Saúde abre terceiro drive-thru para vacinar idosos em Curitiba

Nesta quarta-feira (3/3) e quinta-feira (4/3), Curitiba contará com mais um ponto drive thru para vacinação contra covid-19 para os idosos. O novo ponto, na Paróquia Santo Antônio, no Boa Vista, se soma a outros 13, sendo 11 fixos e outros dois drive-thru. Não é necessário fazer agendamento. 

Nesta quarta-feira (3/3) a vacinação é para idosos de 83 anos ou mais.Na quinta-feira (4/3) a imunização será para pessoas de 82 anos ou mais.

“Nós decidimos abrir mais um ponto drive-thru, porque a tendência é atender um público um pouco maior nestes dois dias, já que a idade para vacina está baixando”, explica a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

A recomendação é que, para receber a dose da vacina, o idoso esteja com um acompanhante e leve documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência com endereço de Curitiba para quem não tiver o cadastro na plataforma Saúde Já.

Como chegar ao drive-thru do Boa Vista

A vacinação no drive-thru na Paróquia Santo Antônio, no Boa Vista, terá entrada única pela Rua Geraldo Gustavo Oscar Mueller. O horário de atendimento é das 9h às 16h.

A formação das filas, com organização de agentes de trânsito e guardas municipais, começará ao lado esquerdo da via rápida sentido bairro-centro (Rua Jovino do Rosário). Pela Jovino do Rosário, os motoristas vão virar à esquerda na Rua Geraldo Gustavo Oscar Mueller, por onde será o acesso único ao portão da paróquia.

A Superintendência de Trânsito (Setran) observa que só poderá virar à esquerda, a partir da rápida, quem seguir para a vacinação. A saída única do drive-thru acontecerá pela Avenida Paraná. Também não será liberado acesso de motoristas que estejam na Avenida Paraná e queiram virar à direita na Rua Geraldo Gustavo Oscar Mueller – mesmo que o destino seja o ponto de vacinação.

Trabalhadores da saúde

Para os trabalhadores da saúde, a vacinação ocorre no Pavilhão da Cura, somente com o agendamento enviado pelo aplicativo Saúde Já. Esses profissionais não devem fazer a busca direta da imunização.

Estão sendo convocados trabalhadores de serviços de saúde que ainda não receberam a primeira dose. São profissionais que atuam em hospitais, clínicas médicas e serviços de remoção de urgência e emergência particulares.

A Secretaria Municipal da Saúde orienta que os profissionais baixem o aplicativo Saúde Já e façam o cadastro para receber a data e horário da sua vacinação. O aplicativo é o principal canal de informação com a população curitibana durante a campanha de imunização contra a covid-19.

“O aplicativo agiliza a imunização e permite o controle e registro adequado das doses. Assim cumprimos as exigências do Ministério da Saúde, que determina que para cada vacina aplicada deve estar indicado o nome, o CPF e o contato do vacinado, para fácil localização”, ressalta a secretária.  

Cronograma da vacinação de idosos

•    83 anos ou mais: quarta-feira, 3 de março
•    82 anos ou mais: quinta-feira, 4 de março

LOCAIS FIXOS

Das 8h às 17h

1 – Pavilhão da Cura
Parque Barigui

2 – Unidade de Saúde Salvador Allende
Rua Celeste Tortato Gabardo, 1.712 –  Sítio Cercado

3 – US Vila Diana
Rua René Descartes, 724 – Abranches

4 – US Jardim Paranaense
Rua Pedro Nabosne, 57 – Alto Boqueirão

5 – US Camargo
Rua Pedro Violani, 364 – Cajuru

6 – US Ouvidor Pardinho
Rua 24 de Maio, 807 – Praça Ouvidor Pardinho

7 – US Vila Feliz
Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo

8 – US Pinheiros
Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 – Santa Felicidade

9 – Clube da Gente CIC
Rua Hilda Cadilhe de Oliveira

10 – Rua da Cidadania do Tatuquara
Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n

11 – Rua da Cidadania do Fazendinha
Rua Carlos Klemtz, 1.700

DRIVE-THRU

Das 9h às 16h

1 – Pavilhão da Cura – Parque Barigui (entrada somente pela BR-277)

