Primeiros testes do Natal de Luzes da Itaipu revelam: vem aí um grande espetáculo

Publicidade
Publicidade

Usina oferecerá ao público uma programação natalina com projeção mapeada na Catedral Nossa Senhora de Guadalupe e decoração temática no terreno da igreja

Os primeiros testes da projeção mapeada do Natal de Luzes de Itaipu foram feitos nesta segunda-feira (9), na Catedral Nossa Senhora de Guadalupe, na Vila A, em Foz do Iguaçu (PR). O espetáculo para valer acontece de 5 a 23 de dezembro, das 20h à meia noite. Com o teste, já foi possível ter uma ideia do que vem por aí: muito encantamento e magia.

A iniciativa da margem brasileira da usina de Itaipu é um agradecimento à população de Foz do Iguaçu, que tem no seu DNA o acolhimento.

“Nossa gente, que vem passando por um ano de grandes transformações e acolheu com muito carinho e respeito as propostas da nossa gestão, merece uma festa linda para celebrar a vida”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

O projeto do Natal de Luzes foi desenvolvido com base numa proposta apresentada pelas áreas de Comunicação Social e Turismo de Itaipu.

A produtora responsável pela apresentação é a Visualfarm, empresa de São Paulo (SP) pioneira no Brasil na criação de espetáculos públicos projetivos e no uso do video mapping (mapeamento de vídeo). No seu portfólio, um dos destaques é a criação do “abraço do Cristo Redentor”, no Rio de Janeiro, dentro da campanha “Carinho de Verdade”.

Os testes desta segunda-feira foram para verificar a precisão de imagem e forma e, também, como ficam as cores na fachada e telhados da catedral. Além da projeção mapeada, com um roteiro surpresa, o terreno da catedral abrigará uma vila de Natal para visitação do público.

Em vários pontos, será possível posar para fotos. Tudo será montado com segurança, atendendo rigorosamente os protocolos sanitários, com respeito ao distanciamento social, distribuição de álcool em gel e obrigatoriedade do uso de máscaras, entre outros.

Serão várias sessões para que todos tenham a oportunidade de ver o espetáculo de Natal – até então  inédito em Foz do Iguaçu. Não haverá cobrança de ingresso, mas quem quiser poderá levar um quilo de alimento não perecível como entrada. As doações serão repassadas para entidades beneficentes.

Na Catedral

A escolha do local não aconteceu por acaso. O Gramadão da Vila A, tradicional palco do Natal de Itaipu, está passando por obras de revitalização. A Catedral Nossa Senhora de Guadalupe fica quase ao lado e oferece as condições necessárias para o espetáculo.

O Natal de Luzes da Itaipu integra os esforços da campanha “Vem pra Foz”, desenvolvida pela usina e parceiros para atrair visitantes.  O Destino Iguaçu foi um dos primeiros a voltar a receber turistas. A cada feriado, desde o lançamento da campanha, o movimento cresce, nos atrativos, hotéis na gastronomia.

Inovação e sustentabilidade

A festa de Natal promovida este ano por Itaipu será a mais inovadora e sustentável celebração natalina já preparada pela usina para presentear a cidade e a região de fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Para o padre Clodoaldo Isidoro Frassetto, será uma grande celebração. “Nossa catedral será um ponto de encontro de agradecimento e comemoração pela vida”, diz o pároco.

A técnica de projeção mapeada permite lançar imagens em uma estrutura tridimensional, que é previamente mapeada por um software. Enquanto a projeção plana não possibilita a manipulação da luz, a mapeada permite que a luz seja direcionada exatamente para a área que receberá o conteúdo visual, criando a ilusão de que o vídeo se encaixa na estrutura.

Artistas locais

Além da projeção, a área da catedral também receberá decoração temática de luzes, com Papai Noel, bola colorida gigante e outros brinquedos, além de barraquinhas de artesanato.

Os turistas e moradores serão recepcionados pela Troupe Luz da Lua, uma forma encontrada para valorização dos artistas locais. A vila permanece montada até a primeira semana de janeiro, para ajudar a movimentar o turismo também naquela região do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira os direitos do consumidor na hora de trocar presentes de Natal

Publicidade
Publicidade

Receber um presente de final de ano nem sempre é sinônimo de satisfação garantida. Às vezes, é necessário trocar o produto, seja por apresentar algum problema ou simplesmente por não estar alinhado ao gosto do presenteado. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, entretanto, uma loja só é obrigada a fazer a troca em casos de defeito.

Fica garantido ao consumidor, por exemplo, trocar uma roupa com problemas de confecção ou um brinquedo que saiu quebrado da loja. Já a troca por outros motivos depende de cada estabelecimento. Por isso, vale conversar com a pessoa que comprou o presente para saber se o vendedor se comprometeu a fazer a troca mesmo com o produto em condições.

