UFPR cria testes rápidos para covid-19, que custam R$ 5 e R$10

Desenvolvidas no Laboratório de Microbiologia Molecular da UFPR Litoral, duas tecnologias que podem substituir o fator que mais pesa no custo nos testes imunológicos para a Covid-19 — os antígenos virais, hoje importados — estão em oferta tecnológica via Agência de Inovação da Universidade Federal do Paraná (UFPR). As tecnologias viabilizam alternativas nacionais aos testes imunológicos, em geral comerciais, que atestam a presença do vírus no organismo por meio dos anticorpos que o corpo produz ao reagir ao microrganismo. Isso ocorre de sete a dez dias depois do contágio.

A proposta das ofertas tecnológicas é criar parcerias com empresas a fim de colocar no mercado kits de diagnóstico para uso laboratorial capazes de constatar o coronavírus por meio de uma gota de sangue. Uma das inovações propõe metodologia nova para um diagnóstico rápido, em 15 minutos, cujo kit teria custo de produção estimado em R$ 10. A outra é uma adaptação para um teste imunológico tradicional, o Elisa (Enzyme-Linked Immunosorbent Assay), que sairia ainda mais barato, cerca de R$ 5.

Na foto, a mudança de coloração que atesta a presenta de anticorpos do coronavírus no corpo. Fotos: Divulgação/Secom-UFPR

“A parceria com empresa permitiria que os kits chegassem a um número maior de pessoas, já que os testes são necessários para o enfrentamento da pandemia no Brasil. A universidade não tem capacidade de produzir kits em larga escala, comercializá-los e nem registrá-los nos órgãos sanitários, porque apenas empresas podem fazer isso”, afirma o professor Luciano Fernandes Huergos, que coordena o laboratório.

Antígenos brasileiros

O laboratório já obteve a produção sintética e em escala dos antígenos, as proteínas usadas para detectar os anticorpos relacionados ao vírus. Foram separadas duas entre as que mais causam reações no sistema imunológico humano. A produção nacional poderia reduzir o custo desse insumo do diagnóstico laboratorial em até cinco vezes, considerando a ausência de câmbio e taxas de importação.

No método novo, cuja oferta tecnológica está disponível até o dia 30, a parte líquida do sangue (soro) é separada e depois incubada com os antígenos de produção nacional e, mais à frente, exposta a um líquido revelador que aponta a presença de anticorpos por meio da mudança de cor. O resultado fica disponível em 15 minutos. Nesse tempo, é possível fazer simultaneamente de dez a 15 testes.

O professor Luciano Huergo e o bolsista de iniciação científica Marcelo Conzentino no Laboratório de Microbiologia Molecular da UFPR Litoral. Fotos: Divulgação

Com isso, a estimativa é que o kit diagnóstico custaria cerca de R$ 10 para ser produzido. Atualmente um kit do tipo é vendido por R$ 90 pelos fabricantes aos laboratórios. A outra opção de testes disponível no Brasil é do tipo RT-PCR, que detecta vestígios genéticos do vírus e é o adotado pelos laboratórios públicos, que têm expertise já sólido no Brasil.

Potencial

Além da redução de custos, a nova tecnologia mostrou capacidade de aumento de precisão. Isso ocorre por meio de uma inovação fundamentada em nanobiopartículas desenvolvidas especificamente para o diagnóstico do coronavírus. Essas partículas ficam dentro de microesferas revestidas de antígeno e, em contato com a amostra de sangue e dentro do processo, tornam o diagnóstico mais preciso.

Segundo Huergo, o sistema permite reduzir os casos de falsos positivos. “Não encontramos no mercado produto similar que seja capaz de detectar dois antígenos com tanta rapidez, escalabilidade e preço. O fato de as proteínas estarem em solução e não fixadas em um substrato seco, como nos testes imunológicos tradicionais, reduz o número de falsos positivos. Além disso, o uso de nanopartículas e de reagentes cromogênios especiais aumenta a sensibilidade de detecção do nosso método”.

Aprimoramento

O laboratório também disponibilizou outra oferta tecnológica de kit diagnóstico para a Covid-19, dessa vez uma adaptação de um teste imunológico tradicional, o Elisa. A capacidade de processamento é de até 96 amostras ao mesmo tempo, com resultado em quatro horas e possibilidade de automatizar o processo.

Outra vantagem do novo Elisa é o custo ainda menor na fábrica, cerca de metade do teste com nanobiopartículas. A explicação para isso é que a análise tradicional também pode fazer uso do antígeno nacional desenvolvido na UFPR Litoral, e ainda possibilita alta escala e automatização. A tecnologia de adequação do método ELISA para diagnóstico de Covid-19 também está disponível para oferta tecnológica. O prazo se encerra em 3 de julho.

