Serviços de trânsito em rodovias estaduais estão disponíveis de forma online

A partir de agora, diversos serviços relacionados à questão de infração de trânsito nas rodovias estaduais do Paraná estão disponíveis de forma online, graças a uma parceria entre a Celepar e o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR).

Indicar a pessoa que dirigia no momento da infração; apresentar defesa prévia, recurso ou solicitar advertência por escrito para auto de infração de trânsito do DER; consultar cópias de documentos relacionados a multa de trânsito do DER estão entre os serviços que podem ser feitos de forma online. Eles estão disponibilizados na plataforma Paraná Inteligência Artificial (PIÁ) e também no novo site do DER, ambos desenvolvidos pela Celepar.

Para o diretor-geral do DER, Fernando Furiatti, a iniciativa é bem-vinda em um mundo cada vez mais integrado à internet. “Esta novidade visa facilitar a vida do usuário, permitindo que ele faça sua defesa ou a indicação de condutor utilizando um computador ou o aplicativo PIÁ no celular. Por meio de nossa parceria com a Celepar vamos modernizar o DER cada vez mais, desenvolvendo ações significativas de Tecnologia da Informação”.

Os serviços da Central de Atendimento de Infrações de Trânsito (CAIT) do DER/PR passaram a utilizar também o Sistema de Gestão Digital de Processos de infração de trânsito (Geproc) da Celepar, ferramenta já empregada pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) e órgãos municipais de trânsito.

O presidente da Celepar, Leandro Moura, afirma que a tecnologia é uma grande aliada na desburocratização de processos. “Com o uso de soluções como essa, facilitamos a gestão e a administração, além de devolver ao cidadão algo imensurável, como o tempo, evitando deslocamentos presenciais às unidades de trânsito. Em tempo de pandemia, também é uma preservação de saúde”, disse Moura.

COMO FUNCIONA – Basta acessar o PIÁ pelo site www.pia.pr.gov.br  e buscar os serviços com a palavra DER. A plataforma vai apontar os serviços:  Indicar condutor para auto de infração de trânsito do DER; apresentar defesa, recurso, ou solicitar advertência por escrito para auto de infração de trânsito do DER; consultar cópias de documentos relacionados a multa de trânsito do DER, dentre outros. Estes mesmos serviços também estão disponíveis no portal do DER www.der.pr.gov.br   na aba Infrações.

PIÁ – É o primeiro programa de inteligência artificial do Brasil focado na prestação de serviços à população. A plataforma e o aplicativo reúnem mais de 500 serviços do governo estadual em um só lugar e funcionam como canais de diálogo com o cidadão para atender suas demandas e reclamações.

Uma vez cadastrado, a plataforma vai avisar sobre o vencimento das faturas de água e luz, dos pontos na carteira de motorista. Também possibilita cadastrar o animal de estimação, agendar atendimento em órgãos públicos, ver e resgatar os créditos do Nota Paraná, consultar o boletim escolar dos filhos matriculados nas escolas estaduais, entre outros serviços.

Informações AEN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Motoristas entram em greve e São José dos Pinhais amanhece sem ônibus

Motoristas de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, iniciaram na manhã desta quinta-feira (14) uma greve de ônibus por tempo indeterminado na empresa Sanjotur. Os funcionários não receberam parte do salário que deveria ter caído na conta na última sexta-feira (8).

A empresa opera mais de dez linhas de ônibus urbanas e rurais, portanto não houve parada em coletivos que fazem a integração com a capital e cidades metropolitanas. De acordo com Ricardo Ribeiro, diretor do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região (Sindimoc), os trabalhadores não aguentam mais a situação.

“É um problema que se arrasta desde fevereiro. Em maio já houve uma negociação, quando os motoristas aceitaram receber o pagamento em quatro vezes durante o mês. Agora, novamente, este problema grave, porque o pagamento era para ter caído na véspera do feriado e até agora nada”

De acordo com o sindicalista, a greve é por tempo indeterminado e uma nova rodada de negociação está marcada para a tarde.

“É preciso uma solução para essa situação, porque os 85 motoristas da empresa, que não tem cobradores, não aguentam mais. Haverá uma nova rodada de negociação ainda hoje, com a empresa e Prefeitura de São José dos Pinhais, para se buscar uma solução definitiva”

Ainda segundo Ribeiro, a empresa problemas financeiros devido à pandemia de covid-19. O espaço está aberto para posicionamento da Sanjotur e da Prefeitura de São José dos Pinhais.

Informações Banda B

Pesquisadores do Paraná participam de descoberta de fóssil de dinossauro

Uma equipe de arqueólogos de Maringá, no norte do Paraná, participou da descoberta de um fóssil de dinossauro encontrado no Maranhão, em abril deste ano. O material foi localizado em Davinópolis, no sudoeste do estado, e a informação sobre o achado dos pesquisadores foi divulgada nesta semana. 

O arqueólogo Jardel Stenio de Araújo Barbosa, da Arqueologística Consultoria Arqueológica, empresa que tem sede em Maringá, explica que a descoberta aconteceu em 13 de abril, enquanto os profissionais faziam o acompanhamento da obra para construção de uma ferrovia no Maranhão. Durante a vistoria em um dos pontos de escavação, um dos arqueólogos da equipe identificou um material que poderia se tratar de um fóssil. 

“Nós da Arqueologística somos dedicados ao estudo dos vestígios da cultura material deixada pelos humanos no passado. A identificação desses espécimes fósseis só ocorreu porque o Daniel Ribeiro, arqueólogo de campo, possuía conhecimento na identificação de fósseis. Aos olhos de outra pessoa, seria apenas uma rocha qualquer”, avalia o coordenador de pesquisas da Arqueologística.

Segundo ele, assim que os primeiros vestígios foram encontrados, o local foi isolado para evitar qualquer tipo de interferência que pudesse danificar os fósseis. Foi então que começou o trabalho de pesquisadores da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), chefiados pelo professor e paleontólogo Elver Mayer, para retirar os materiais do solo e identificar de qual espécie se tratava. 

Mais informações no portal GMC Online