UFPR coordena estudo sobre Covid-19 em pets; equipe recruta animais com tutores que testaram positivo

Este será o primeiro estudo do gênero em um país tropical, já que algo semelhante só foi desenvolvido na Itália

Um projeto de pesquisa coordenado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) vai avaliar cerca de mil animais com tutores que testaram positivo para covid-19. A ideia é avaliar os riscos de transmissão homem-animal no Brasil.

Este será o primeiro estudo do gênero em um país tropical, já que algo semelhante só foi desenvolvido na Itália. A equipe procura voluntários – animais cujos tutores testaram positivo para o coronavírus. Informações e contato podem ser feitos pelo e-mail COVID19@ufpr.br.

Cinco capitais

A pesquisa, financiada pelo CNPq e Ministério da Saúde, será realizada em Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), Recife (PE) e São Paulo (SP). Serão dois momentos de avaliação, com amostras biológicas coletadas com intervalo médio de sete dias, entre animais cujo tutor esteja em isolamento domiciliar, com diagnóstico laboratorial confirmado por RT-qPCR ou resposta imunológica apenas por IgM.

De acordo com o coordenador da pesquisa, professor Alexander Biondo, do Departamento de Medicina Veterinária da UFPR, em Curitiba uma equipe de pesquisadores fará a coleta à domicílio. Caso necessário, o trabalho também poderá ser feito no Hospital Veterinário. “Se possível, também coletaremos sangue para realizar a sorologia”, explica, reforçando que “o estudo pode dar resposta definitiva sobre a susceptibilidade e o papel de cães e gatos como reservatórios do vírus”.

Os resultados dos testes serão o mais brevemente possível informados aos tutores ou familiares através de contato telefônico e pela emissão de laudo eletrônico, que será enviado por e-mail ou aplicativo de comunicação. Em caso positivo, de acordo com ele, os demais animais da residência também serão testados em pool por espécie. Além disso, os familiares serão orientados a estabelecer o acompanhamento veterinário por 14 dias, intensificando medidas de higiene e proteção individual e coletiva.

Prevenção

A pesquisa pretende contribuir para a tomada de decisão pelo poder público quanto a medidas de prevenção e controle de COVID-19 em animais de estimação. “Espera-se estabelecer propostas de ações intersetoriais entre as instituições de pesquisa e as secretarias municipais de saúde, para que essas, por meio de ações integradas entre a Vigilância Ambiental e a Atenção Primária à Saúde, possam estabelecer fluxogramas internos de atenção à saúde animal e proteção à saúde humana”.

Segundo Biondo, a pesquisa realizada na Itália trabalhou com uma amostra de 817 animais. Nenhum foi positivo no PCR, mas 3.4% dos cães e 3.9% dos gatos apresentaram anticorpos contra o SARS-CoV-2. “Até o final de 2020, esperamos ter em torno de mil amostras nas cinco capitais estaduais”. A definição do número amostral levará em conta o total de indivíduos positivos no trimestre anterior à coleta, considerando aproximadamente 10% do total de casos em humanos.

O professor comenta que não há, até o momento, uma rede de colaboração de enfrentamento à SARS-CoV-2 cujo enfoque seja em Saúde Única e na promoção de ações voltadas aos animais de companhia. Para participar da pesquisa, os tutores ou familiares voluntários receberão o termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE) e um questionário de tele-vigilância. O objetivo é determinar as características ambientais e outros fatores associados à infecção nos animais.

Conforme Biondo, o projeto ainda proporcionará a expansão de colaborações interinstitucionais, envolvendo diferentes universidades brasileiras e instituições internacionais que já vinham sendo fortalecidas na Rede One Health Brasil (OHB). Entre os participantes, estão o Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães – FIOCRUZ Recife, a Universidade de São Paulo e o setor de diagnóstico molecular do Laboratório TECSA/MG, com estrutura certificada necessária para o diagnóstico RT-qPCR. No âmbito internacional, a colaboração envolve a London School of Hygiene and Tropical Medicine-LSHTM, a University of London e a Purdue University, USA. Além disso, há o compromisso de parceria com as Secretarias Municipais de Saúde.

Informação Banda B.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde convoca gestantes para antecipação da 2ª dose

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) está convocando gestantes para antecipação da segunda dose da vacina anticovid na próxima terça-feira (21/9). Devem voltar aos pontos de vacinação para concluir a imunização as gestantes que receberam a primeira aplicação da Pfizer entre os dias 26 de junho a 27 de agosto.