Huergo ressalta que os testes baratos e que podem ser feitos em grande escala são importantes para o controle da pandemia, uma vez que permitem conhecer o tamanho da população infectada. “Estamos falando em testar milhões de pessoas, então o preço é muito relevante”.

VIA: UFPR (Colaborou Aline Gonçalves, da Secom/UFPR Litoral)

Casa Eliseu Voronkoff reúne artes visuais e música na próxima sexta-feira

Carioca, nascida em 1961, Clara Luhm é uma adoradora das artes desde pequena. Pesquisa, estuda e experimenta muitas técnicas. A mãe estudou na faculdade de Belas Artes no Rio de Janeiro, com Poty Lazarotto, o que iniciou seu interesse pelas artes. Estudou com Andrade Lima (desenho e pintura); Fernando Calderari e Elvo Benito (gravura em metal, litogravura e xilogravura); Maria de Lourdes Zanelatto (aquarela e acrílico aquarelado); Ana Muller (aquarela); casa Alfredo Andersen (desenho).
Participou de exposições com obra premiada na Câmara Municipal de Curitiba, Casa Alfredo Andersen, ABO e Solar do Rosário, entre outros espaços.

A música ficará por conta do Grupo Vocal Curitibôcas, do qual Caita e Ana Paula Frazão, gestora da Casa Eliseu Voronkoff são integrantes. O grupo é formado por 16 participantes, que atuam em diferentes profissões. Sob a regência de Dirceu Saggin, o Curitibôcas, que estreou em 1998, tem seu repertório voltado para a Música Popular Brasileira e realiza um encontro de timbres variados e um diálogo musical, conferindo ao trabalho uma sonoridade única com esmero e acuidade das vozes. E já realizou inúmeros shows e apresentações, inclusive fora do país, tendo se apresentado na Argentina e em Portugal.

O evento será gratuito. A Casa Eliseu Voronkoff fica na Rua Julieta Vidal Ozório, 413 Centro Araucária.

Serviço:

Abertura da Exposição O Mundo em Cores e Luzes, de Caita Luhm, com a participação do Grupo Vocal Curitibôcas.

12 de agosto de 2022, 19h

Casa Eliseu Voronkoff – Rua Julieta Vidal Ozório, 413 Centro Araucária.

Evento Gratuito

Informações: 41 3031 5355 – 41 99850 6246

Shopping da RMC levará um cliente e acompanhante para assistir a Copa no Catar

Catar

O Mundial de futebol no Catar será um evento único e o Shopping São José preparou uma promoção exclusiva para os seus clientes. Durante os meses de agosto e setembro, quem comprar nas lojas do shopping, poderá concorrer a uma oportunidade de viver essa experiência ao vivo. A ação, pensada para o Dia dos Pais e aniversário do empreendimento, acontece entre 05 de agosto e 25 de setembro.

A cada R$200 reais em compras, o cliente tem direito a um cupom que deve ser retirado no posto de autoatendimento localizado no Piso L2 e depositado na urna do posto de trocas até o dia 25 de setembro. As notas fiscais são cumulativas, portanto as compras podem ser realizadas em lojas diferentes. O sorteio acontecerá no dia 26 de setembro.

“Para os meses de agosto e setembro decidimos trabalhar com uma campanha maior, que terá duração de 52 dias. O objetivo é surpreender o nosso público e cativar a atenção de novos clientes”, afirma Talita Schueroff Dallmann, gerente de marketing do Shopping São José.

Neste ano, além das 133 lojas participantes, quatro cervejarias são-joseenses serão patrocinadoras da promoção: Nut Bier, Ol Beer, Will Brewery CO. e Remenbier. Elas estarão em um espaço especial no piso L2, comercializando cervejas de garrafa e chopps artesanais. “Além de estarem dentro da promoção, é uma ótima opção para que nossos visitantes conheçam estes rótulos locais”, comenta Talita.

Além dos ingressos, o prêmio engloba o pacote Match Hospitality (programa oficial do evento). Nele estão inclusas as passagens de ida e volta na categoria econômica, a estadia de 4 noites em um hotel 5 estrelas, bem como a participação no evento “Macth Day”, transporte e o acompanhamento de guias brasileiros.

Serviço

Campanha: Shopping São José leva você ao Catar

Período de compras para participação: 05/08 a 25/09

Sorteios: 26 de setembro

Para participar: A cada R$200 em compras, o cliente troca por um cupom para concorrer 1 (uma) viagem com acompanhante para assistir o Mundial de Futebol no Catar

Mais informações: www.shoppingsaojose.com.br