Raça Negra chega a Curitiba nesta sexta-feira

Sucesso absoluto nas paradas musicais desde os anos 90, a Banda Raça Negra retorna a Curitiba com seu show Raça Negra e Amigos II. O espetáculo acontece na próxima sexta-feira (06 de dezembro) e promete arrastar para o Teatro Positivo uma legião de fãs de samba e pagode.

Em sua última passagem pelo mesmo local, em outubro do ano passado, a banda esgotou ingressos e fez com que o público dançasse e cantasse junto a noite inteira com hits como ‘É tarde demais’, ‘Estou mal’ e ‘Cheia de Manias’, com seu ritmo atemporal, sucesso nas rádios e festas desde o seu lançamento, há mais de 26 anos.

Além das canções famosas em suas vozes, nesta turnê os músicos apostam também em canções famosas de outros nomes da música brasileira, seguindo o roteiro do DVD que leva o mesmo nome do show.

No currículo da banda constam alguns números impressionantes. Raça Negra foi a primeira banda de samba a tocar em uma rádio FM com a música ‘Caroline’, na década de 90. O conjunto também entrou para o Guinness Book com a canção ‘É tarde demais’ ao superar a marca de 600 execuções de rádio em um só dia.

Além do ritmo dançante de suas músicas, a ousadia foi um dos pontos cruciais para tanto sucesso: Raça Negra quebrou os padrões do samba e do pagode ao inserir, em suas músicas, instrumentos incomuns ao segmento, como os metais. Em mais de 36 anos de carreira, a banda já lançou 12 vinis, 28 CDs e 4 DVDs, superando os 36 milhões de discos vendidos.

Os ingressos para o show de Curitiba podem ser adquiridos pelos quiosques ou site do Disk Ingressos ou recebidos em casa por meio da Central de Atendimento (41) 3315-0808.

Confira aqui o convite do vocalista Luiz Carlos ao público de Curitiba.

SOBRE A SEVEN ENTRETENIMENTO

A Seven Entretenimento é uma das principais empresas de entretenimento do Brasil. Instalada em Curitiba, vem modernizando o mercado artístico e cultural inovando nas áreas de investimento e negócios dirigido ao lazer. A Seven já desenvolveu mais de 1.500 eventos ligados à área de entretenimento e oferece produtos como exposições, shows, turnês, feiras e eventos esportivos.

Alguns dos maiores eventos que passaram pelo sul do Brasil nos últimos anos tiveram a marca da Seven Entretenimento em sua realização, como os shows internacionais Bon Jovi, Maroon 5, Green Day, Iron Maiden, Ozzy Osbourne, Katy Perry e Andrea Bocelli; os maiores nomes da música nacional, como: Ivete Sangalo, Marisa Monte e Roberto Carlos; os espetáculos Cirque Du Soleil, Circo da China e Disney On Ice; musicais infantis da Disney; simpósios e eventos exclusivos como Footecon e Risológico; o maior evento de tecnologia e cultura pop do sul do Brasil, Geek City; o Festival Coolritiba, entre muitos outros.

SERVIÇO – RAÇA NEGRA

Local: Teatro Positivo – Grande Auditório – R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Cidade Industrial De Curitiba

Data: 06 de dezembro (sexta-feira)

Abertura da Casa: 20:30h

Início dos shows: 21:30h

Classificação: Livre

Ingressos: Plateia superior canto R$ 90 (meia) + taxas e R$ 180 (inteira) + taxas; Plateia superior lateral R$ 100 (meia) + taxas e R$ 200 (inteira) + taxas; Plateia superior central R$ 120 (meia) + taxas e R$ 240 (inteira) + taxas; Plateia inferior R$ 150 (meia) + taxas e R$ 300 (inteira) + taxas; Plateia Premium R$ 200 (meia) + taxas e R$ 400 (inteira) + taxas.

Meia entrada: Pessoas acima de 60 anos; doadores regulares de sangue; professores do ensino público e privado do Estado do Paraná; portadores de câncer; estudantes; pessoas com deficiência, jovens carentes de 15 a 29 anos; associados Coritiba FC, Santa Mônica Clube de Campo, Sindehotéis, Cartão Clube Disk Ingressos, Clube dos Mimos, Clube Gazeta do Povo e Inscritos OAB-PR.

Vendas: compre clicando aqui, nos quiosques e site do Disk Ingressos ou pelo 3315-0808.

Realização: Seven Entretenimento

Informações: (41) 3315-0808 ou atendimento@diskingressos.com.br

Curitiba tem 459 novos casos e 12 mortes por covid-19

Curitiba registrou nesta terça-feira (15/9) 459 novos casos de covid-19 e 12 mortes de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus, conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde.

As novas vítimas são nove homens e três mulheres, com idades entre 51 e 90 anos. Todos os óbitos ocorreram nas últimas 48 horas.

Até agora são 1.149 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Novos casos

Com os novos casos confirmados, 39.269 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia – 33.284 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

São 4.836 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

UTIs do SUS

Nesta terça-feira (15/9), a taxa de ocupação dos 334 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 é de 87%. Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença. No momento restam 47 leitos livres.

Números da covid-19 em 15 de setembro

459 novos casos
12 novos óbitos

Números totais

Confirmados – 39.269
Investigação: 647
Recuperados – 33.284
Óbitos – 1.149

Campeãs colecionam títulos, mas precisam vender balas nas ruas de Curitiba para competir

Esta é a rotina de duas campeãs de jiu-jitsu todos os dias

Maiara Monteiro Custodio tem 33 anos, é natural de Londrina e atleta consagrada de jiu-jitsu, campeã mundial com títulos nacionais e internacionais. Beatriz Helena Molinari Vieira tem 18, é de Sorocaba e tem uma carreira promissora pela frente, campeã paulista e vice-campeã nacional e sul americana.

Mesmo com tantos títulos, elas ainda dependem de ajuda para bancar as despesas do dia a dia e principalmente os custos de hospedagem, transporte, alimentação e inscrição nas competições oficiais da modalidade Brasil afora.

“Não tenho mais o que provar, sou uma boa atleta, com títulos nacionais, sul americanos e mundiais, e mesmo assim tô aqui no semáforo, vendendo balas todos os dias”, lamenta a veterana faixa preta.

Seguindo o exemplo e obstinação de Maiara, a jovem Beatriz também se mudou para Curitiba em busca de excelência e uma rotina adequada de treinos ao lado de professores e atletas de alto rendimento. A capital paranaense é berço de grandes professores e atletas da modalidade, como a equipe Xeque Mate, onde treinam atualmente.

“Meu pai me manda algum dinheiro, mas tenho que complementar para bancar inscrições e viagens. Estou aqui todos os dias vendendo de manhã e de noite”, conta Beatriz, que sonha com o campeonato europeu em 2021. “São muitas despesas, não quero deixar pra última hora então estou desde já juntando o dinheiro”.

Beatriz Helena Molinari Vieira tem 18 anos e também tem vários títulos – Foto: Antonio Nascimento – Banda B

Os títulos e medalhas são provas da excelência alcançada por ambas. Mas a rotina adequada de treinamento e preparação ainda parece uma realidade distante pra quem precisa vender balas entre os intervalos de treinos, e não encontra tempo para descanso.

Como ajudar

Enquanto não consegue um patrocínio fixo, Maiara abriu uma conta no site de ‘vakinhas online’ para impulsionar apoios e seguir competindo.

Lá ela publica a agenda oficial de campeonatos em que representa o Paraná e o Brasil.

Acesse e ajude: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/campeonatos-2020-mayara-monteiro-custodio

Informações Banda B.