Tradicional Maria Fumaça volta a circular pelas cidades do Paraná; a partir do dia 21 de novembro

A partir do dia 21 de novembro, a histórica Maria Fumaça vai voltar a circular diariamente entre as cidades de Morretes e Antonina, no litoral do estado. A iniciativa é da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) e a comercialização dos ingressos será feita por meio da Serra Verde Express, operadora do trem que liga Curitiba a Morretes. 

A locomotiva voltou a funcionar depois de 30 anos sem operar regularmente. As viagens entre Morretes e Antonina acontecerão ao longo de todo o ano, com duração de cerca de 60 minutos. As compras podem ser feitas diretamente no site ou diretamente na bilheteria da estação, o agendamento deve ser feito com 7 dias de antecedência. 

Foto: Divulgação

A Serra Verde Express, oferece diversos pacotes de passeios, como viagens de Curitiba para Morretes. Já a Maria Fumaça é conhecida entre os curitibanos, por circular na cidade durante o Natal e se tornou um dos mais esperados atrativos natalinos da cidade. 

Serviço

Maria Fumaça – passeio de trem no litoral

Quando: diariamente 

Ingressos: site

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curitiba Jazz Festival leva música, arte e gastronomia à Pedreira Paulo Leminski

Um dos principais eventos da cena musical curitibana e um dos maiores festivais de jazz do Sul do Brasil promete agitar Curitiba nos dias 17 e 18 de dezembro. Pela primeira vez, o Curitiba Jazz Festival será na Pedreira Paulo Leminski, com uma estrutura diferenciada para levar muita música, arte e gastronomia ao público. A entrada é gratuita, com programação no sábado (17) a partir das 11 horas e no domingo (18), das 10 horas às 20 horas. A capacidade de público é limitada, por isso a recomendação é chegar cedo ao local.  

“Nos últimos anos, o festival foi na Praça Afonso Botelho, mas nesta edição buscamos inovar, em um local maior, próprio para grandes shows, para que todos possam aproveitar as apresentações, com música de qualidade em um ambiente seguro e cercado pela natureza”, afirma Fredy Ferreira, um dos organizadores do evento.

Entre as atrações da 6ª edição do Curitiba Jazz Festival estão grandes nomes do jazz nacional e reconhecidos internacionalmente como por exemplo o compositor, arranjador e multi-instrumentista Hermeto Pascoal. O alagoano, de 86 anos, é conhecido em todo o mundo por experimentar sons inusitados, mesclando ritmos regionais como o forró e o baião com o jazz americano. Participou de inúmeros festivais internacionais e, em 2018, ganhou o Grammy de Melhor Disco de Jazz Latino.

Pela segunda vez, o compositor e instrumentista Filó Machado sobe ao palco do Curitiba Jazz Festival. Ele já esteve no evento na edição de 2019, e é um dos principais nomes da música instrumental brasileira. Sua carreira tem projeção internacional, com muitos trabalhos no exterior e foi reconhecido como melhor autor/compositor pelo Prêmio Profissionais da Música de 2017.

Quem também se apresenta no palco do Curitiba Jazz Festival é a percussionista e baterista Simone Sou, ao lado de Oleg Fateev, acordeonista da Moldávia. A música instrumental dos artistas mistura arranjos eslavos e brasileiros em uma combinação única de sons.

Outra atração já confirmada é a banda ‘Francisco, El Hombre’, formada pelos irmãos mexicanos naturalizados brasileiros Sebastián e Mateo Piracés-Ugate. Misturando estilos da música latino-americana, o grupo foi indicado em 2017 ao Grammy Latino como melhor canção em língua portuguesa, pela música “Triste, Louca ou Má”.

E o Curitiba Jazz Festival também tem curitibanos no palco, como por exemplo o rapper Mano Cappu e a banda Mulamba. Formada somente por mulheres, a banda é conhecida por canções que falam do empoderamento feminino, combate à violência contra a mulher e ao machismo e sobre a igualdade de gênero, entre outros temas sociais.

Gastronomia e Economia Criativa

Com programação durante todo o dia e à noite, o Curitiba Jazz Festival traz opções de cultura e lazer para toda a família, com mais de 20 atrações gastronômicas, para agradar a todos os gostos, com hamburguer, churrasco, comida vegana, fish and chips, pizza, comidas de rua e muito mais, além de bebidas como vinhos, drinks e cervejas da Maniacs e Brooklyn Brewery. E as crianças também têm atenção especial no evento, com uma área kids desenvolvida especialmente para acolher os pequenos durante o festival.

Outra marca do Curitiba Jazz Festival é o tradicional Bazar de Economia Criativa, que reúne marcas autorais nos segmentos de moda, decoração, sustentabilidade e produtos naturais. “O festival tem essa característica de ser uma vitrine para produtos autorais da nossa região e tem se tornado um evento que valoriza a diversidade ao longo dos anos. Os produtos que estarão em exposição passaram por uma curadoria e ainda teremos uma feira de vinil no local”, destaca Valdemir Krause Junior, um dos organizadores do evento.

O Curitiba Jazz Festival faz parte do calendário oficial de eventos de Curitiba e já recebeu artistas renomados da cena musical nacional e internacional, como por exemplo, Flora Purim, Raul de Souza, Airto Moreira, Guinga, Bixiga 70 e Rosa Armorial.

