9 lugares para chorar em Curitiba

 

Museu Oscar Niemeyer – MON

Com uma vista privilegiada e ambiente artístico, o MON oferece diversos locais agradáveis para você sentar na grama e cair no choro.

Tubo do shopping Mueller (Praça 19 de Dezembro)

Quem nunca marcou um date ou reunião de trabalho próximo ao Mueller, certamente não era curitibano. O tubo sempre cheio, promove diversas sensações desagradáveis que podem facilitar as lágrimas.

Biarticulado Centenário/Campo Comprido

Desgaste no trabalho, DP na faculdade, falta de dinheiro, amigos indo pra balada e você voltando solitário para casa. Certamente um dos locais mais atraentes para pratica de choro.

Bancos do terminal do Cabral

Inúmeros motivos podem existir estando dentro do terminal do Cabral, agora aqueles banquinhos…  É como se eles te abraçassem e com a cabeça sobre o ombro e sussurrassem: Pode chorar, filho meu.

Praça Osório

Além de muito movimentada, a praça recebe as tradicionais feirinhas de inverno com muito quentão e pastel. Coisa boa chamar os amigos e ir lá trocar dar risadas e trocar ideias, né?

Tá, mas… cadê os amigos?

A praça tem diversos bancos e pontos estratégicos pra você sentar-se, refletir e chorar.

Inter 2

Precisa definir?

A frase “Enfia que cabe mais” foi inspirado no famoso Falcão Prateado de Curitiba. Gostaria de dizer “senta e chora” porém, a possibilidade de você ir sentado mesmo após um longo dia de trabalho é quase  inexistente. Na verdade, talvez não há espaços em horário de pico nem para nossas salgadas e amáveis lágrimas.

Trajano Reis

As vezes nem é de tristeza, mas parece que a rua pede, sabe?

Lugar lindo! Vale a pena conferir.

UFPR  Campus Politécnico

Como conciliar trabalho, faculdade, TCC pela frente e um professor nada compreensivo?

As vezes só de abraçar aquele amigo (a) antes da aula já traz a tona os sentimentos e cansaço físico de todo um exaustivo dia.

Jardim Botânico

Se você é turista, talvez possa ter sido de emoção.  Aquele pôr do sol arrepia e é um lugar indescritível para a prática.

 

Talvez ao longo deste texto, você tenha dado boas risadas. Caso não, bora chorar junto?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feirinha de artesanato do Largo da Ordem reabre neste domingo

A Feira do Largo da Ordem vai voltar a funcionar aos domingos, com metade das barracas. A decisão foi tomada durante uma reunião, na manhã desta sexta-feira (22/1) com a Comissão de Saúde, que liberou o retorno do funcionamento da Feira do Largo da Ordem também aos domingos. A medida segue o novo decreto, publicado nesta sexta-feira, que também contempla as feiras livres.

A Feirinha de Artesanato já vinha acontecendo aos sábados e de forma digital, mas o retorno do funcionamento também aos domingos era um apelo dos artesãos, que consideram o dia de maior movimento de vendas e por ser mais tradicional. 

Na tarde desta sexta-feira (22/1), a decisão da reabertura foi informada à Comissão dos Artesãos em uma reunião virtual, onde foram passadas todas as normas de funcionamento.

“Equilibrar as atividades econômicas com a saúde é uma grande responsabilidade, estamos ao lado dos nossos artesãos, mas é preciso mantermos os cuidados sanitários necessários, seguindo os protocolos de saúde”, salientou Tatiana Turra, presidente do IMT.

A assessora especial do prefeito, Cibele Fernandes Dias, também participou da reunião e reforçou a importância em manter o cuidado e precaução de resguardar a saúde pública.  “A bandeira laranja segue até o dia 27 de janeiro, ouvindo os pedidos dos artesãos e outras categorias, nós entendemos que já temos segurança para liberar algumas atividades a céu aberto”, disse Cibele.

A coordenadora das Feiras de Artesanato, Tangrian Cunico Santos, salienta que a permanência do funcionamento aos domingos das feiras vai ser analisada semanalmente junto à Comissão de Saúde. A feira continua funcionando com 50% da capacidade, não excedendo 600 barracas aos domingo e 200 aos sábados. 

O horário de funcionamento passa a ser o mesmo para os dois dias de funcionamento, das 9h às 14 horas.

Normas de funcionamento da Feira de Artesanato:
I – Distanciamento de 2m;
II – Uso obrigatório de máscaras; 
III – Disponibilização pelos artesãos de álcool 70% ou sanitizantes de efeito similar para uso próprio e de clientes; 
IV – Organização de filas para evitar aglomerações; 
V – Presença de apenas um artesão por barraca; (exceção para barracas de alimentação, que devem obedecer distanciamento de 1,5m) 
VI – Recomendação para que seja evitada a possibilidade de manipulação dos produtos a serem comercializados pelo público em geral; (ou que seja utilizado álcool em gel antes e após o manuseio) 
VII – Colocação de cartazes de orientação e utilidade pública referentes à prevenção da covid-19, a serem disponibilizados pelo Instituto Municipal de Turismo.
 

Funcionamento das Feiras Livres

Feiras livres que estavam com funcionamento suspenso aos domingos, em Curitiba, também voltam a funcionar a partir deste fim de semana. Como nos demais dias da semana, os pontos continuam a adotar medidas de higiene e distanciamento. É obrigatório o uso de máscaras nos locais, e os feirantes devem disponibilizar álcool gel aos clientes. 

Além disso, demarcações no chão devem orientar os clientes que forem às feiras, com o objetivo de que as pessoas mantenham distanciamento de 1,5 m.

Confira os locais e horários das feiras livres que voltam a funcionar aos domingos: https://www.curitiba.pr.gov.br/conteudo/feiras-livres-diurnas/258

Urbs reforça linhas para segunda fase do Enem no próximo domingo

A Urbanização de Curitiba (Urbs) vai reforçar algumas linhas para atender os estudantes que vão participar da segunda fase do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no domingo (24/1).

Linhas que não operam aos domingos e/ou linhas especiais criadas para este dia como 829-UNIV.POSITIVO, 620-FAC.SANTA CRUZ e 815-REFORÇO TUIUTI BARIGUI, terão programação especial. Confira aqui a lista de linhas que passam pelos locais de prova e os horários das linhas especiais.

A linha 816-Camp.Siqueira/Sta.Felicidade terá seu horário de atendimento estendido nesta data, tendo como último horário de saída do Terminal Santa Felicidade às 19h38 e último horário de saída do Terminal Campina do Siqueira às 19h56.

A Urbs alerta para que os candidatos saiam antecipadamente de suas residências, devido aos congestionamentos em dias de concursos e respeitem o limite máximo de lotação dos veículos por conta da covid-19.

Os horários de ônibus podem ser consultados no site da URBS (https://www.urbs.curitiba.pr.gov.br/horario-de-onibus)

Horários

* Abertura dos portões: 12h

* Fechamento dos portões: 13h

* Horário início das provas: 13h30

* Horário término das provas: 18h30

* Horário término das provas diferenciados, em alguns locais: 19h30

* Saída dos candidatos após o início da prova: a partir de 15h30

* Entrega dos cadernos de provas a partir de 18h