600 quilos de maconha são apreendidos pela PM em Campo Largo

Mais de 606 quilos de maconha foram apreendidos na tarde desta terça-feira (11/08) em Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba, por policiais militares do 17º Batalhão da Polícia Militar (17º BPM) com apoio de uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (BOPE). Um cão de faro ajudou na localização da droga que estava escondida em um carro numa estrada rural da cidade. Na ação, dois homens foram encaminhados, um veículo apreendido e outro recuperado.

De acordo com dados fornecidos pelo 17º BPM, a equipe policial recebeu a informação do 1º BPM, localizado em Ponta Grossa, de que um veículo, uma camionete Chevrolet S10 suspeita de estar transportando drogas, estaria em direção à cidade de Campo Largo. Em seguida, os policiais militares localizaram o veículo e deram voz de abordagem ao motorista, que tentou fugir por dois quilômetros.

Na revista à camionete os militares estaduais acharam um carregador de rádio portátil, o qual o motorista não soube explicar a origem. De repente, os policiais receberam a informação de uma pessoa que passava pelo local, de que uma outra camionete, uma Fiat Toro branca, retornou pela estrada quando viu, de longe, a viatura policial.

O apoio de uma equipe com cão de faro da Companhia de Operações com Cães (COC) do BOPE, já havia sido acionada para confirmar se havia drogas na camionete S10, e estava no local. Essa equipe policial, coordenada pelo sargento Rafael Rodrigo Franceschini Back, encontrou um  segundo homem com atitudes suspeitas, caminhando pela beira da estrada, o qual foi abordado.

“Os policiais, com o cão de faro, a cadela Raika, iniciaram patrulhamento na estrada quando encontraram o homem suspeito, nervoso, que admitiu à equipe que havia abandonado um carro em uma estrada de chão”, informou o Oficial de Comando de Policiamento de Unidade (CPU) do 17º BPM, tenente Vanio Galbino da Silva Junior.

A equipe do BOPE, aplicou a cadela ao primeiro veículo na tentativa de localizar a droga. Em seguido, patrulhando pela estrada, recebeu outras informações. “Localizamos um homem com a chave do veículo Fiat Toro e fizemos a verificação nele. Então, além da apreensão da droga, recuperamos um veículo”, informou o sargento.

Ao localizarem o segundo veículo, a camionete Fiat Toro, os militares estaduais constataram que tratava-se de um carro com alerta de roubo desde julho deste ano, da cidade de Colombo, também na Região Metropolitana de Curitiba, e estava com as placas clonadas. No veículo estavam, encaixotados, os 606,5 quilos de maconha.

“A utilização do cão de faro é muito importante neste tipo de ocorrência devido a possibilidade de haver mais drogas dentro das partes do veículo como portas e motor, por exemplo”, completou o sargento.

Os dois homens foram encaminhados, juntamente com as drogas e carros apreendidos, à Delegacia de Polícia Civil de Campo Largo para que todas as medidas necessárias fossem tomadas e para que seja apurado se os dois homens agiam juntos.

Via: Polícia Militar do Paraná/Marcia Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.