Serviço: 6ª edição do Curitiba Jazz Festival

Data: 17 e 18 de dezembro

Local: Pedreira Paulo Leminski (Rua João Gava, 970 – Abranches)

Horário: Sábado – das 13h à 01h / Domingo – das 10h às 20h

Ingressos: entrada gratuita, sujeito à lotação do espaço

Classificação: livre

Programação Musical:

Sábado (17) – das 11 horas à 01 hora de domingo

Palco Curitiba Jazz Festival

13h – Priscila Nogueira, Jeff Sabbag e Markus Jaste

15h – Klüber

17h – Francisco, el Hombre

19h30 – Filó Machado Trio

21h30 – Mulamba

Palco Jazz and Beats

12h – Morenno Mongelos

16h – Noe Carvalho

18h30 – Marinonio Trio

20h30 – Vane Mrqs

22h45 – Morenno Mongelos

Domingo (18) – das 10 horas às 20 horas

Palco Curitiba Jazz Festival

11h – André Ribas

14h – Hermeto Pascoal

16h30 – Raíssa Fayet

18h30 – Marília Giller

Palco Jazz and Beats

15h30 – Simone Sou e Oleg Fateev

17h20 – Mano Cappu

Apoio: Fundo Nacional da Cultura, Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura de Curitiba, Santa-Produção, Oxigene Cultural, A Caiçara Cozinha Litorânea, A Caiçara Canto das Pedras, Pangea Narrativas Ilimitadas, Pedreira Paulo Leminski, Bristol Hotéis, Rádio Paraná Educativa FM e Rádio Mundo Livre FM. Patrocínio: Copel e Maniacs Brewing Co. Realização: Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania, Governo Federal. Projeto realizado com recursos do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura.

Banda Atom Pink Floyd apresenta o show “Coming Back to Life” nesta quinta em Curitiba

Um dos maiores tributos brasileiros a banda Pink Floyd chega a Curitiba. A banda Atom Pink Floyd apresenta nesta quinta-feira (01), no palco do Teatro Positivo, o show “Coming Back to Life”, primeiro tributo com projeções em 3D, promovendo ao público uma viagem imersiva pela história da lendária banda Pink Floyd.  No repertório, os fãs poderão reviver os grandes sucessos da banda britânica. Os ingressos estão à venda no site pelo site da Disk Ingressos, a partir de R$62,00 a meia entrada na Plateia F (Azul).
O público que for conferir esse grande evento vai viver uma experiência mais abrangente e grandiosa, pois receberão óculos 3D para contemplar a totalidade do espetáculo. “Tudo foi minuciosamente pensado para que as pessoas possam se sentir verdadeiramente em uma atmosfera que respira inteiramente o Pink Floyd”, comenta o vocalista e guitarrista Helinho Guimarães.

No repertório estarão todas as fases da banda, desde as experimentações psicodélicas dos anos de 60, passando pelo brilho megalomaníaco dos álbuns “The Dark Side of The Moon”, “Wish You Were Here”, “Animals” e “The Wall”, até a fase pós Roger Water.

Esse tributo promete envolver os espectadores. “Nossa ideia é que o público veja uma explosão de arte que vibra a cada nota, iluminando a obra de uma das bandas mais geniais de todos os tempos. Um show muito bem produzido e bem montado”, conta o vocalista.

Atom Pink Floyd

A banda é formada por Helinho Guimarães – vocal, violão, guitarra, direção musical; Rufino Silvério – vocal, teclados, synth; Paulo Victor – bateria; Renato Valente – baixo; Rodrigo D´Angelo – guitarrista; Mariana Roque, Thaís Coimbra e Raquel Carneiro – backing vocal.

Juntos desde 2012, com algumas mudanças na formação, os músicos da ATOM se conheceram de forma despretensiosa, em estúdios e eventos da capital, até que o gosto pelo conjunto britânico os aproximou, colocando em evidência a vontade de proporcionar ao público uma homenagem que fosse mais do que apenas musical: que conseguisse também recriar a experiência de estar em um show do Pink Floyd.

“Deu muito trabalho, foram dois anos produzindo o show pra poder colocá-lo na estrada com uma produção musical super detalhada, tentando reproduzir toda a tecnologia de show que do jeito que o Pink Floyd faria”, explica.

“Bandas como Pink Floyd, Queen, Beatles e Led Zepellin surgiram na época em momento único que permitiu essa existência e o crescimento delas. Depois disso, deixaram um certo vácuo porque nunca mais apareceu nada igual. O público que gosta delas, não tem nada parecido hoje, e, por isso, se mantem fiel ao que aconteceu lá atrás, é uma memória afetiva muito grande e forte que não teve renovação desse tipo. Por isso sempre vai ser um grande sucesso”, finaliza.

Serviço:
Curitiba recebe Banda Atom Pink Floyd com show  3D “Coming Back to Life”

Data: 01/12/2022 (quinta-feira)

Local: Teatro Positivo

Abertura: 19h / Hora de início: 20h

Classificação etária: 12 anos

Ingressos: a partir de R$62,00 a meia entrada na Plateia F (Azul).

Ponto de Venda: https://www.diskingressos.com.br/evento/196/01-12-2022/pr/curitiba/coming-back-to-life-atom-pink-floyd

Site: https://www.atompinkfloyd.com
Instagram: https://www.instagram.com/atomfloydtribute/