Zoo de Curitiba recebe tigre vítima de maus-tratos em casa noturna

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) destinou ao Zoológico de Curitiba o tigre que foi usado como atração em uma boate do Centro da capital. O episódio aconteceu no início de 2018.

O animal chegou à unidade de conservação do Alto Boqueirão na manhã desta quinta-feira (28/1), passou por avaliações de saúde e, após adaptação, em breve será liberado no recinto que foi preparado para recebê-lo. 

Zoo de Curitiba recebe tigre que foi vítima de maus-tratos em casa noturna. Curitiba, 29/01/2021. Foto: Hully Paiva/SMCS

Denúncias e imagens vazadas via internet levaram a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, o Ibama e o Ministério Público a tomarem providências em relação ao estabelecimento e aos responsáveis pelos animais – além do tigre, uma serpente era utilizada como entretenimento. O município multou o bar em R$ 200 mil. O caso aconteceu em abril de 2018. 

“Após o episódio, manifestamos ao Ibama que tínhamos condições para receber o tigre no Zoo de Curitiba”, contou o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo. “Fomos escolhidos para a guarda do animal em razão da experiência na manutenção de fauna e por termos condições de alojá-lo adequadamente”, completou. 

Zoo de Curitiba recebe tigre que foi vítima de maus-tratos em casa noturna. Curitiba, 29/01/2021. Foto: Hully Paiva/SMCS

O recolhimento, feito pelo Ibama e pela Força Verde da Polícia Militar do Paraná, só foi possível na última quarta-feira (27/1), com uma decisão liminar da 11ª Vara Federal de Curitiba. 

Além do tigre, foram destinados ao Zoológico uma arara-canindé e um papagaio-verdadeiro que também estavam na casa do responsável, na Região Metropolitana.

Espaço e equipe capacitada

Em razão da sua estrutura física e pessoal preparado  para o cuidado e manejo, a instituição curitibana já foi anteriormente escolhida por órgãos ambientais para abrigar animais como os cachorros-do-mato Faísca, Fumaça e Fuligem e a monocarvoeiro Monaliza, todos órfãos e sem condições de voltar para a natureza. 

O novo tigre, chamado Rajar e que vive há anos em cativeiro sem condições de devolução à natureza, deverá agora ocupar o recinto deixado por Tom no Zoo de Curitiba, animal idoso que faleceu recentemente.

Além de todos os cuidados da equipe, ele terá à sua disposição plataformas e troncos de árvores dispostos pelo espaço de quase 900m2 e uma piscina para se refrescar e se exercitar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fundadora da rede de supermercados Jacomar morre aos 87 anos em Curitiba

Maria Pankratz, conhecida por ser uma das fundadoras do grupo da rede de supermercados Jacomar, morreu aos 87 anos, no último sábado (25), em Curitiba. A família optou por não divulgar a causa do óbito em publicação feita na rede social Facebook, nesta segunda-feira (27).

Dona Maria, como foi conhecida pelo Grupo Jacomar, nasceu no dia 7 de setembro de 1934. O Grupo Jacomar diz em nota a homenagem à Pankratz que ela teve uma vida de muitas batalhas, sendo que desde pequena já trabalhava para ajudar no sustento de sua família.

Ela se casou com Jacob Pankratz Filho em 12 de abril de 1958, e a união durou 63 anos “na qual sempre prevaleceu o amor, o respeito, a cumplicidade, a honestidade e a fidelidade”, aponta parte da homenagem feita pelo Grupo na rede social Facebook.

A vida foi muito desafiadora para ela, pois além de educar os filhos e cuidar da casa, ela sempre foi um apoio incondicional para o marido que batalhava para sustentar a família. Como dizem seus filhos, ela foi um pilar essencial para o desenvolvimento e crescimento da Rede Jacomar. Não há dúvidas de que a Dona Maria era muito amada pela sua família. Com uma fé inabalável e uma dedicação constante no cuidado de todos ao seu redor, ela agora descansa em Deus, deixando seu marido, 8 filhos, noras e genros, netos e bisnetos. É certo que sempre será amada e especial na vida de toda a família Jacomar. Sentiremos saudades!

diz trecho da nota do Grupo em homenagem à Maria, divulgada na Rede Social Facebook.

Maria deixa o esposo e co-fundador do Grupo Jacomar, Jacob Pankratz Filho, e oito filhos. A Banda B presta condolências a amigos e familiares.

Grupo Jacomar

A história do Jacomar teve início em dezembro de 1966, em Curitiba, quando Jacob Pankratz Filho decidiu comprar um Armazém de Secos e Molhados, que recebeu seu nome.

Com muito esforço e dedicação, o armazém foi ampliado e, ao seu lado, foi aberto, em outubro de 1976, o Supermercado Jacomar, nome que deriva de Jacob Maria, proprietários da empresa.

Em 1984, o Jacomar adquiriu mais uma loja, dessa vez em São José dos Pinhais. Com a vontade de crescer e atender às necessidades de seu público, adquiriu, em março de 1993, o imóvel da antiga Cooperativa Mista do Boqueirão, em Curitiba.

Surgiu, então, o desejo de oferecer a seus clientes uma loja mais arrojada e moderna, ampliando ainda mais a qualidade dos serviços. Foi quando teve início a construção de um super projeto, que atenderia sua clientela de modo ainda mais especial, pela confiança que sempre depositaram no Jacomar.

O projeto foi concluído em setembro de 1998, com a inauguração da nova loja no Boqueirão, um amplo espaço com um grande investimento em equipamentos de última geração e com a melhor oferta de produtos e serviços da região.

Desde então, o Supermercado Jacomar não parou mais de crescer e está sempre investindo em inovação, tecnologia e qualidade. A missão é sempre oferecer o melhor atendimento a todos os clientes, sem esquecer de seus costumes e crenças, como a prática de não abrir aos domingos. A intenção é valorizar o colaborador, dando a ele um dia de descanso para “dedicar-se à família”, como diz o fundador.

Vídeo

Veja um vídeo institucional em que o casal de fundadores fala sobre a rede de supermercados.

Autódromo de Curitiba será transformado em bairro planejado

A partir de dezembro, o Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), instalado em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba será desativado para dar lugar a um bairro planejado. A nova construção terá residências, comércios e áreas de lazer.

A informação foi confirmada pela administração do local à BandNews FM.

As obras devem iniciar no começo de 2022 e serão divididas em duas etapas. A primeira deve ser concluída em 1 ano e meio e o restante até 2031.