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) recomenda aos compradores garantir a possibilidade de troca na hora de comprar o presente. “A maioria das lojas opta por esse serviço até para conquistar o consumidor e realizar uma nova venda. Por isso, antes de comprar, informe-se sobre as condições de troca do estabelecimento”, destacou o Procon-SP.

A troca deve respeitar o valor pago pelo produto, mesmo que haja liquidações ou aumento de preço. Em casos de troca pelo mesmo produto, a loja não pode exigir complemento de valor. O consumidor também não pode pedir abatimento do preço caso haja mudança entre o que foi pago e o valor no dia da troca.

Os órgãos de defesa do consumidor recomendam ainda que a nota fiscal seja guardada para uma eventual troca. Para roupas e sapatos, por exemplo, a etiqueta deve ser mantida na peça e só retirada quando houver a certeza de que o produto não precisará ser trocado.

Compras pela internet

Quando se trata de uma compra feita pela internet, a legislação brasileira garante ao cliente direito de arrependimento no prazo de até sete dias, a contar da data do recebimento. Além disso, há a possibilidade de o produto chegar danificado ou não corresponder ao pedido feito. A devolução, nesses casos, pode ser feita e o dinheiro pago, restituído – inclusive o frete.

“Em caso de troca ou cancelamento, é importante guardar uma cópia dos contatos de e-mail e protocolos de ligações telefônicas, possibilitando a resolução de demandas. O lojista deverá arcar com todos os custos de devolução do produto”, explicou a diretora do Procon-ES, Denize Izaita Pinto.

Número de acidentes cai pela metade durante feriado de Natal

Publicidade
Publicidade

O número de acidentes nas rodovias estaduais reduziu em 52% no feriadão de Natal. De acordo com dados do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), foram registrados 48 acidentes nas estradas estaduais entre os dias 24 e 27 de dezembro, com três mortos. Em 2019, durante o feriado de Natal, foram 99 acidentes com 11 mortos. Na Costa Leste, não houve nenhuma morte nas rodovias estaduais e a redução de acidentes foi de 25%.

“Colocamos nosso pessoal na pista para fazer abordagens, fiscalizações e patrulhamento intenso desde o início do verão e, no feriado de Natal, o trabalho continuou firme para prevenir acidentes, feridos e mortes nas estradas estaduais”, destacou o Comandante do BPRv, tenente-coronel Wellenton Joserli Selmer. 

O balanço do BPRv aponta que, com menor movimento nas estradas e o trabalho intenso de orientação feito pelos policiais militares rodoviários, houve redução em todos os índices. Além da queda de acidentes (-52%) e de mortes (-73%), o número de pessoas feridas também reduziu no estado: de 131 caiu para 76, ou seja, uma queda de 42% em relação ao mesmo período do feriado de Natal de 2019.

O número de autuações de infrações de trânsito, feitas pelos policiais militares, também acompanharam a queda dos índices. Neste feriado houve 1.493 autos de infração, contra 2.025 aplicados no feriado anterior (-26%). Com relação ao crime de embriaguez ao volante, em quatro casos foi constatada a infração de embriaguez e em outras duas ocorrências, dois condutores acabaram presos pelo crime. Em 2019 foram 10 infrações e seis prisões por embriaguez ao volante durante o feriado de Natal. Nas abordagens, os policiais militares rodoviários removeram 66 veículos irregulares contra 219 no ferido do ano anterior.

Para combater o excesso de velocidade nas rodovias, equipes com radares móveis foram posicionadas em pontos estratégicos onde há maior incidência desse tipo de infração. O trabalho resultou em 3.569 imagens de radar, 1.493 imagens a mais do que no mesmo período do ano passado, quando foram 2.076, um aumento de 72%.

LITORAL – O Litoral do estado também foi alvo de operações do BPRv. Os quatro Postos Rodoviários de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná atuaram com reforço de policiamento e patrulhamento, inclusive com aplicação das motocicletas Harley Davidson. 

O trabalho preventivo resultou na redução de 25% nos acidentes (de 8 caiu para 6), sem nenhuma morte. Além disso, os policiais militares rodoviários lavraram três infrações por embriaguez ao volante e uma prisão pelo mesmo crime, 446 infrações diversas e 371 imagens por radar. As abordagens e verificações de veículos e condutores resultaram em 22 veículos retidos ao pátio.

No mesmo feriado do ano passado foram oito acidentes com três feridos e nenhuma morte, além de cinco infrações por embriaguez ao volante e três prisões pelo mesmo crime. Houve ainda a lavratura de 225 infrações diversas e 354 imagens por radar. As abordagens e verificações de veículos e condutores resultaram em 58 veículos retidos ao pátio.

Informações AEN.