UFPR será responsável pelo projeto de estações-tubo geradoras de energia solar em Curitiba

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) será a responsável pelo projeto que vai testar duas tecnologias para geração de energia solar nas estações-tubo de Curitiba a partir de módulos solares orgânicos. A instituição vai acompanhar a aquisição, a instalação e a eficiência energética das células e validar a melhor opção a ser adotada pela cidade. A ideia surgiu depois de um estudo de doutorado conduzido na universidade.

A geração de energia nos pontos de ônibus conhecidos como estações-tubo vai transformar a energia solar em corrente elétrica. Para isto, serão instalados painéis flexíveis e leves, os OPVs (Organic Photovoltaics), filmes fotovoltaicos orgânicos. Os OPVs são materiais novos, feitos com polímeros e diferentes dos painéis solares rígidos comumente utilizados neste tipo de processo, feitos de silício.

“A superfície do telhado das duas estações-tubo serão adesivadas com vários painéis de OPVs, conectados em paralelo e posteriormente a um inversor.  A energia gerada será usada para o consumo da própria estação, com a abertura e fechamento das portas, elevador, iluminação e pontos de carga USB para celulares”, detalha a professora Lucimara Stolz Roman, coordenadora do projeto na UFPR.

A energia convertida pelos módulos solares vai ser usada para a iluminação, funcionamento da catraca e das portas automáticas das estações. Quando a energia gerada for maior que a utilizada, ela será distribuída para a rede. Ao final do processo, a ideia é realizar um projeto em outras estações-tubo e corredores de transporte – entre eles o Leste-Oeste, projetado para operar com veículos elétricos.

Pesquisa

O projeto começou com a tese de doutorado de Anna Gabriela Tempesta, com supervisão da professora Lucimara, no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciências dos Materiais. “O interesse em instalar módulos solares orgânicos nas estações-tubo se deu pelo fato de as estações terem uma superfície cilíndrica. Instalar módulos solares de silício alteraria o design, já que a camada ativa desses módulos tem superfície rígida. (…) Uma vez que foram instalados os módulos solares, foi monitorada a eficiência ao longo de dois anos e meio. Esse monitoramento incluiu medição de corrente versus tensão, medições de temperatura e acompanhamento da umidade do ar. Além da análise de desempenho dos módulos solares, foi realizado também um estudo de efeito da poeira na eficiência dos módulos”, detalha Anna.

O projeto de geração de energia solar nas estações-tubo surgiu depois de um estudo de doutorado conduzido na UFPR. Foto: Thalita Canabarra dos Santos.

A UFPR – por meio do Grupo de Dispositivos Nanoestruturados (DiNE), do Departamento de Física – propôs para o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) uma inovação para as estações-tubo de Curitiba, com a instalação das células solares orgânicas, que não alteram a estrutura e arquitetura do tubo. “A UFPR recebeu uma estação-tubo para efetuar suas pesquisas e seguir com a prova de conceito. A estação foi instalada no Centro Politécnico. Na sequência, foram acopladas as células solares orgânicas recebidas por doação de uma empresa. O laboratório DiNE fez toda instalação elétrica e off-grid (quando a energia gerada é direcionada para baterias estacionarias, diferente do projeto atual que a energia irá para a rede elétrica e será imediatamente usada) e avaliou os pontos fortes e fracos da tecnologia”, relembra a professora Lucimara.

Cronograma

O cronograma do trabalho começou em dezembro do ano passado e vai durar 13 meses. Os primeiros passos são a compra das células solares, a contratação da equipe e os processos de licitação para contratação da empresa que vai realizar a instalação elétrica e a instalação dos painéis.

Os testes serão realizados nas duas estações-tubo Itajubá (sentido centro e sentido bairro), na Avenida República Argentina, em Curitiba, por meio de um contrato entre a UFPR e o Ippuc. A instalação deve ocorrer entre março e abril deste ano.

Equipe UFPR

A equipe da UFPR é composta pela professora Luciamara, pela física e analista em Ciência e Tecnologia, Anna Gabriela Tempesta, por um aluno de pós-doutorado e por um estagiário.

