Últimos dias do Festival do Fettucine no Grana Padano

Em um canto do Ernesto Ristorante, em Curitiba (PR), uma montanha curiosa sempre chama a atenção do público. São peças de queijo grana padano, a nova sensação da gastronomia no Brasil, totalizando centenas de quilos. Produzido na planície de Padana, na Itália, o queijo de origem conquistou os brasileiros e, consequentemente, os restaurantes do país. Agora, que tal pegar uma dessas peças e preparar um delicioso Fettuccine dentro dela? A massa típica da culinária italiana, com amantes em todos os cantos do mundo, ganha ainda mais sabor com muito queijo em um preparo irresistível.

Pensando nesta combinação perfeita, o restaurante curitibano, comandado pelo badalado chef Dudu Sperandio, promove até o próximo domingo, dia 01 de novembro, o Festival do Fettucine no Grana Padano 2020. “O fettuccine é um macarrão achatado, feito de farinhas e ovos, bastante parecido com o talharim, perfeito para ser combinado com molhos. Aqui no Ernesto, começamos a preparar ele dentro de peças de grana padano, que passa por 36 meses de maturação, seguindo uma forte tradição italiana. Em pouco tempo, o preparo se transformou em uma marca registrada do nosso restaurante”, comenta Dudu Sperandio.

Foto: Priscilla Fiedler

Grande responsável pelo evento, um dos grandes destaques gastronômicos de Curitiba, o chef Dudu Sperandio cuida diretamente do preparo do prato, que já na apresentação conquista os apaixonados por gastronomia. “A massa, quase pronta, é finalizada dentro de uma enorme peça de queijo italiano grana padano, para aproveitar o máximo do sabor do queijo, bem no meio do salão. Assim, a experiência gastronômica deixa de ser apenas para o paladar, passando a ser, também, uma experiência visual”, destaca o chef.

Foto: Priscilla Fiedler

Durante o Festival do Fettuccine no Grana Padano, os clientes podem escolher entre diversas receitas exclusivas do preparo: fettuccine no grana padano flambado (R$ 55), fettuccine no grana padano flambado servido com trufas negras (R$ 65); fettuccine no grana padano flambado acompanhado por mignon grelhado com molho do próprio queijo (R$ 78); fettuccine no grana padano flambado servido com trufas negras e mignon grelhado com molho do próprio queijo (R$ 89); fettuccine no grana padano flambado acompanhado por camarões rosa grelhados (R$ 105); e fettuccine no grana padano flambado servido com camarões rosa grelhados e trufas negras (R$ 115). Para completar, quem quiser saborear diversos preparos durante a noite pode escolher a opção do Menu Degustação.

O Festival do Fettuccine no Grana Padano 2020 acontece até o próximo domingo, dia 01 de novembro, no Ernesto Ristorante (Rua Myltho Anselmo da Silva, n° 1483), no bairro Mercês. A promoção será válida durante o jantar, a partir das 19h30, e nos almoços de domingo, a partir das 12h. As reservas podem ser feitas pelo telefone (41) 4141-5477. Para mais informações, acesse o site www.dudusperandio.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De leite condensado a pimenta: festival de caipirinhas celebra o verão em Curitiba

3ª edição do CaipiFest do Bar Quermesse, que terá releituras da clássica bebida a preço único de R$ 15, começa nesta terça-feira (11)

Paixão unânime entre os brasileiros, ainda mais durante o verão, a Caipirinha tem seu próprio festival na cidade de Curitiba: o CaipiFest. Promovido pelo Bar Quermesse, um dos mais tradicionais da capital paranaense, o evento terá sua 3ª edição nesta semana, entre os dias 11 e 16 de janeiro. Durante seis dias, o público poderá saborear versões clássicas e releituras originais, com cachaça ou vodka, por apenas R$ 15 cada unidade.

Entre as versões sobre sua origem, o Instituto Brasileiro da Cachaça conta que a receita original da caipirinha era receitada no combate a gripes, por causa do limão, incluindo o surto de Gripe Espanhola de 1918. Dizem que era muito popular no interior, por isso o nome “caipirinha”. Inicialmente feita com mel, acabou recebendo o açúcar, que vivia grande expansão no mercado brasileiro.

