A Feirinha da Osório está de volta neste sábado!

Contagem regressiva para o fim do inverno e quem mora ou visita Curitiba terá mais dois bons motivos para passar pelo Centro da cidade a partir deste fim de semana. No próximo sábado (22/9), primeiro dia da primavera (a partir das 22h54), começam as tradicionais Feiras Especiais da Primavera e Criança da Prefeitura nas praças Osório e Santos Andrade.

As barracas vão reunir artesanato e culinária locais, além de lembranças criativas e lúdicas com temática de flores e para presentear os pequenos no Dia das Crianças (12/10). As feiras vão até 11 de outubro.

Serão 69 bancas – 59 na Praça Osório e 10 na Santos Andrade – que irão comercializar vestuário de meia estação e itens artesanais, inclusive de instituições beneficentes. Também não poderiam faltar bancas repletas de comidinhas e bebidas de diversas regiões do Brasil e do mundo, como acarajé, bolinho de bacalhau, pierogi, empanadas chilenas e polpeta. Barraquinhas de artesanato culinário, com pães, geleias, mel, chocolate, bolachas e biscoitos, e de oficinas de artesãos e de programas da Prefeitura também fazem parte das feiras.

Feiras da Primavera e Criança começam no sábado nas praças Osório e Santos Andrade.
Foto: Daniel Castellano / SMCS

“Dedoches”

Os dois diferenciais das feiras, é claro, serão os artigos com temática de flores e sugestões de lembranças para a criançada. A artesã Graciela Goncho vai expor, na Praça Osório, seus lúdicos e divertidos “dedoches” (fantoches de dedos), bem como seus livros de história em tecido sensoriais. Ambos poderão ser boas opções para presentear no Dia das Crianças.

“Os ‘dedoches’ ajudam no aprendizado e no desenvolvimento da criança, pois além de serem uma forma muito legal de inserir a leitura no cotidiano delas, ajudam a estimular a imaginação e a criatividade”, explica a expositora, que começou a confeccionar os fantoches de dedos e os livros em tecido para o filho Guilherme, hoje com 7 anos.

Já os livros sensoriais de Graciela, que também expõe aos domingo, no Largo da Ordem, se valem das diferentes sensações proporcionadas pelas formas, cores, texturas e letras das figuras feitas em tecido (roupas, ambientes da casa e alimentos, por exemplo), para estimular a criança a desenvolver o raciocínio lógico, a memória, a atenção, a concentração e a coordenação motora, além de educar brincando, porque simula atividades do dia a dia.

Entre os expositores com temática flores, está Rosena Coberllini, que irá vender na Osório seus verdadeiros minijardins em vasos de pedra e cerâmica. As composições têm boa parte das plantas e flores cultivada na chácara da artesã em Pinhais. “Vamos expor vasos com suculentas, cactos, orquídeas, folhagens, rosa do deserto ou antúrio”, conta Rosena, que usa rústicos vasos de pedra criados pelo marido, o artista plástico Luciano Corbellini. As peças criadas pela família também podem ser vistas todos os domingo na Feira do Largo da Ordem.

Seleção criteriosa

Marily Pires Lessnau, coordenadora das feiras de arte e de artesanato da Prefeitura, destaca que todos os produtos expostos nas Feiras da Primavera e Criança são criteriosamente selecionados pelo Instituto Municipal de Turismo. “Obrigatoriamente, eles precisam seguir a temática da estação e comprovar a qualidade de artigos e itens artesanais”, observa ela.

Em relação à culinária oferecida nas feiras, Marily salienta que os comerciantes selecionados têm licença sanitária e participaram de cursos de Boa Prática de Manipulação de Alimentos. “A população pode ficar tranquila quanto à procedência e saborear tanto os pratos típicos como as bebidas e comidinhas”, completa.


Serviço: Feiras Especiais da Primavera e Criança de Curitiba

Data: de sábado (22/9) a 11 de outubro

Locais: Praças Osório e Santos Andrade

Horários: Na Osório, as barracas funcionam de segunda a sábado, das 10h às 21h, e domingo, das 14h às 19h30. Na Santos Andrade, haverá feira de segunda a sábado, das 10h às 20h, e no domingo, das 14h às 18h.

 

MATÉRIA EXTRAÍDA DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS DA PREFEITURA DE CURITIBA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Glória Menezes tem alta após internação por covid-19

A atriz Glória Menezes, de 86 anos, teve alta nesta segunda-feira (16), após internação para tratamento contra covid-19. Ela estava internada desde o dia 6 de agosto no Hospital Albert Einstein, na capital paulista.

No período em que ficou no hospital, a atriz teve sintomas leves e realizou tratamento em um quarto. Já seu marido, o ator Tarcísio Meira, que morreu na última quinta-feira (12) vítima de covid-19, chegou a ser internado em unidade de terapia intensiva (UTI).

Tarcísio Meira tinha 85 anos e estava internado, também desde 6 de agosto, devido a complicações da covid-19. O ator recebeu muitas premiações importantes ao longo da carreira e teve grande reconhecimento do público, sendo um dos atores mais conhecidos do Brasil. Ele se casou com Glória Menezes em 1962.