Inicialmente, o retorno para receber a segunda dose deste grupo estava programado para acontecer em 22 de setembro até 19 de novembro. O grupo está sendo convocado por mensagem pelo aplicativo Saúde Já, que deverá ser apresentada na hora da vacinação.

Ao todo, 1.722 mil mulheres terão a segunda dose antecipada na próxima terça-feira (21/9). O atendimento será feito em 18 pontos de vacinação abertos das 8h às 17h (lista abaixo).

Prevenção da morte materna

O adiantamento das doses para gestantes considera a importância da vacinação contra covid-19 na prevenção da morte materna, baseada em recomendações científicas. A antecipação acontece para garantir que o ciclo completo da imunização destas mulheres aconteça antes do parto.  

Dados do observatório obstétrico nacional mostram que no Brasil gestantes e puérperas representam 1% do internamento de covid-19. Dos 1.727.854 mil internados, elas são 17.264. O estudo aponta ainda um aumento na morte materna por covid-19 neste ano. Em 2020 a média nacional era de 12 óbitos por semana e em 2021 subiu para 41 óbitos maternos por semana, isso evidencia a importância da imunização deste grupo

Quem pode receber a antecipação da 2ª dose na terça-feira

– Gestantes que receberam a primeira aplicação entre os dias 26 de junho a 27 de agosto


Locais de vacinação

Das 8h às 17h


1 – US Ouvidor Pardinho

Rua 24 de Maio, 807 – Praça Ouvidor Pardinho

2 – Centro de Referência, esportes e atividade física

Rua Augusto de Mari, 2.150 – Guaíra

3 – US Salvador Allende

Rua Celeste Tortato Gabardo, 1.712 – Sítio Cercado

4 – US Parigot de Souza

Rua João Eloy de Souza, 111 – Sítio Cercado

5 – US Vila Diana

Rua René Descartes, 537 – Abranches

6 – Centro de Esporte e Lazer Avelino Vieira

Rua Guilherme Ihlenfeldt, 233 – Bacacheri

7 – US Jardim Paranaense

Rua Pedro Nabosne, 57 – Alto Boqueirão

8 – US Visitação

Rua Dr. Bley Zornig, 3136 – Boqueirão

9 – US Camargo

Rua Pedro Violani, 364 – Cajuru

10 – US Uberaba

Rua Cap. Leônidas Marques, 1392 – Uberaba

11 – Clube da Gente CIC

Rua Hilda Cadilhe de Oliveira, nº 700

12 – US Oswaldo Cruz

Rua Pedro Gusso, 3749 – Cidade Industrial

13 – US Vila Feliz

Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo

14 – US Aurora

Rua Theofhilo Mansur, 500 – Novo Mundo

15 – US Pinheiros

Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 – Santa Felicidade

16 – US Orleans

Av. Ver. Toaldo Túlio, 4.577 – Orleans

17 – Rua da Cidadania do Tatuquara

Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n

18 – Rua da Cidadania do Fazendinha

Rua Carlos Klemtz, 1.700

Grupo Risotolândia, em Araucária, anuncia 150 novas vagas de emprego

O avanço da vacinação e o alívio das medidas de restrição frente à pandemia da COVID-19 já reflete na economia. A retomada do mercado faz crescer a oferta de empregos ao redor do Brasil. Aqui no Paraná, o Grupo Risotolândia (especializado em refeições coletivas) acaba de anunciar 150 novas oportunidades para sua matriz, em Araucária. Nos próximos meses, ainda mais vagas serão abertas devido à expansão do Grupo para novos negócios.

As vagas são para auxiliares de cozinha e auxiliares de higienização, para os três turnos de trabalho. O Grupo anunciou que também vai fazer contratações para primeiro emprego e profissionais com mais de 50 anos.

Benefícios: ambiente de aprendizagem, com formação profissional gratuita, Universidade Corporativa, parceria com universidades e escolas de idiomas; alimentação no local de trabalho, vale alimentação, vale transporte, estacionamento gratuito, pagamento de bônus, premiação por tempo de casa, seguro de vida, seguro funeral, plano de saúde, plano odontológico, kit maternidade, convênio com farmácia e para compra de material de construção; para vagas noturnas, adicional noturno de 30%.

SERVIÇO

Os interessados devem comparecer na seda da empresa, em Araucária, com documentação pessoal (CPF, RG, CTPS, Título de Eleitor) nos dias 20 e 21/09 às 14h00.

Endereço: R. Luís Franceschi, 657 – Thomaz Coelho, 

Site: www.risotolandia.com.br