“A equipe será responsável pelas visitas frequentes de acompanhamento nas estações-tubo para avaliação das propriedades elétricas e validação das instalações. Aliado ao cronograma técnico, a equipe fará um trabalho de divulgação científica sobre o uso de painéis fotovoltaicos, suas propriedades e diferentes materiais associados a essa tecnologia de energia limpa”, finaliza a professora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1º Festival de Jägermeister de Curitiba terá drinks exclusivos com preços a partir de R$ 15

O evento, promovido pelo restobar The Weknd em parceria com a marca alemã, será realizado entre os dias 21 de janeiro e 4 de fevereiro, com seis opções de coquetéis

O Jägermeister, um dos destilados mais famosos do planeta, ganhará um evento especial na capital paranaense. Entre os dias 21 de janeiro e 04 de fevereiro, o restobar The Weknd, em parceria com a marca alemã, vai promover o 1° Festival de Jägermeister de Curitiba, que contará com seis drinks exclusivos com preços a partir de R$ 15.

Elaborado com 56 ervas, raízes e temperos, o Jägermeister já é saboroso puro. Prova disso é o Shot Jäger, um grande sucesso mundial, que no festival custará R$ 15. Outra pedida no formato será o Shot Jäger Weknd, preparado com o destilado, xarope de maracujá e espuma de gengibre (R$ 15). Para quem gosta de coquetéis clássicos, uma ótima opção será a releitura do famoso Negroni, o Negroni Jäger, que combina gim e Ramazzoti com a bebida estrela do evento (R$ 25).

Divulgação

Para quem busca uma opção mais refrescante, com a cara do verão, o Jägersummer será uma ótima pedida: Jägermeister com limão tahiti e tônica (R$ 25). Outro coquetel interessante para os dias mais quente será o Jägermatte, preparado com o destilado combinado a suco de limão e chá mate (R$ 25). Para fechar o menu, o clássico Jägerbomb, que alia Jägermeister com energético Red Bull (R$ 25).

Rock e Gastronomia

Inaugurado no último mês de novembro, o The Weknd surgiu para aliar música ao vivo, drinks, cervejas especiais e churrasco completo em um só ambiente. Com capacidade para cerca de 200 pessoas, o espaço é dedicado ao rock, seja com bandas covers de clássicos, de rock independente e discotecagens que celebram o estilo.

O 1° Festival de Jägermeister de Curitiba será realizado entre os dias 21 de janeiro a 04 de fevereiro, no The Weknd (Av. Nossa Senhora da Penha, 148), no bairro Cristo Rei. O restobar funciona de terça-feira a domingo, das 18h às 01h. Mais informações no perfil oficial do bar no Instagram (@thewekndcwb).

Teatro da Vila terá oficina de teatro para crianças e adolescentes

Que tal aproveitar as férias para fazer uma oficina de teatro? O encontro para crianças e adolescentes de 10 a 18 anos, será feito no novo espaço cultural, o Teatro da Vila, na CIC, nas tardes dos dias 26 a 28 de janeiro. As inscrições são gratuitas e estão abertas no espaço, de terça a domingo das 9h às 18h.

A oficina Jogos Teatrais como estímulos na formação de leitores será conduzida pelo arte-educador Victor Carlim. Com alegria e diversão, serão ensinadas técnicas de cena que estimulam a integração com os outros, consigo mesmo e com o universo de histórias clássicas, repleto de reflexões sobre natureza, vida e paixões.

Jogos teatrais, trechos de textos literários e processos criativos de construção de história serão os principais conteúdos trabalhados. A intenção é proporcionar uma nova percepção do público sobre como as histórias criam o que vemos no mundo e abrir os olhares para diferentes culturas.

Facilitador

Mestrando em Artes, Victor Carlim é ator e professor de artes. Com ênfase em teatro, em exercício desde 2012, estuda as relações de teatro, improviso e comédia desde 2015. Possui sua pesquisa e experiência voltada para a comédia,inserções de outras linguagens no trabalho do ator e modalidades de mediação artística para o espectador contemporâneo. Em meio a isso, estuda e desenvolve projetos de arte-educação e roteiros cinematográficos de forma independente.

Serviço:

Oficina gratuita de teatro
Jogos teatrais como estímulos na formação de leitores
de 26 a 28 de janeiro, 14h às 17h

Inscrições:
É grátis!
Bilheteria do Teatro da Vila: de terça a domingo das 9h às 18h.
Local: R. Davi Xavier da Silva, 451 – Cidade Industrial de Curitiba