Com quarentena, Tinder registra maior audiência da história e libera função “passaporte”

Em tempos loucos como o que estamos vivendo, é normal sentir uma mistura potente de ansiedade e solidão. O autoisolamento e fechamento de negócios impacta diretamente o cotidiano, e perdermos as trocas diárias que nos tornam humanos, desde compartilhar um sorriso até a chance de Netflix&Chill com a @ e amigues. Apesar de estarmos socialmente distantes, os membros do Tinder não se desconectaram, houve mais swipes (o famoso arrastar para lá e pra cá) no domingo, 29 de março do que em qualquer dia da história do Tinder (que já soma mais de 3 bilhões de swipes).

Os membros do Tinder em todo o mundo se uniram de maneiras surpreendentes – nossa comunidade é quase a versão digital dos italianos que vão às varandas para cantar juntos. À medida que partes do mundo entraram em quarentena, os membros começaram a usar a função Passaporte para ter informações diretas de pessoas de outros países. A taxa de uso desse recurso aumentou 15% no Brasil na última semana de março (enquanto na Alemanha: 19%, França: 20% e Índia: 25%).

O que há de novo no Tinder nas últimas semanas:

  • Globalmente, mais membros estão arrastando para cá, se conectando com novas pessoas, tendo mais conversas em geral – e essas conversas estão mais longas. As pessoas estão procurando conexões para saber se “Você está bem?” em vez de apenas dar um 
👋
  • As conversas diárias ao redor do mundo aumentaram em média 20%; e a duração média dessas conversas já se tornou 25% maior.
  • Já no Brasil, as conversas aumentaram em média 25% e elas já estão 20% mais longas.
  • Fique em casa, fique seguro, mantenha o distanciamento social, “como vai você”, emojis que representam lavar as mãos e o rosto são cada vez mais usados nas biografias.
  • A função passaporte do Tinder normalmente está disponível como um recurso nas assinaturas do Tinder Plus e Gold.

Quem quiser aproveitar, deve atualizar seu aplicativo para as versões 11.12 para iOS e Android, o que garantirá que você tenha acesso ao recurso gratuito do Passaporte

O Passaporte do Tinder está atualmente disponível como um recurso nas assinaturas do Tinder Plus e Tinder Gold. No entanto, nas próximas atualizações para iOS e Android (que deverá acontecer em torno do dia 26 de março), o recurso Passaporte será gratuito para todos.

Mais sobre o Passaporte:

Normalmente, esse é um recurso pago para assinantes do Tinder Plus e Gold. Os membros podem pesquisar por cidade ou colocar um pin no mapa de uma região escolhida, e assim, começar a dar likes, matches e conversas com membros do Tinder que estão no destino escolhido.

Como altero minha localização usando o Passaporte?

  • Toque no ícone do seu perfil
  • Selecione Configurações
  • Toque em Deslizando em (no Android) ou em Localização (no iOS)
  • Selecione Adicionar um novo local

Em quantas cidades posso usar os recursos do Passaporte?

Você pode estar virtualmente apenas em uma cidade por vez, mas pode alterar sua localização quantas vezes quiser. Os membros que você deu like ao usar o recurso do Passaporte podem ver seu perfil até um dia após a alteração dos seus locais.

Pousada em Santa Catarina recria famosa Vila do Chaves

Uma pousada de Garopaba, na Grande Florianópolis, tem atraído a curiosidade de muitos turistas por causa de uma reprodução da Vila do Chaves. Fã do programa, o empresário Thiago Nascimento Oliveira, de 37 anos, resolveu fazer uma réplica dentro do estabelecimento.

Empresário Thiago Nascimento Oliveira vestido de Seu Madruga — Foto: Recanto La Ballena/Divulgação

A pousada Recanto La Ballena existe há dois anos, é administrada pela família e foi feita a partir de uma casa. A ideia da vila do Chaves combinou com a decoração que já existia no local, inspirada na cultura mexicana.

Fotos da pousada foram colocadas nas redes sociais e desde então, o local tem recebido visitantes para ver a vila do Chaves.

Vila do Chaves em pousada de Garopaba — Foto: Recanto La Ballena/Divulgação
Vila do Chaves em pousada de Garopaba — Foto: Recanto La Ballena/Divulgação

Mais informações G1

Como receber vale-gás? Auxílio começa a ser pago em dezembro

A partir de dezembro, o governo federal pagará um vale-gás a famílias de baixa renda, para recompor a alta do preço do gás de cozinha. O Programa Gás do Brasileiros foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada e ficará em vigor por cinco anos.

Quem tem direito?

O benefício é destinado a famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional, ou famílias que tenham entre seus integrantes quem receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Quando começa?

O pagamento começa em dezembro e, no primeiro mês, o Ministério da Cidadania informou que utilizará recursos próprios da pasta, no valor de R$ 300 milhões. Para os pagamentos de 2022, o governo ainda precisa encontrar espaço para a liberação de recursos do orçamento.

Pela lei, o programa será financiado com recursos dos royalties pertencentes à União na produção de petróleo e gás natural sob o regime de partilha de produção, de parte da venda do excedente em óleo da União e bônus de assinatura nas licitações de áreas para a exploração de petróleo e de gás natural. Além disso, serão utilizados outros recursos que venham a ser previstos no Orçamento Geral da União e dividendos da Petrobras pagos ao Tesouro Nacional.

O programa tem ainda como uma das fontes de financiamento o montante que cabe à União da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) incidente sobre combustíveis.

Qual o valor?

Cada família elegível receberá, a cada dois meses, o valor correspondente a uma parcela de, no mínimo, 50% da média do preço nacional de referência do botijão de 13 quilos de gás de cozinha, estabelecido pelo Sistema de Levantamento de Preços (SLP), da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nos seis meses anteriores, conforme regras que ainda serão definidas em decreto.

De acordo com o levantamento, o valor médio do botijão em 2021 é de R$ 102,48. Ou seja, cada família deve receber R$ 51,24. A estimativa para o ano que vem é que o valor médio do botijão suba para R$ 112,48.

Como cadastrar?

Não é necessário cadastramento, será usada a base de dados do CadÚnico e do BPC. O governo utilizará a estrutura do Programa Auxílio Brasil para realizar os pagamentos do vale-gás, por meio da Caixa Econômica Federal.

Ele será concedido, preferencialmente, às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência. A preferência de pagamento também será para a mulher responsável pela família.

Calendário de pagamento do vale-gás

Mesmo confirmando o início dos pagamentos do novo benefício para o mês de dezembro, o Ministério da Cidadania não deu uma data para iniciar a liberação do vale. Como será o primeiro pagamento, o grupo que vai receber inicialmente deverá ser menor e terá novos ingressantes a cada mês. A previsão inicial do governo é atender 6 milhões de pessoas em dezembro.