PUCPR oferece bolsas para cursos de graduação

Promover o acesso ao ensino superior de qualidade e com custo reduzido são os objetivos do VestiBolsa, processo seletivo da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). O VestiBolsa é uma oportunidade para ingressar no ensino superior com bolsa integral ou descontos de até 50% na mensalidade. As bolsas contemplam os câmpus Curitiba, Londrina, Maringá e Toledo.

Os estudantes inscritos no VestiBolsa concorrem a bolsas integrais e parciais, de acordo com o seu desempenho. O processo seletivo disponibiliza um total de 90 bolsas para os cursos de graduação presencial, nova graduação ou ensino a distância (EaD) da Universidade, distribuídas entre tecnólogos, bacharelados e licenciaturas dos quatro câmpus da PUCPR.

O processo seletivo é feito por meio de prova, com redação e 30 questões objetivas – de matemática, português e conhecimentos gerais – aplicada nos Câmpus Curitiba, Londrina, Maringá e Toledo. O primeiro colocado de cada câmpus recebe uma bolsa integral de 100% e os nove mais bem colocados, sucessivamente, são contemplados por uma bolsa parcial de 50%, três de 30% e cinco de 20%.

As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 21, enquanto as provas acontecem no domingo, 26. Já a divulgação do resultado está prevista para o dia 03 de fevereiro.

SERVIÇO

Vestibolsa

Inscrições: até 21/01

Provas: 26/01

Informações: http://bit.ly/2NqHAIl

Sobre a PUCPR

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), com 60 anos de tradição, é considerada a melhor instituição de ensino superior paranaense e uma das melhores do Brasil no ranking da Times Higher Education. Parte do Grupo Marista, que atua nas áreas da educação, saúde e solidariedade, a PUCPR é uma instituição católica privada sem fins lucrativos e que tem como missão proporcionar uma formação integral a cidadãos globais, desenvolvendo competências técnicas e comportamentais que preparam para atuação nos mais variados contextos. Atualmente a Universidade oferta mais de 120 cursos de graduação, 150 cursos de Educação Continuada e 16 programas de Stricto Sensu que compreendem diversas áreas do conhecimento distribuídas nos câmpus Curitiba, Maringá, Londrina e Toledo. https://www.pucpr.br/

Coronavírus: Decreto determina bandeira amarela em Curitiba e libera bares, parques e feiras livres

Curitiba vai liberar as atividades que funcionavam com restrições de dias e horários, como shoppings, comércio de rua, galerias e supermercados. Portanto, esses locais poderão voltar a abrir aos fins de semana. As medidas menos rígidas começam a valer na terça (18), de acordo com a prefeitura.

O decreto assinado nesta segunda-feira (17) determina que a cidade adotará a bandeira amarela, que indica nível 1 na avaliação dos riscos do coronavírus. Com isso, os estabelecimentos podem funcionar desde que respeitem medidas de distanciamento e higiene.

“Não há nada de normal, ainda é necessário que a gente mantenha todas as medidas de precaução que a gente vem repetindo”, disse a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

Confira as datas dos vestibulares das universidades federais e estaduais do Paraná

Os vestibulares das universidades federais e estaduais do Paraná precisaram ter as datas revistas pelas instituições por causa da pandemia do novo coronavírus.

Há universidades que definiram o calendário, que aguardam oficialização e outras que não realizam processo seletivo presencial. Veja abaixo.

Federais

Universidade Federal do Paraná (UFPR)

A UFPR adiou o vestibular 2020/2021 para 10 de janeiro de 2021. Segundo a instituição, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão irá decidir até o dia 10 de agosto se manterá o vestibular em janeiro ou se fará uma nova alteração da data.

Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

A instituição informou que não realiza vestibulares. O ingresso dos estudantes se dá por meio Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)

A universidade explicou que a seleção dos alunos é feita pelo Enem e pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). No ano passado, pela primeira vez, houve vestibular com 30% do total de vagas. Neste ano, não deve ocorrer o processo seletivo dessa forma.

O restante do calendário pode ser conferido no G1