Shows completos de stand-up para você assistir na quarentena

Para aproveitar este isolamento que vivemos, nada melhor do que dar boas risadas, não é mesmo? Por isso separei 7 shows completos de stand up para você curtir nesta quarentena. Aproveite!

SHOW DE QUARENTENA – CURITIBA COMEDY CLUB

O Curitiba Comedy Club, 1º bar de comédia do Brasil, em seu aniversário de 10 anos, gravou um especial de comédia para a quarentena. São 10 comediantes aqui de Curitiba apresentando trechos de seus shows no palco do bar.

Parte 1

Parte 2

ALORINO

O comediante Alorino disponibilizou um show de 1 hora com as suas pobrices. Nascido em Tibagi, faz sucesso com seus personagens Carmo e Lurde, chegando até a final do programa “Quem Chega Lá” do Domingão do Faustão (Rede Globo). É um comediante nato e super talentoso, que nos últimos anos vem se destacando no cenário paranaense e nacional.

AFONSO PADILHA – ESPALHANDO A PALAVRA

Afonso Padilha é um dos maiores comediantes da atualidade, tendo inclusive participado aqui deste site que você está visitando, diga-se de passagem. Um gênio do humor, grande escritor e com uma versatilidade fora do comum. Afonso apresentou seu solo “Espalhando a Palavra” na Ópera de Arame, sendo um grande marco para a sua carreira. Confira:

Aproveitando, confere aí mais um show completo dele. Porque vale a pena! Se liga no “Não tá compensando ser adulto”.

FÁBIO RABIN – TÔ VIAJANDO

Fábio Rabin é aquele tipo de comediante que se reinventa a cada ano que passa. Tendo passado por diversas gerações do stand up, ele ainda está levando multidões ao teatro (fora de quarentena…rs). Assista ao show dele “Tô viajando”.

THIAGO VENTURA – ISSO É TUDO QUE EU TENHO

Thiago Ventura dispensa comentários quando se trata de carisma e genialidade para o humor. O comediante que se popularizou na internet contando histórias de quando era criança e também com a famosa “pose de quebrada”, vem ao longo dos anos se estabelecendo no topo dos grandes comediantes brasileiros. Assisti a um solo dele no Teatro Positivo no ano passado e é impressionante a humildade e carisma de Ventura, sendo, com certeza, um diferencial que o fez estar onde está. Confira o show dele “Isso é tudo que eu tenho”.

Espero que tenham gostado desta seleção. Caso queiram mais posts como este, até mesmo com a mesma temática, mandem uma mensagem no meu Instagram: @busaocuritiba

Nando Viana, Renato Albani, Mari Bernini e Afonso Padilha se apresentam em fevereiro em Curitiba

O Curitiba Comedy Club, o primeiro comedy club do Brasil, vem com uma programação repleta de grandes nomes da comédia brasileira neste mês de fevereiro. A casa está localizada na Rua Mateus Leme, 2467 – Bom Retiro.

No dia 6 de fevereiro, Nando Viana (A Culpa é do Cabral) se apresenta com seu solo “Coloca o cinto que a viagem vai ser longa” às 20h30.

Já dia 13, Renato Albani sobe ao palco do Comedy para apresentar um show imperdível e repleto de boas piadas. A apresentação acontece às 20h30.

Dia 19 é a vez de Mari Bernini apresentando o show “Bafafa com Mari Bernini”, em que ela fala as mais diversas coisas sobre o universo feminino com muito bom humor. Início às 20h30.

O piá de Pinhais, Afonso Padilha (4 amigos), se apresentará nas sextas-feiras, dias 8, 15, 22 e 28, às 22h, com novas piadas e vindo com tudo para 2020.

Os ingressos são adquiridos pelo Sympla: https://www.sympla.com.br/CuritibaComedy

Os 50 maiores sintomas de Curitibanice

Um clássico aqui do Busão são os sintomas de Curitibanice.

 

1. Roubei honestamente a canequinha do Submarino no Bar do Alemão.

2. Ensinei o que é penal

3. Fiz esquenta no Bar do Torto

4. Quase fui atropelado por um Biarticulado

5. Tomei tubão

6. Peguei o Inter II no sentido errado

7. Joguei boliche no Shopping Curitiba

8. Fui ao Parque Tupã ou Morenos Park no Pinheirão

9. “Professor Galdino, Professor Galdino, 45021”

10. Coloquei a mão no chafariz do Shopping Estação

11. Dormi no terminal esperando o madrugueiro

12. Comi cachorro quente prensado com frango, catupiry, etc…

13. Bebi no Largo da Ordem

14. Fui à feirinha do Largo da Ordem
15. Não tenho sotaque

16. Tomei caldo de cana com limão

17. Tomei quentão com gemada na feira de inverno na Praça Osório

18. Conheci a Família Folha

19. Tomei gengibirra e comi cuque

20. Vou ao shopping quando está chovendo.

21. Fui ao James Bar

22. Passei o carnaval em Matinhos. E não contei pra ninguém

23. Já comi um pastel numa lanchonete de japonês

24. Vi o ônibus de turismo de 2 andares, mas nunca andei nele.

25. Dublei a mulherzinha do biarticulado

26. Ensinei alguém a falar LEITE QUENTE e não LEITI QUENTI

27. Ensinei alguém a comer pinhão

28. Reclamo de Curitiba, mas amo muito essa cidade.

29. Tirei uma foto no Jardim Botânico

30. Repeti BORBOLETA 13

31. Não aguento mais o Palácio Avenida

32. Almocei em Santa Felicidade no Dia das Mães

33. Não socializo no ônibus

34. Tenho parente “no norte”

35. Fiz churras no Parque Barigui

36. Finjo que estou dormindo no ônibus quando aparece um conhecido

37. Ainda não conheço a maioria dos pontos turísticos da cidade

38. Comi um X-Montanha

39. Parei na XV pra ver os palhaços

40. Fui à Boca Maldita para ouvir o que os velhinhos conversam

41. Fui à Festa da Uva

42. Entrei em uma loja qualquer só para me esquentar

43. Ensinei que piá e menino são a mesma coisa

44. Senti vergonha alheia do Oil Man

45. Falo do tempo para puxar assunto. “Tá frio hoje, né?!”

46. Já fiquei esmagado no biarticulado em pleno horário de pico

47. Li o Curitibinha

48. Entro no elevador e não dou bom dia para ninguém

49. Sentei no banco de trás do ônibus porque é mais quentinho

50. Defendo Curitiba mais do que a pátria