2 – Estacionamento do Santuário Nossa Senhora do Carmo – Boqueirão (entrada será feita exclusivamente pelo segundo portão do estacionamento, pela Rua Frederico Mauer)

3 – Paróquia Santo Antônio – Boa Vista (entrada única pela Rua Geraldo Gustavo Oscar Mueller)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pelo menos 2 milhões de paranaenses já tomaram a dose de reforço contra a Covid-19

O Paraná já registrou a aplicação de pelo menos 2 milhões de doses de reforço (DR) contra a Covid-19. Segundo os dados do Vacinômetro nacional, 2.047.678 pessoas receberam o imunizante até esta quarta-feira (26). Outras 161.635 vacinas foram registradas como dose adicional (DA) ou quarta dose.

O sistema nacional ainda apresenta inconstâncias e, segundo a Secretaria de Estado da Saúde, deve ser maior. De acordo com o Divisão de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o Paraná já recebeu 2.851.841 doses para reforço.

O número total de vacinas aplicadas contra a Covid-19 no Estado já passa de 19,5 milhões, incluindo 9,1 milhões como primeira aplicação (D1) e 8,5 milhões como segundas doses (D2) ou dose única (DU).

“Temos doses de reforço que já foram distribuídas aos municípios e ainda não foram aplicadas. Precisamos que a população se conscientize da importância dessa vacina e deixem a imunização em dia. Respeitando o intervalo adequado, é preciso ir atrás do reforço”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. 

“Fazemos um apelo para que todas as pessoas que puderem e estiverem dentro do prazo de aplicação, procurem uma unidade de saúde do seu município e agendem a sua imunização. A dose de reforço é uma proteção a mais contra esse vírus que já vitimou quase 41 mil paranaenses”, ressaltou Beto Preto.

Segundo o Vacinômetro, mais da metade do número de doses de reforço aplicadas até agora corresponde à população acima de 60 anos (1.079.280 doses). Atualmente, pelo intervalo ideal, a dose de reforço já pode ser aplicada em pessoas acima de 30 ou 40 anos, dependendo dos calendários municipais.

HISTÓRICO – A DR foi recomendada pelo Ministério da Saúde no dia 26 de agosto do ano passado, por meio da nota técnica nº 27/2021 da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 (SECOVID). Inicialmente, a orientação era que a dose extra fosse aplicada em idosos acima de 70 anos (após seis meses da D2 ou DU) e imunossuprimidos (28 dias após a última dose do esquema básico de vacinação).

O Estado recebeu o primeiro lote para DR na segunda quinzena de setembro e distribuiu cerca de 118,6 mil imunizantes para o início das aplicações. Logo em seguida, o governo federal recomendou a dose de reforço para trabalhadores de saúde e idosos acima de 60 anos. Em novembro, a SECOVID emitiu a nota técnica nº 59/2021 orientando a administração de DR em todas as pessoas com mais de 18 anos.

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 e considerando uma maior disponibilidade dos imunizantes aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Ministério da Saúde diminuiu o intervalo entre as doses e recomendou a partir de 20 de dezembro que a DR fosse aplicada após quatro meses da D2 ou DU na população adulta, conforme a nota técnica da SECOVID nº 65/2021. 

Já nos casos em que a primeira dose foi a dose única, recomenda-se a aplicação da DR com o imunizante da Janssen após dois meses.

Em Curitiba, encontro de brechós terá peças a partir de R$ 5

O “Me Leva“, um encontro de brechós mensal de Curitiba realiza uma nova edição nos dias 05 e 06 de fevereiro. Serão dois dias de evento com mais de 15 mil peças selecionadas e 60 expositores (cada dia com 30 expositores diferentes).


As peças estarão disponíveis a partir de R$5 reais. Além da venda de roupas femininas, masculinas, infantis, acessórios, e papelaria, o vento contará com food trucks e muito mais!

Serviço

Horário: das 10h às 18h
Local: Food Park – Avenida dos Estados, 1006 – Água Verde

A entrada é gratuita, o local é pet friendly, coberto e arejado.