Rosto da Cidade, #CuritibaSuaLinda e Farol do Saber são destaques em conferência da Unesco


 

Acessibilidade, inclusão, sustentabilidade, design e economia criativa são alguns dos pilares curitibanos apresentados na XV Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), em Santos (SP). Primeira cidade brasileira a integrar a Rede de Cidades Criativas, Curitiba participa do evento até sexta-feira (22/7) e apresenta projetos alinhados com as prioridades da organização internacional.

A abertura oficial da Expo Brazilian Creative Cities, que acontece simultaneamente à conferência, foi nesta terça-feira (19/7), e destacou a importância da colaboração entre municípios. Até sexta-feira, Curitiba tem a oportunidade de expor os motivos pelos quais é um polo de inovação consciente.

“Mais do que discutir e debater ideias, estamos reunidos aqui para desenvolver soluções para as novas problemáticas contemporâneas,” afirmou Ernesto Ottone, diretor-geral adjunto para Cultura da Unesco. 

 

Criatividade, caminho para a igualdade

A edição deste ano marca o retorno presencial do evento e tem como fio condutor “Criatividade, caminho para a igualdade”. Curitiba tem a oportunidade de mostrar às outras cidades da rede projetos e experiências relacionados ao design e à economia criativa.

Entre as peças levadas para representar a capital, destacam-se criações de empresas como a Boulle, instalada em Santa Felicidade. Desde 2000, a Boulle cria móveis com madeira sustentável, de reaproveitamento.

No setor de acessibilidade e inclusão, outra peça apresentada foi a Confete, uma capa para próteses de perna criada pelos jovens inovadores do estúdio Furf Design. Feito com poliuretano, o produto da Furf já venceu vários importantes prêmios mundiais de inovação e design.

A capital também participará dos seis painéis do evento, nesta quinta-feira (21/7), apresentando projetos públicos que estimulam o desenvolvimento sustentável e a inovação, como a Fazenda Urbana, o Rosto da Cidade, a rede de lojas #CuritibaSuaLinda e os Faróis do Saber.

“A conferência abre novas possibilidades de aprendizado e intercâmbio com outras cidades da Rede de Cidades Criativas. Durante a semana, também teremos reuniões para compartilhar experiências de Curitiba que podem ser replicadas mundo afora”, afirma Guilherme Zuchetti, da Assessoria de Relações Internacionais, presidente do Comitê Gestor do Selo Curitiba Cidade do Design e ponto focal de Curitiba na rede.

A Conferência

A conferência recebe delegados de quase 300 cidades representando por volta de 90 países, uma verdadeira vitrine para a inovação e a criatividade. Os participantes têm a oportunidade de trocar pontos de vista, experiências e iniciativas para a criação de condições favoráveis a cidades mais inclusivas e iguais, de acordo com as prioridades globais da Unesco.

A Rede de Cidades Criativas é um programa de cidades emblemáticas da Unesco lançado em 2004 para promover a cooperação entre cidades que reconhecem a cultura e a criatividade como fatores estratégicos para o desenvolvimento urbano sustentável.



Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curitiba recebe edição do Vinho na Vila em agosto

Pelo sexto ano consecutivo, o evento Vinho na Vila abre as portas à valorização da produção nacional de vinhos. E o local escolhido para sede na capital paranaense é o Souq. O evento acontece nos dias 20 e 21 de agosto, e conta também com muito MPB e DJ Lounge, comidinhas e queijos artesanais, além de aulas com vinhos premiados no Brasil e no mundo.

Curitiba é uma das cidades mais fortes no cenário gastronômico, depois de São Paulo. Em 2018, tivemos uma primeira edição de sucesso na Ópera de Arame, e esse ano a gente elegeu quatro cidades que consideramos que tinham a ver com os novos terroirs do Brasil, e o Paraná nesse sentido está despontando muito, com excelentes vinícolas. Então, foi uma escolha mais do que natural trazer o Vinho na Vila para Curitiba, apostando que o público aprecie os vinhos paranaenses e do Brasil”, afirma Larissa Fin, criadora e curadora do evento.

A edição Curitiba traz 20 Vinícolas e mais de 200 rótulos. Entre as já confirmadas, estão as paranaenses: Carnasciali (Apucarana), Sanber (Bituruna), Vinícola Araucária (São José dos Pinhais), Legado (Campo Largo) e Cave Colina da Pedra (Piraquara). Já entre os nomes nacionais, estão as vinícolas: Buffon, Cave Antiga, Dunamis, Tenuta Foppa e Ambrosi, Fin e Casa Vitis, entre outras premiadas. O evento também conta com variedades de queijos produzidos no Paraná, para o público conhecer mais sobre todas as vertentes de harmonização de vinhos, coquetéis e alimentos.

