Profissionais de turismo agradecem de live solidária na usina de Itaipu

Profissionais do setor turístico, que antes podiam ajudar, hoje estão precisando de um empurrãozinho para conseguir sobreviver ao impacto econômico e social das medidas de combate e controle da covid-19. Esses homens e mulheres, cerca de 600 pessoas, entre guias de turismo, taxistas, motoristas e camareiras, de Foz do Iguaçu, foram beneficiadas pela live solidária na usina de Itaipu, transmitida pela internet no dia 10 de junho, e agradecem a “ajuda bem-vinda na hora certa”.

A live solidária com o cantor iguaçuense Gabriel Smaniotto arrecadou R$ 84 mil. Esse valor foi convertido em cartões-alimentação, cada um no valor de R$ 150. Eles foram distribuídos para pessoas que perderam renda durante a pandemia. Muitos estão totalmente parados, aguardando a retomada definitiva do turismo para voltar a trabalhar.

Os cartões, entregues entre quinta (2) e sexta-feira (3), podem ser usados em mais de 150 mercados espalhados em diversos bairros de Foz, um incentivo aos pequenos empresários, que também sofrem com o atual cenário econômico.

A iniciativa é do Programa Acelera Foz e contou com o apoio do Polo Iguassu, das administradoras de cartões Nutricard e Greencard, e da Liga Independente dos Guias de Turismo (Liguia). A ação teve a adesão de pessoas físicas e jurídicas. Muitas pessoas trabalharam de forma voluntária em toda a concepção do show, transmitido de forma online.

“Esse é o Brasil que, com certeza, todos queremos: uma sociedade unida. Um Brasil forte que mostra, em qualquer situação, especialmente nas mais difíceis, sua solidariedade e força para seguir em frente”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

Durante a entrega dos cartões, muitas pessoas fizeram questão de deixar gravados ou por escrito o agradecimento à iniciativa, que se soma à de muitas outras empresas, instituições e voluntários.

A usina de Itaipu, por exemplo, investiu diretamente mais de R$ 23 milhões no enfrentamento à pandemia na região Oeste. Dinheiro usado, entre outras iniciativas, na criação de uma ala exclusiva do Hospital Ministro Costa Cavalcanti, preparada com 15 leitos. Desse total, 10 de UTI e outros 12 de semi-intensivo estão disponíveis, gratuitamente, para atendimento à população.

Na reestruturação do hospital foram R$ 15 milhões. Já do auxílio eventual, ação voltada para instituições beneficentes, sem fins lucrativos, a soma chega a R$ 5,5 milhões. A iniciativa está em consonância com as diretrizes do governo federal

“Meu marido acabou de voltar da sede da Acifi [Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu], onde os cartões foram entregues, e eu gostaria de agradecer a todos os envolvidos nesta ação. Vai nos ajudar muito. Obrigada”, disse Alessandra Conci, esposa de um guia de turismo. “Nunca nos imaginamos nessa situação. Sempre fomos nós a ajudar e hoje somos nós que estamos precisando. Deus abençoe a todos vocês”, disse outro beneficiado pela live.

Neide, guia de turismo, também registrou sua gratidão. “Queremos agradecer à Itaipu pela live solidária, com parceria do Polo Iguassu, pela ajuda que nos proporcionou nesse momento difícil que estamos vivendo, e também à Liguia. Muito obrigada.”

Outra profissional beneficiada foi na mesma linha: “Queremos agradecer por esse importante apoio justamente no momento que mais precisamos”. Para o guia Lourival Gomes Reis, o cartão chegou na hora certa. “Veio numa hora maravilhosa para mim. Acredito que, assim como para mim, para a maioria contemplada também. Obrigado do fundo do coração.”

Saturnino Dionísio, que perdeu 100% da renda, fala da importância dessa ajuda. “É muito importante para mim. Vai ajudar bastante. Meu forte abraço a todos os envolvidos.” Douglas Carvalho também agradeceu. “É providencial para esta época que estamos vivemos. Meu muito obrigado.”

Prestação de contas

Dos R$ 84 mil, entre doações de pessoas físicas e jurídicas, Itaipu colaborou diretamente com R$ 50 mil para a iniciativa da retomada do turismo. Já por meio de Picpay e depósito em conta, as doações somaram R$ 34.050. O Polo Iguassu entregou, de forma escalonada, para profissionais do setor turístico, mais de 560 cartões alimentação e 40 cestas básicas arrecadados durante a live. Das 40 cestas básicas, 20 foram doadas pelo Hotel Tarobá, dez pela Comercial Della Preve e outras dez do Empório dos Bolos.

Em dinheiro, fizeram doação para a live as empresas Cataratas S. A., Idisa Veículos, Cooperativa Lar, Cooperativa Frimesa, Posto Azteca, Sicoob Três Fronteiras, Complexo Dreamland, Churrascaria Rafain Show, Cooperativa Sicredi e Rede Costa Oeste de Comunicação.

Nutricard e Greencard abriram mão da cobrança do serviço. O apresentador Airton José, que comandou a apresentação da live, juntamente com a jornalista Izabeli Ferrari, também abriu mão do cachê. Ele começou sua carreira como guia e hoje é um dos mais respeitados radialistas do Brasil.

O Programa Acelera Foz tem a coordenação estratégica do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Prefeitura de Foz, Sebrae, Programa Oeste em Desenvolvimento, Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (Acifi) e Conselho Municipal de Turismo (Comtur).