Profissionais de odontologia ajudam na vacinação contra a covid-19 em Curitiba

Profissionais de odontologia da Rede Municipal de Saúde de Curitiba estão ajudando na campanha de vacinação contra a covid-19. Com a equipe de enfermagem, cirurgiões dentistas, auxiliares e técnicos em saúde bucal participam da organização e do atendimento da população e também da aplicação de vacinas.

Para a tarefa, a Secretaria Municipal da Saúde treinou 250 profissionais da área da saúde bucal, entre os quais 180 cirurgiões dentistas que estão aptos para aplicarem vacina.

“Como o atendimento da saúde bucal hoje está concentrado nas emergências, profissionais da odontologia estão trabalhando em outras frentes de combate à pandemia, e agora também no apoio à vacinação”, destaca Viviane Gubert, coordenadora de Saúde Bucal da SMSC.

Dobradinha profissional

Com esse apoio, parte enfermagem que estava na vacinação foi reforçar o atendimento em Unidades de Saúde e UPAs, em funções que não poderiam ser desempenhadas pela odontologia.

“É muito importante essa dobradinha profissional entre odontologia e enfermagem, assim conseguimos reforçar equipes em todos os locais e garantir uma vacinação acelerada”, diz Valquíria Cordeiro, enfermeira da coordenação do Pavilhão da Cura.

Profissionais de saúde bucal dão apoio à vacinação em Curitiba. Na imagem: O dentista, Carlos Alberto Tosin e a enfermeira Valquiria Cordeiro, atendem e aplicam a vacina no guarda municipal, Joacir Rodrigues Kaseker. Curitiba, 08/04/2021. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

Para quem recebe a vacina, não importa se ela é aplicada por dentista ou por alguém da enfermagem. A imunização é o que mais conta.

“Não sei qual tipo de profissional aplicou minha vacina, mas certamente é alguém que sabe muito bem o que está fazendo e da responsabilidade que tem”, afirmou Marlei Ribas Toledo.

Um time só

Se juntar à enfermagem nesse momento e emprestar o conhecimento técnico à outra área é considerado privilégio para os profissionais da odontologia que aceitaram a tarefa desempenhada longe dos consultórios.

Antes da campanha da vacinação, durante a pandemia, muitos profissionais de odontologia já estavam na linha de frente, como Paulo Francisco Arant Martins.

Há 23 anos cirurgião dentista na rede municipal, pela primeira vez ele teve que sair do consultório para outras tarefas na Unidade de Saúde Vila Verde, na CIC.

“Passei por todas as funções, desde apoio na divisão do fluxo de pacientes na unidade até monitoramento de oximetria, mas vir à vacinação está sendo uma experiência maravilhosa, principalmente por receber tanto carinho”, afirma Martins.

Apesar de estar longe da unidade, ele não esquece dos colegas da saúde que estão lá na outra ponta da linha de frente. “Estendo a eles que estão na retaguarda, lá na parte mais difícil, todo essa gratidão que recebo aqui”, fala Martins.

A transferência de posto de trabalho também foi um alento para Diloê Ferreira. A auxiliar de saúde bucal está agora no apoio da vacina, no drive-thru do Parque Barigui.

Profissionais de saúde bucal dão apoio à vacinação em Curitiba. Na imagem: A auxiliar de saúde bucal, Diloê Ferreira e a enfermeira Andreia Paulista na aplicacão da vacina. Curitiba, 08/04/2021. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

Para ela foi uma grande alegria essa mudança. “Me sinto uma privilegiada em ajudar nesse momento tão dramático, ainda mais com a vacina que é a esperança de tudo isso passar e ver a alegria das pessoas que são imunizadas faz bem para nossa saúde mental. Um alento.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agências do Trabalhador têm 3.158 vagas disponíveis no Paraná; 1.059 são em Curitiba e RMC

As 216 Agências do Trabalhador do Paraná disponibilizam nesta semana 3.158 vagas de empregos com carteira assinada em empresas do Paraná. Do total, 1.059 estão disponíveis nas agências de Curitiba e Região Metropolitana.

As Agências do Trabalhador são vinculadas à Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho. As vagas ofertadas neste período abrangem todos os setores econômicos – indústria, serviços, comércio e construção civil. As principais oportunidades são para auxiliar de linha de produção (2.063 mil vagas), abatedor de aves (165 vagas), operador de telemarketing ativo e receptivo (160 vagas) e auxiliar administrativo (95 vagas).

“A oferta de vagas é um reflexo direto do esforço do governo Ratinho Junior para atrair empresas ao Estado e da política adotada por nossa secretaria de uma gestão proativa de captação de novas vagas de emprego”, afirma o secretário de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

ATENDIMENTOS

Os atendimentos presenciais são realizados mediante agendamento prévio, das 9h às 17h. Os interessados nos serviços podem agendar pelo site http://www.justica.pr.gov.br/Trabalho.

O atendimento presencial e os horários podem ser alterados de acordo com decretos municipais relacionados a medidas de combate à Covid-19.

Os interessados nas vagas ofertadas também podem buscar orientação entrando em contato com as Agências do Trabalhador do município, pela página da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho com as regionais ; ou pelo aplicativo Sine Fácil, disponível gratuitamente para celulares Android e IOS, ou ainda pelo site Emprega Brasil 

O trabalhador também pode habilitar o Seguro Desemprego através do Aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível nas lojas de aplicativos de celular Android ou IOS.

SUPORTE

 Empresários e trabalhadores que ofertam ou buscam vagas de trabalho e que tenham dificuldade de finalizar o atendimento nas ferramentas digitais podem buscar o suporte técnico por meio do Chat do Trabalhador

Em Curitiba, para ofertar vagas, o contato pode ser feito através dos telefones (41) 3883-2220, 3883-2228, 3883-2239 e 3883-2236.

Sancionada lei que isenta pagamento de outorga de taxistas e transportadores escolares em Curitiba

O prefeito Rafael Greca sancionou, nesta quarta-feira (5), dois projetos de lei que vão ajudar a compensar as perdas econômicas geradas pela pandemia de covid-19 a taxistas e transportadores escolares. As medidas terão um impacto de R$ 4,3 milhões e beneficiarão diretamente 2.775 taxistas e 975 transportadores escolares. As leis devem ser publicadas ainda hoje no Diário Oficial no município.

A lei nº 15.835 permite a remissão da cobrança de outorga para taxistas e do preço público para transportadores escolares referentes ao exercício de 2020.

“Esses dois setores foram duramente afetados pela pandemia. Os taxistas, com a redução de circulação de pessoas, e os transportadores escolares com a suspensão das aulas presenciais”, diz o prefeito.

O valor da outorga para táxi é de R$ 1.350 e para transporte escolar é de R$ 640. Os operadores que eventualmente fizeram o pagamento do preço público e de outorga, referente a 2020, ou que efetuaram parcelamento dos débitos referentes a esse período, terão o valor convertido em crédito referente ao exercício financeiro de 2022. A forma de compensação será regulamentada em breve.

A  lei nº15.834, por sua vez, prevê um crédito suplementar de R$ 4,3 milhões à Urbanização de Curitiba (Urbs), proveniente do superávit financeiro de 2020, que irá ser usado para compensar o perdão dos débitos. O aporte terá validade até 31 de dezembro de 2021.

Os dois projetos de lei foram aprovados por unanimidade nessa semana pela Câmara Municipal de Curitiba (CMC). Encaminhados ao Legislativo no último 12 de abril, eles foram votados em regime de urgência. Nesta quarta-feira, foi aprovado, em segundo turno, o projeto que cria o crédito suplementar de R$ 4,3 milhões.