Outro ponto-chave do evento são os workshops no Espaço gratuito do SEBRAE de harmonização de vinhos brasileiros com vinícolas regionais e com chefs especializados em comida brasileira.

IMG_2549 (1).jpg

A curadoria local do evento é de Daniele Lopez, curitibana, sommeliére e apresentadora do programa Vino e Vinho. Daniele também encabeça um projeto de enoturismo no estado, com objetivo de incentivar o conhecimento, a produção e consumo dos vinhos locais. “Este é um evento de renome nacional, que começou em 2016, assinado pela gaúcha Larissa Fin, para destacar os vinhos brasileiros. Com muita coragem, chegou a Curitiba e me escolheu para continuar essa história, em 2018 e agora em 2022. É uma honra representar e fazer a curadoria de Curitiba, mostrar que aumentamos o consumo de vinhos brasileiros e ganhamos o mercado em restaurantes, adegas, etc. Esse índice pode aumentar ainda mais, sobretudo pelo público que atingimos. As mulheres já são fiéis consumidoras do vinho rosé, que hoje é o queridinho do mercado brasileiro”, comenta Daniele Lopez.

Outra presença confirmada é de Sílvia Mascella Rosa, sommeliére, bartender e jornalista especializada em alimentos, bebidas, enoturismo e negócios do vinho há mais de duas décadas. Foi editora e degustadora da Revista ADEGA e também sommeliére do Instituto Brasileiro da Uva e do Vinho e de restaurantes e vinícolas, para as quais ainda presta consultoria.

O evento é único em sua proposta, pois tem como foco as vinícolas nacionais, apresentando produtores pouco conhecidos do grande público. Além disso, desmistifica o mundo do vinho, levando esta cultura milenar para um ambiente informal, alegre e jovem. O Vinho na Vila – Etapa Curitiba conta também com a diversidade gastronômica do Souq, que reúne opções de comida asiática, francesa, italiana, mexicana, além de itens como hambúrgueres, batatas, churrasco e doces.

IDEALIZAÇÃO E PRODUÇÃO: Casa Vitis. Patrocínio: SEBRAE 50+50. Apoio Revista Adega e Bacchus.

Serviço

Vinho na Vila

Local: Souq Curitiba – Av. Iguaçu, 4399 – Vila Izabel

Horário das sessões – das 10:00 às 21h, conforme abaixo:

Sábado e Domingo:

Feira de vinhos brasileiros 

Horários: sábado e domingo, em três sessões:

11h às 14h

14h30 às 17h30

18h às 21h

Preço: a partir de R$ 110,00

Acesse o site e adquira já o ingresso para o Vinho na Vila: vinhonavila.com.br

Todos os ingressos incluem: degustação de todos os rótulos, taça de cristal e ecobag personalizada do evento.

Mais informações: https://vinhonavila.com.br

Unicentro abre seleção para tutores em Curitiba

A Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) está com edital aberto até o dia 26 de agosto para seleção de tutores em Curitiba, sendo uma vaga para tutor no polo de apoio presencial à Educação a Distância da cidade no Curso de Especialização em Libras.

Dentre outras funções, o tutor deve apoiar o professor da disciplina no desenvolvimento das atividades discentes, manter contato permanente com os alunos, ajudar na avaliação dos estudantes, participar das atividades de formação, etc. A dedicação deve ser de 20h semanais, com bolsa auxílio mensal no valor de R$ 765.

Os requisitos exigidos para atuação como tutor nesta especialização são: graduação (licenciatura) em Letras ou Pedagogia; pós-graduação Lato Sensu ou Stricto Sensu e ter experiência mínima de um ano de docência no ensino básico ou um ano de experiência na docência no ensino superior. 

O processo de seleção conta com três fases, sendo duas delas on-line com duração de 40 minutos. Caso atinjam a pontuação mínima de 60 pontos, os candidatos avançam para a última etapa que é a entrevista (também online) entre os dias 19 e 21 de setembro. O resultado final do processo será divulgado a partir do dia 22 de setembro.

Serviço

Inscrições: Até 26 de agosto;

Requisitos mínimos: graduação em geografia (licenciatura ou bacharelado); pós-graduação e atuação de no mínimo um ano de docência no ensino básico ou superior;

Formas de avaliação:  avaliações e entrevista online;

Resultado final: a partir de 30 de setembro

Íntegra do edital: Nº 022/2022 – NEAD/ UAB/MEC