Divulgação

Resgatando essa tradição, uma das principais pedidas do Quermesse é a Caipirinha Três Limões. Na receita, o preparo recebe as variedades tahiti, siciliano e caipira combinadas a cravo e açúcar. Outra versão de sabor bem marcante é a Manga Rosa, de manga com pimenta. Para as pessoas de paladar mais leve, a Caipilé é a caipirinha de morango servida com um picolé de leite condensado. Versões mais tradicionais também fazem parte do evento, como a caipirinha de limão tahiti e a de uva (um sucesso da casa). Para completar o menu, a 3ª edição do festival terá um lançamento especial: a caipirinha de abacaxi com gengibre e melaço de cana.

O Bar Quermesse tem variadas dicas de petiscos e pratos cara acompanhar a programação do Caipifest, com uma gastronomia focada em culinária regional de boteco. O Torresmo de rolo é um dos mais pedidos, assim como as três versões de Carne de Onça (tradicional, carne de onça japonesa ou no canudinho crocante). Opções individuais, como o Pão com bolinho e o Choripan, são outras saborosas escolhas.

O Bar Quermesse fica na Rua Carlos Pioli (nº 513), no bairro Bom Retiro. A casa funciona de terça a sexta, das 17h às 23h, e aos sábados e domingos, das 11h30 às 23h. Mais informações no perfil oficial do empreendimento no Instagram (@barquermesse) ou pelo telefone (41) 3026-6676.

Churrasco e rock embalam novo restobar de Curitiba

O The Weknd alia boa música e saborosa gastronomia com destaque para carnes assadas ao estilo de parrilha, com acompanhamentos

 Os amantes de churrasco têm um novo endereço para curtir momentos agradáveis na cidade de Curitiba: o restobar The Weknd. A casa recém-inaugurada, que funciona no bairro Cristo Rei, combina o melhor do churrasco preparado na parrilla e rock n´roll, tudo harmonizado com drinks e cervejas especiais. Popularizado na argentina, o estilo de preparo da carne dá um aroma e sabor muito peculiar aos cortes, que no The Weknd podem levar dois acompanhamentos.

No menu, famosos cortes de carnes vermelhas são servidos em porções de 300 gramas, como Ancho (ou filé de costela) a R$ 45, Picanha a R$ 69, Alcatra a R$ 39, Assado de Tira (retirado das costelas dianteiras) a R$ 34. O clássico T-bone é apresentado em peça de 500 gramas e sai por R$ 59. Quem busca corte suíno encontra a Copa Lombo, com 300 gramas saindo a R$ 29. Dois tipos de linguiça ainda figuram entre as pedidas: a Linguiça de Pernil (R$ 25) e a Tipo Cuiabana, linguiça de pernil recheada com queijo, que custa R$ 27.

Os acompanhamentos disponíveis para as carnes vão dos clássicos de churrasco até molhos especiais. Há vinagrete, salada de tomate e cebola, salada de alface com croutons, farofa temperada, maionese, maionese agridoce (com maçã e uva passa), molho Chimichurri e molho de hortelã.

Outros preparos na parrilla completam as pedidas da casa, incluindo legumes servidos com molho chimichurri (R$ 15), pupunha assada (R$ 29) e pão de alho (duas unidades a R$ 15). Além dos destaques do menu, o The Weknd conta ainda com porções ideais para dividir, hambúrgueres na brasa, sobremesas, drinks e cervejas.

Rock e Gastronomia

O The Weknd nasceu para aliar música ao vivo, com uma programação de terça a domingo, e churrasco completo em um só ambiente. Com capacidade para cerca de 200 pessoas, o espaço é dedicado ao rock, seja com bandas covers de clássicos, de rock independente e discotecagens que celebram o estilo.

O The Weknd funciona de terça a sexta-feira, das 17h às 01h, e aos sábados e domingos, das 15h às 01h. O espaço está localizado na Av. Nossa Senhora da Penha, 148, no bairro Cristo Rei. Mais informações no perfil oficial do bar no Instagram (@thewekndcwb).