Ventos chegaram a 62 km/h em Curitiba; veja quais os bairros mais afetados

A Defesa Civil de Curitiba registrou 55 ocorrências de distribuição de lona para atender destelhamentos provocados pela chuva com vento que atinge a capital desde a noite deste domingo (27). As rajadas de vento chegaram a 62 km/h, segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), atingindo principalmente a região norte da cidade.

No acumulado das últimas 12 horas, foram 20mm de chuva, de acordo com informações do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

Os ventos contribuíram para a queda de árvores e galhos grandes. Até às 9h da manhã desta segunda-feira (28) foram 104 os registros para retirada de árvores pela Central 156 de Atendimento ao Cidadão. Até o momento, não há desabrigados, desalojados ou feridos.

Ainda segundo a Defesa Civil, são 27 os bairros mais afetados: Santa Cândida, Boa Vista, Abranches, Barreirinha, Bairro Alto, Cajuru, Matriz, Portão, Boqueirão, Pinheirinho, CIC, Bacacheri, Atuba, Uberaba, Pilarzinho, Guabirotuba, Batel, Ahu, São Lourenço, Juvevê, Cabral, Jardim Social, Cachoeira, Capão Raso, Capão da Imbuia, Santo Inácio e Tingui.

Equipes da Prefeitura estão mobilizadas para restabelecer a normalidade o mais rápido possível, com envolvimento das Subsecretarias Municipais de Proteção e Defesa Civil, Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito, Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Fundação de Ação Social (FAS).

Energia

A forte chuva que cai em Curitiba desde a tarde de domingo deixou 39,8 mil casas sem energia elétrica em Curitiba e região metropolitana, de acordo com a Copel. Em algumas residências a luz voltou, mas outras seguem no escuro. A previsão, de acordo com o Sistema Meteorológico Simepar, é de mais chuvas fortes no decorrer desta segunda-feira.

Foto: Colaboração

Segundo a Defesa Civil de Curitiba, houve registro de granizo e queda de energia em alguns bairros. Os mais afetados foram: Santa Cândida, Boa vista, Abranches, Barreirinha e Bairro Alto. Até 21 horas, foram registradas 20 solicitações de lona no sistema da Guarda Municipal de Curitiba. Não houve registro de feridos, desalojados ou desabrigados.

Veja as cidades do Paraná com mais unidades consumidoras desligadas:

– Curitiba: 24,7 mil
– Ponta Grossa: 14,8 mil
– Colombo: 7,8 mil
– Maringá: 7,6 mil
– Almirante Tamandaré: 7,3 mil

Evite sair de casa

Enquanto estiver chovendo, a orientação da Defesa Civil é que se evite sair de casa. Se a pessoa já estiver na rua, deve evitar se abrigar embaixo de árvores e de estruturas metálicas, estando a pé ou de carro. Debaixo de chuva, o motorista deve redobrar a atenção e reduzir a velocidade.

A Defesa Civil registra as ocorrências que chegam ao município pelo telefone de emergência 199 e, também, pelo 156 (Central de Atendimento ao Cidadão) e pelo 153 (Centro de Operações da Guarda Municipal).

Outras situações decorrentes de chuvas ou temporais podem ser atendidas pelo Corpo de Bombeiros (193) e pela Copel.

Informações Banda B.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curitiba abre Cadastramento Escolar de novas crianças e estudantes

Está aberto o cadastramento escolar de crianças e estudantes para as famílias que têm interesse em matricular seus filhos no pré ou no 1º ano do Ensino Fundamental em 2022 e ainda não fazem parte da rede municipal de ensino.

Educação abre Cadastramento Escolar de novas crianças e estudantes.

O prazo segue aberto desde esta segunda-feira (27/9) até o dia 26 de outubro. O cadastramento deverá ser feito via internet, no site.

As matrículas para esse público poderão ser feitas conforme o resultado do cadastramento, de 29 de novembro a 3 de dezembro.

Para quem já está matriculado na rede municipal neste ano, a distribuição das vagas será automática e a família só deverá participar do cadastramento no caso de necessidade de troca de unidade, por exemplo, por mudança de endereço ou preferência por alguma outra escola que tenha vaga disponível.

A repescagem para famílias de crianças e estudantes de pré e 1º ano que perderem os prazos de cadastramento e matrículas será de 13 a 17 de dezembro.

O gerente de Matrículas, Raphael Fernando Antunes Brotto, frisa que esse cadastramento só é necessário para quem não é estudante da rede pública municipal e quer frequentar uma unidade municipal a partir do ano letivo de 2022.

“Quem já é matriculado em alguma unidade do município, segue normalmente o fluxo escolar, ou será direcionado para a unidade mais próxima da atual, bastando a confirmação da rematrícula para o ano seguinte”, esclarece o gerente.

 As famílias poderão indicar de três a cinco opções de unidades. A distribuição de vagas é feita a partir do endereço da família, sendo que a intenção é garantir a matrícula de cada criança na unidade mais próxima de casa.

Confirmação é necessária

O cadastramento não representa a efetivação da matrícula.

Portanto, depois de cadastrar a criança, as famílias devem aguardar o resultado que será disponibilizado por e-mail, acessando o site do Cadastramento Escolar ou em um dos dez Núcleos Regionais de Educação, com as orientações para efetivação da matrícula, o que assegura a vaga na rede.

Em casos de dúvidas, as famílias podem entrar em contato com o NRE da sua região, nos seguintes telefones:

Bairro Novo – (41) 3221-2850

Boa Vista – (41) 3313-5714

Boqueirão – (41) 3313-5559

Cajuru – (41) 3221-2380

CIC – (41) 3221-2922

Matriz – (41) 3313-5842

Pinheirinho – (41) 3313-5444

Portão – (41) 3350-3967

Santa Felicidade – (41) 3221-2578

Tatuquara – (41) 3221-2616
 

Semana começa com 3.491 vagas ofertadas pelas Agências do Trabalhador

As 216 Agências do Trabalhador do Estado ofertam nesta semana 3.491 vagas de empregos com carteira assinada em empresas do Paraná. Destas, 1.458 estão disponíveis nas agências de Curitiba e Região Metropolitana.

As principais vagas disponíveis são para alimentador de linha de produção (275); auxiliar administrativo (255), operador de telemarketing ativo e receptivo (249) e ajudante de carga e descarga de mercadoria (192).

A Agência do Trabalhador de Curitiba disponibiliza vagas, para contratação imediata, para vendedor interno (16 vagas), pizzaiolo (4 vagas), torneiro mecânico (2 vagas), trabalhador de preparação de pescados (1 vaga) e técnico em saúde bucal (1 vaga).

O secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, destaca que a Sejuf tem intensificado o trabalho de captação e intermediação de vagas, procurando estabelecer parcerias com as empresas do Estado. “O melhor programa social que existe é o emprego. O trabalhador precisa ter autonomia e dignidade para sustentar a família”, afirma.

ATENDIMENTOS – Os interessados em algumas das vagas ofertadas devem buscar orientações entrando em contato com a Agência do Trabalhador de seu município. Na capital paranaense, a Agência do Trabalhador de Curitiba voltou a atender o público de forma presencial.

Para evitar aglomeração, e respeitando todas as orientações das autoridades sanitárias, o atendimento é feito somente com horário marcado, das 9h às 17h. Os interessados devem fazer o agendamento pelo site da secretaria através deste LINK.