Trincheira da Linha Verde começa a receber tirantes; previsão é de que a obra seja concluída em junho

A trincheira que liga as ruas Fúlvio José Alice, no Bairro Alto, e Amazonas de Souza Azevedo, no Bacacheri, começou a receber nesta quarta-feira (17/2) os tirantes, peças metálicas que darão estabilidade às paredes e laje da nova estrutura viária da Linha Verde. A previsão da Secretaria Municipal de Obras Públicas, responsável pela supervisão dos serviços, é de que a obra seja concluída em junho.

O trecho compreende o Lote 3.2 da Linha Verde e o trabalho está sendo executado pela TCE Engenharia Ltda., que sagrou-se vencedora do processo licitatório para realização do saldo remanescente da obra. Além da trincheira, serão feitos serviços de pavimentação na própria Linha Verde e nos acessos laterais à nova estrutura viária. 

Trincheira que liga as ruas Fúlvio José Alice, no Bairro Alto, e Amazonas de Souza Azevedo, no Bacacheri, começa a receber tirantes, peças metálicas que darão estabilidade às paredes e laje da nova estrutura viária da Linha Verde. Curitiba.17/02/2020. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

De acordo com o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, o processo de escavação da trincheira está avançado e já é possível enxergar de lado a outro da estrutura. 

“Estamos com uma rotina intensa, com frentes de trabalho nos dois lados das pistas da Linha Verde. Do lado do Bairro Alto, estamos preparando a construção do guarda-corpo. No lado Bacacheri, além dos tirantes, os próximos passos incluem a finalização da laje e das paredes laterais”, disse Rodrigo Rodrigues. 

Na etapa final da obra, será feita a base para receber o pavimento que interligará as ruas Fúlvio José Alice e Amazonas de Souza Azevedo. Serão duas faixas de rolamento em asfalto para o tráfego de veículos, uma pequena calçada de emergência e uma passarela metálica para atender os pedestres.   

Trincheira que liga as ruas Fúlvio José Alice, no Bairro Alto, e Amazonas de Souza Azevedo, no Bacacheri, começa a receber tirantes, peças metálicas que darão estabilidade às paredes e laje da nova estrutura viária da Linha Verde. Curitiba.17/02/2020. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

Histórico do Lote 3.2

As obras começaram em outubro de 2016. A trincheira já deveria estar servindo aos motoristas que trafegam pela região desde setembro de 2017, de acordo com o pactuado inicialmente em contrato. 

Porém, 74,98% da obra foi concluída no lado da Rua Fúlvio José Alice. Seis aditivos de prazo foram concedidos à empresa que executava os serviços, com a finalização prevista para julho de 2019. O trabalho não foi finalizado mesmo com o prazo ampliado em cerca de 700 dias e o contrato foi rompido em agosto de 2019.

Após a rescisão contratual, foi realizado um levantamento técnico e criterioso do saldo remanescente da obra e, em seguida apresentado ao agente financiador da intervenção urbana. Vencida essa fase, lançou-se a licitação para contratar a empresa que terminaria o serviço e, como a TCE Engenharia Ltda. apresentou as melhores condições, passou a executar a obra em agosto de 2020. 

Durante os mais de dois anos de obras no Lote 3.2, a Secretaria Municipal de Obras Públicas emitiu 21 notificações contra a construtora. Os avisos legais foram motivados pela não execução de frentes de trabalho liberadas, atrasos no cronograma de execução e, por fim, pelo total abandono dos serviços, inclusive marcado pela ausência de funcionários e retirada de materiais e equipamentos do local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Foragido da Justiça é preso na fila de vacinação do Pavilhão da Cura do Barigui

Nesta quinta-feira (22/07), um homem foragido da Justiça foi preso na fila de vacinação do Pavilhão da Cura do Parque Barigui.

Guardas municipais viram o rapaz tumultuando a fila e foram até ele, que se mostrou bastante nervoso e dizia querer se vacinar o mais rápido possível.

O homem estava sem documentos, mas depois de os guardas municipais levantarem seus dados, foi constatado que tratava-se de um foragido da Justiça com um mandado de prisão em aberto. O suspeito de 45 anos já tinha passagens por dano qualificado, roubo e injúria racial.

Foragido da Justiça é preso fila de vacinação do Pavilhão da Cura do Parque Barigui. Foto: Divulgação

Como não tinha documentos, o suspeito não recebeu a vacina e foi conduzido para a Divisão de Vigilância e Capturas, no Centro.

Starbucks anuncia novas unidades nos shoppings Palladium e Jockey Plaza

A Starbucks, em parceria com o Grupo Tleca, anunciou mais duas novas unidades em Curitiba, nos shoppings Palladium e Jockey Plaza.

“Estamos entusiasmados com a chegada da Starbucks ao Paraná e para uma cidade tão moderna e charmosa como Curitiba.  Estamos confiantes de que nossas lojas serão um ambiente acolhedor, onde nossos clientes curitibanos poderão se conectar com amigos e familiares, enquanto tomam uma xícara de café”, celebra Claudia Malaguerra, diretora geral da Starbucks no Brasil.

As obras no Shopping Palladium já foram iniciadas. Já no Jockey Plaza, o projeto arquitetônico ainda está em desenvolvimento.