Uma cidade em uma rua: o Calçadão da XV

Caetano Veloso, no clássico da MPB “Sampa”, afirma que algo acontece em seu coração quando encontra a esquina da Ipiranga e a avenida São João. Assim como Caetano, algo acontece em meu coração, mas curitibano que sou, quando caminho no calçadão da XV.

Sempre digo que Curitiba é uma cidade de extremos, e seus extremos estão gravados ali, naquele trecho de menos de menos de um quilômetro de cheiros esquisitos. Os engravatados apressados – grupo em que me enquadro – e os moradores de rua. Os malandros em seus pequenos delitos e as crianças puxadas pelos bracinhos com seus olhos curiosos, encantados pelos prédios históricos. As figuras folclóricas da fauna urbana de Curitiba, e as multidões anônimas e vem e vão. Um microcosmos em forma de rua.

Caminhar na XV por vezes exige sua quota de paciência, principalmente se você não quer almoçar. Ou fazer exame de vista. Ou fazer um empréstimo. Ou qualquer outro dos inúmeros motivos que rendem uma abordagem, que sabemos, não são poucos. Talvez você só queira tomar um chopp antes do almoço, o que é justíssimo, ou se distrair com um artista de rua, um dos meu hobbies favoritos por ali.

Mas de tudo que me chama a atenção, me intriga os rostos sem nome que se sentam nos bancos da XV, com o olhar cansado, observando o teatro da vida real onde todos somos coadjuvantes. Talvez seja só um cigarro sendo queimado no intervalo do serviço, ou o justo descanso de quem colocou o pé no centro logo cedo, mas o semblante de desesperança de algumas pessoa me desperta sentimentos inominados.

Isso e os velhinhos que se sentam na Boca Maldita para jogar conversa fora. Lembrar dos amigos que se foram ao lado dos que restaram, e se alegrar com as alegrias que permanecem entre todas as outras que uma vida finita inevitavelmente nos leva.

Meus passos rápidos logo me levam até a estação central, e me obrigo a sair dos meus devaneios para não ser atropelado pelo Santa Cândida-Capão raso. Rio comigo mesmo da ironia da hipotética manchete “cronista do busão é atropelado por um busão”. Cada passeio na XV é um filme que não pode ser revisto, um espetáculo de apresentação única – de onde eu saio, sem ele sair de mim.

Alguma coisa acontece no meu coração.

 

0 Comments

  1. Boa Tarde!
    Eu moro na Boca Maldita onde a vida acontece em ritmo de crônica e poesia.
    Os cafés nas esquinas, os libaneses e sonhos de cada dia.
    Tudo ali acontece… entre histórias e vida.
    Meu prédio onde eu moro era antiga Casa do Estudante… sim… muita história de política,Varal de poesia e artistas.
    Minha mãe de 85 ama o lugar onde ela cresceu,trabalhou e hoje aposentada e meu pai adorava o lugar.
    Obrigada pela linda crônica. Parabéns.

  2. Curitiba cidade do Coração de um carioca, que depois que se apaixonou e transformou em amor! Quando falou da XV lembrei dos fantasiados e das estátuas humanas que ficam perto da “Boca Maldita”. Turista de uma vez por ano, mas nunca mais deixei de ir. Saudade de emocionar-me, se a mim perguntarem, não sei o que dizer. Amor não se explica se sente. Que sempre esteja a me esperar de braços abertos, com seu circular centro ao seu coração a me levar. Curitiba sempre hei de amar!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rituais Casa de Café promove semana comemorativa com descontos e ações especiais em Curitiba

A Rituais Casa de Café, primeira loja-conceito da 3Corações, instalada em Curitiba (PR), preparou uma programação bem especial para comemorar o Dia Internacional do Café, que será celebrado neste sábado, dia 01 de outubro. Durante a primeira semana do mês, entre os dias 01 e 09, acontece a primeira edição da Cafeína Week com ações na loja física e para compras no e-commerce da marca.

Serão diversas promoções especiais para bebidas e itens no site e na loja com desconto de 15% nos pacotes de café (250g) e nos acessórios. Na terça (4), vai ser o “Espresso Day”, com a bebida de R$7 para R$4. Para quem adora reunir os amigos pra curtir bons momentos acompanhado de um saboroso café, a casa vai promover um happy hour com double dos drinks com café e opções de grãos de outros países para quem quiser provar novos métodos de preparo ou como espressso. Além disso, vai acontecer um incrível Happy Hour Café + Vinho com comidinhas e degustação de cafés e rótulos de vinhos nacionais.

