas no canal da Avenida Paraná, no desemboque do Rio Matinhos, no espigão ao Norte da Praia Brava, em Caiobá e nos headlands localizados nos balneários Saint Etienne e Riviera. Estruturas semirrígidas são barreiras que isolam a água que corre do mar para a areia. Já os headlands são estruturas de pedras para reter a areia.

No balneário de Saint Etienne poderá ter um canal novo para ajudar na contenção das cheias, minimizando o impacto sobre o Rio Matinhos. O trecho entre Paranaguá e Praia de Leste, em Pontal do Paraná, também receberá obras que vão melhorar o trânsito e promover a segurança dos moradores e turistas.

Está prevista ainda a duplicação de 13 quilômetros da PR-407, entre os quilômetros 6 e 19, o que vai ampliar a capacidade de tráfego naquele trecho. “Os turistas também vão ter uma faixa de areia de praia maior para aproveitar melhor a permanência no litoral. O engordamento artificial, que consiste na colocação de estrutura flexível por meio da reposição de areia proveniente de jazida na plataforma submarina, vai dobrar a faixa de areia em Matinhos para mais de 80 metros”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Briga de irmãs paranaenses em aniversário vira chuva de memes na internet: veja vídeo

As imagens, gravadas e divulgadas pela tia das crianças, foram parar nos assuntos mais comentados da web

Um vídeo que mostra uma briga de irmãs durante uma festa de aniversário em Pato Branco (PR) viralizou nas redes sociais na noite dessa segunda-feira (19/10). Nas imagens, a menina mais nova, Maria Eduarda, de 3 anos, estava prestes a soprar as velas do bolo quando a mais velha, Maria Antônia, de 6, estragou os planos dela. O desfecho do episódio foi uma chuva de memes na internet.

Com cara de “poucos amigos”, Maria Antônia resolve soprar a vela antes da irmã, que deveria ser a protagonista do momento. Irritada, a aniversariante vai para cima e puxa os cabelos dela por duas vezes. Os convidados apartaram a briga.

Veja o vídeo:

Informações Banda B.

Universidades estaduais do Paraná conquistam nota máxima no Enade

Cerca de 80% dos cursos das Universidades Estaduais do Paraná conquistaram as melhores notas na última edição do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), divulgado nesta terça-feira (20) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A prova avalia o conhecimento dos estudantes do último ano dos cursos de graduação sobre o conteúdo programático, suas habilidades e competências. O conceito do Enade é apresentado em cinco categorias (de 1 a 5), sendo que 1 é o resultado mais baixo e 5 é o melhor resultado possível, na área.

Dos 81 cursos das universidades estaduais avaliados pelo Enade, 17 obtiveram conceito 5; 47 foram avaliados com nota 4 e 17 tiveram nota 3. “O resultado do Enade comprova a qualidade constante dos cursos de graduação das nossas universidades estaduais, formando cada vez mais profissionais e pesquisadores qualificados”, destacou o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona.

CURSOS – Os cursos com a nota máxima da Universidade Estadual de Maringá (UEM) foram Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil, Agronomia e Medicina no campus de Maringá, além de Engenharia Civil no campus de Umuarama.

Na Universidade Estadual de Londrina (UEL) o destaque foi para os cursos de Engenharia Civil, Agronomia, Fisioterapia, Enfermagem e Medicina Veterinária.

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) se destacou nos cursos de Agronomia, Engenharia Civil e Farmácia. Já na Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) os bacharelados em Agronomia, Medicina Veterinária e Educação Física foram os melhores classificados. O curso de Farmácia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) também conquistou nota máxima.

A Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) e a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) somaram 5 cursos com conceito 4, entre eles Agronomia, Medicina Veterinária, Odontologia e Educação Física na UENP e Enfermagem na Unespar.

ÁREAS AVALIADAS – A prova, aplicada em 2019, avaliou o conhecimento de estudantes de Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Zootecnia e Odontologia.

Informações AEN.