Iniciativa da Itaipu e Polo Iguaçu vai beneficiar 2.250 profissionais do turismo

Itaipu investirá 4,7 milhões no projeto, que irá garantir bolsas de R$ 550 durante os três meses da capacitação

A Itaipu Binacional e o Instituto Polo Iguassu lançaram, nesta quinta-feira (22), o Capacita Foz, uma iniciativa de educação on-line, com atividades ao vivo e gravadas, e que deverá beneficiar 2.250 profissionais do turismo de Foz do Iguaçu, em áreas do trade turístico e afins. O projeto, com duração de dois anos e investimentos de R$ 4,7 milhões por parte da Itaipu, também fornecerá uma bolsa de R$ 550 reais por três meses a esses profissionais que foram impactados pelas limitações impostas pela pandemia de covid-19.

O Capacita Foz aprofunda as atividades de capacitação promovidas em duas edições do Capacita Guias pelo Instituto Polo Iguassu, com apoio da Itaipu. Juntamente com o lançamento, ocorreu a entrega de certificados da segunda turma, que formou mais 66 profissionais (além dos 147 da primeira). Eles foram capacitados sobre novas formas de apresentar os atrativos de Foz, além dos cuidados para promover uma experiência segura para os turistas.

Agora, com o Capacita Foz, a ideia é levar conhecimento para outras áreas que se beneficiam da atividade turística. Por meio de uma plataforma de ensino a distância, os participantes terão acesso a diversos conteúdos. Na primeira fase, que se inicia em agosto, será a capacitação em si, com atividades para recepcionistas, mensageiros, camareiras, garçons, motoristas de aplicativos, artesãos, produtores rurais, entre outros. Uma avaliação do perfil socioeconômico irá selecionar participantes para receber a bolsa de R$ 550 por três meses.

“Este é um projeto perfeitamente alinhado com a vocação de Foz do Iguaçu para o turismo e Itaipu, que tem como missão investir no desenvolvimento regional sustentável, não poderia ficar de fora de uma iniciativa como essa”, afirmou o diretor-geral brasileiro, general João Francisco Ferreira. “A gente se sente feliz em investir em algo assim porque são recursos bem empregados e que trarão retorno. Creio que Foz do Iguaçu vai sair dessa dificuldade da pandemia para voos muito mais altos.”

De acordo com a diretora executiva do Polo Iguassu, Fernanda Fedrigo, após a capacitação, os profissionais passarão por uma atividade de gamificação: os participantes ganham selos e pontuações que qualificam o profissional dentro da plataforma. Dessa forma, a plataforma funcionará, também, como vitrine de vendas e banco de talentos. “A educação está no DNA do Polo Iguassu e a educação é libertadora. Por meio dela, podemos oferecer condições para superar essa situação em que o setor foi impactado pela pandemia”, afirmou.

O lançamento ocorreu no Centro Executivo da Itaipu. E, além do diretor-geral brasileiro da Itaipu e da diretora executiva do Polo Iguassu, contou com a participação da diretora de Promoção, Marketing e Eventos da Secretaria Municipal de Turismo, Cristiane Santos, do presidente do Conselho Municipal de Turismo e gerente-geral do Complexo Turístico Itaipu, Yuri Benites, e da representante do Sebrae-Paraná, Camila Giacomeli.

A abertura das inscrições para o Capacita Foz será divulga nas redes sociais do Polo Iguassu (@poloiguassu) nas próximas semanas.

Formandos

Dos 66 formandos do Capacita Guias, cinco foram convidados a representar a turma na cerimônia de entrega dos certificados. Natural de Itabuna, Ana Maria Ferreira de Souza (46) falou em nome dos colegas. “Agradeço muito pelo curso, por essa oportunidade de estar aprendendo. Daqui para frente, é com os profissionais, o guia que cada um se tornará”, afirmou a guia, que trabalhou por 14 anos como gerente de operações na Loumar Turismo e atua como guia há seis anos, atendendo turistas que falam português, espanhol e inglês.

Arlete Fritzen tem 58 anos e é natural de Foz. Ela trabalha como guia há 22 anos, é formada em hotelaria e atua principalmente com turistas que falam inglês, especialmente da Austrália, Grã-Bretanha e Estados Unidos. “Antes, eu trabalhava só com whatsapp e achava que estava bem. O Capacita Guias veio para mostrar a importância de trabalhar em conjunto com as empresas de turismo para potencializar a imagem do Destino Iguaçu nas redes sociais, mostrando os passeios para quem está do outro lado do mundo. Então, aprendi a tirar fotografias e usar outros meios de comunicação. Foi maravilhoso”, afirmou.

Já Keiko Edna Kimura Kanno, 54 anos, atua principalmente com turistas de língua japonesa. “A gente acha que sabe de tudo, mas todo dia é dia de aprender. E esse curso trouxe muito conhecimento. Todo aprendizado vai me ajudar muito e já quero fazer o Capacita Foz também”, disse Keiko, que atua como guia desde 2007.