Para celebrar a internacionalidade da data, a casa, que trabalha somente com produtores nacionais, vai oferecer uma seleção de grãos também de outras origens. A ação é uma parceria com a Notes Coffee Roasters, uma torrefação e rede de cafeterias baseada em Londres, mas que pertence ao paulistano Fabio Henrique. Para completar, a agenda especial ainda vai contar com um flash tattoo com temática de café, degustação guiada, promoções, sorteio e um workshop exclusivo.

Confira a programação:

Durante toda a semana: desconto de 15% nos pacotes de café (250g) e nos acessórios. Grãos Internacionais: cafés torrados pelo Notes Coffee Roaster, de Londres, para provar no Espresso do Barista ou no Grão + Método. 

Terça (04/10) Espresso Day! – o dia todo o espresso com 20g de café sai de R$ 7 por R$ 4! Harmonização Café com Queijo: Degustação com Chico Queijo, especializado em queijos brasileiros. Prova de queijos premiados do Paraná na última edição do 2º Mundial do Queijo do Brasil, que recebeu mais de 11 países na competição (Valor: R$ 80 – incluso os cafés e os queijos).

Harmonização Café com Queijo: convidamos o Chico Queijo, especializado em queijos brasileiros, para fazer uma sessão de degustação com os nosso cafés. Vamos provar alguns dos queijos premiados do Paraná, na última edição do 2º Mundial do Queijo do Brasil, que recebeu mais de 11 países na competição. Valor: R$80, incluso os cafés e os queijos, às 19h30.

Quarta (05/10): Workshop Café Especial em Casa (sem medo!), com Estela Cotes, a partir das 19h. Valor: R$ 79. Inscrições no site da Rituais Casa de Café.

Quinta (06/10): Primaverou! Lançamento dos drinks novos com café + double de drinks (compra um, leva outro), das 17h às 20h.

Sexta (07/10): Happy Hour Café + Vinho: degustação de cafés do Brasil, Etiópia, Colômbia e Quênia + 3 rótulos de vinhos nacionais e comidinhas. Valor: R$ 90 por pessoa. A partir das 18h30. Ingressos no site da Rituais Casa de Cafés.

Sábado (08/10): Degustação guiada de cafés do Brasil + Mundo: degustação de cafés em diferentes métodos e bate-papo sobre as diferenças entre as origens e métodos. Valor: R$ 50 por pessoa. Ingressos no site da Rituais Casa de Cafés.

Domingo (09/10): Refil de Coado! 1 café brasileiro e 1 internacional. Valor: R$ 30. O cliente ganha uma xícara e toma coado à vontade. 

A Cafeína Week será realizada até o dia 09 de outubro, no Rituais Casa de Café  (Rua Moysés Marcondes, nº 609, no bairro Juvevê, em Curitiba (PR). Inscrições e mais informações pelo telefone (41) 3501-8234, pelo site www.rituaiscasadecafe.com.br ou no perfil oficial da casa no Instagram (@rituaiscasadecafe).  

Pizzaria da Mathilda lança novo sabor com promoção

Um novo sabor de pizza chegas às três unidades da Pizzaria da Mathilda nessa terça-feira – e com desconto. A Portuguesa mistura o sabor clássico ao estilo napolitano, com pizzas individuais, da rede que conquistou o público curitibano. O valor da pizza será R$ 42, mas no dia do lançamento (04/10), sairá pela metade do preço, tanto para consumo nas lojas (no Juvevê, Água Verde e Vicente Machado) quanto para retirada no balcão e venda no site.

A pizza Portuguesa, segundo as histórias, teria nascido no Brasil, quando imigrantes portugueses adicionaram ingredientes diferentes às pizzas feitas pelos imigrantes italianos. Na receita da Mathilda, os insumos clássicos se aliam ao estilo napolitano que consagrou a pizzaria curitibana. A massa de fermentação lenta, servida individualmente, recebe molho, presunto, basílico, cebola roxa, mozzarella, ovo caipira e azeitona preta.

O estilo napolitano da Pizzaria da Mathilda é celebrado como um dos mais tradicionais, sendo considerado patrimônio imaterial da humanidade pela UNESCO. A Mathilda conquistou o público curitibano ao seguir as regras dessa tradição com as pizzas individuais em sabores clássicos, como Marguerita, e também com criações originais. Renovando o cardápio, traz pedidas favoritas do público como a Portuguesa.

A nova pizza Portuguesa estreia nas três lojas no dia 04 de outubro. A Pizzaria da Mathilda conta com três unidades da rede em Curitiba: Vicente (Av. Vicente Machado, 859), Juvevê (R. Rocha Pombo, 265) e Água Verde (Av. dos Estados, 1066). As lojas abrem de terça-feira a domingo, das 18h às 23h. Além disso, os pedidos poderão ser feitos, também, pelo site www.pizzariadamathilda.com.br. Mais informações no perfil oficial no Instagram (@pizzariadamathilda).