Prefeitura fará testes com ônibus elétricos da fabricante Eletra

Prefeito Rafael Greca com o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, recebe a CEO da empresa Eletra, Milena Romano. Curitiba, 13/09/2022. Foto: Pedro Ribas/SMCS

A Prefeitura testará os ônibus elétricos da fabricante brasileira Eletra. O assunto foi tratado em reunião, nesta terça-feira (13/9), entre o prefeito Rafael Greca e a presidente da montadora, Milena Romano, no Palácio 29 de Março.

Os ônibus elétricos não geram emissões e ruído e são considerados o futuro da mobilidade nas grandes cidades. “O futuro já chegou e é elétrico. A nossa ideia é testarmos todos os tipos de ônibus elétricos do mundo para que possamos fazer nossa modernização da frota”, disse Greca.

A implantação de ônibus elétricos é base do Programa de Mobilidade Sustentável de Curitiba, que tem como âncora os projetos de evolução do transporte curitibano, do Inter 2 e Leste-Oeste, com financiamentos externos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do New Development Bank (NDB), respectivamente.

Única fabricante brasileira de ônibus 100% elétricos, a Eletra, com unidade industrial em São Bernardo do Campo (SP), vai disponibilizar um veículo de 15 metros para ser utilizado na região do Tatuquara no fim de setembro e outro, articulado, com 21,5 metros, para as linhas Inter 2 e no Interbairros 2, em novembro. Cada ônibus será testado por um período de 60 dias.

Os veículos têm chassis Scania e Mercedes-Benz, carroceria Caio e bateria e motores Weg. “Queremos colaborar com o município no sentido de trazer a eletromobilidade para o transporte coletivo da cidade”, disse Milena Romano, presidente da Eletra. A fábrica da empresa no ABC paulista tem capacidade para produzir 1,8 mil ônibus elétricos e híbridos por ano.

Testes técnicos

O presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), Ogeny Pedro Maia Neto, destaca que a Eletra é a primeira montadora a fazer os testes técnicos já no âmbito do Edital de Chamamento Público 001/2022 para Acordo de Cooperação Técnica Visando a Demonstração Operacional de Ônibus Elétricos no Município de Curitiba.

As demonstrações realizadas terão como finalidade fornecer subsídios técnicos e operacionais para futuras contratações e licitações do município.

Atualmente, apenas 4% da frota de ônibus da cidade funciona com energia limpa ou de baixa emissão. No médio prazo, até 2030, 33% da frota deverá operar com emissão zero; alcançando 100% até 2050, como parte do Plano de Ação Climática (PlanClima), a alinhado às ações globais de sustentabilidade.

“A eletromobilidade é uma realidade próxima e que trará inúmeros benefícios ao sistema, como a eficiência da operação, o conforto do passageiro e a melhoria da qualidade do ar”, pontua a assessora de investimentos do Ippuc, Ana Jayme.

Mês da Mobilidade

Curitiba marcou para setembro uma série de ações que celebram a mobilidade sustentável na capital. As atividades ocorrem de 16 a 29 e celebram também a Semana da Mobilidade, que inclui o Dia Mundial sem Carro, em 22 de setembro.

A programação inclui a demonstração do ônibus elétrico da chinesa Higer. A ação será lançada pelo prefeito Rafael Greca na próxima sexta-feira (16/9), no Parque Tanguá.  

Para a população, o modelo da Higer poderá ser conferido em viagens gratuitas, de hora em hora, nos dias 17 e 18. O ônibus fará a ligação entre o Terminal Campina do Siqueira e o Parque Barigui das 9h às 20h.

Já entre 19 e 23 de setembro, o ônibus fará viagens, com bilhetagem e pagamento por cartão transporte, de débito e crédito, em cinco linhas do transporte coletivo. A primeira linha que testará a tecnologia será a 801 Campina do Siqueira/Batel; no dia 19. No dia seguinte (20/9) será a vez da 380 Detran/Vicente Machado, seguida pela 617 Jardim Ludovica (21/9); 654 Campo Alegre (22/9) e 826 Campo Comprido/CIC (23/9).

Também participaram da reunião Mauricio Gulin, presidente da Viação Sorriso e do Setransp, Paulo Henrique da Rocha, pelo Setransp, Angelo Gulin, presidente da Redentor, e Clever Almeida, assessor de projetos estratégicos do Ippuc.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pizzaria da Mathilda lança novo sabor com promoção

Um novo sabor de pizza chegas às três unidades da Pizzaria da Mathilda nessa terça-feira – e com desconto. A Portuguesa mistura o sabor clássico ao estilo napolitano, com pizzas individuais, da rede que conquistou o público curitibano. O valor da pizza será R$ 42, mas no dia do lançamento (04/10), sairá pela metade do preço, tanto para consumo nas lojas (no Juvevê, Água Verde e Vicente Machado) quanto para retirada no balcão e venda no site.

A pizza Portuguesa, segundo as histórias, teria nascido no Brasil, quando imigrantes portugueses adicionaram ingredientes diferentes às pizzas feitas pelos imigrantes italianos. Na receita da Mathilda, os insumos clássicos se aliam ao estilo napolitano que consagrou a pizzaria curitibana. A massa de fermentação lenta, servida individualmente, recebe molho, presunto, basílico, cebola roxa, mozzarella, ovo caipira e azeitona preta.

O estilo napolitano da Pizzaria da Mathilda é celebrado como um dos mais tradicionais, sendo considerado patrimônio imaterial da humanidade pela UNESCO. A Mathilda conquistou o público curitibano ao seguir as regras dessa tradição com as pizzas individuais em sabores clássicos, como Marguerita, e também com criações originais. Renovando o cardápio, traz pedidas favoritas do público como a Portuguesa.

A nova pizza Portuguesa estreia nas três lojas no dia 04 de outubro. A Pizzaria da Mathilda conta com três unidades da rede em Curitiba: Vicente (Av. Vicente Machado, 859), Juvevê (R. Rocha Pombo, 265) e Água Verde (Av. dos Estados, 1066). As lojas abrem de terça-feira a domingo, das 18h às 23h. Além disso, os pedidos poderão ser feitos, também, pelo site www.pizzariadamathilda.com.br. Mais informações no perfil oficial no Instagram (@pizzariadamathilda).

Mercado Municipal Capão Raso tem aula de patinação gratuita em outubro

Mercado Municipal Capão Raso tem aula de patinação gratuita em outubro. Curitiba, 30/09/2022. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

A partir deste sábado (1/10), tem aula de patinação gratuita no Mercado Municipal Capão Raso (MMCR). O evento, batizado de Bora Patinar, vai até 28 de outubro e faz parte das comemoraçõs do mês da criança.

As aulas gratuitas de patinação são para crianças e adultos de todas as idades com a presença de professor regulamentado e monitores. Além disso, haverá kits especiais com patins e equipamentos de proteção gratuitos para uso durante as aulas.

A iniciativa do Mercado Municipal Capão Raso se soma às demais que a Prefeitura vem promovendo no âmbito do Curitiba Viva Bem, um conjunto de políticas públicas para promoção da saúde, bem-estar e qualidade de vida da população.

Centro de compras no bairro

O Mercado Municipal Capão Raso tem 89 lojas, oito bancas e quatro quiosques. O local permite a integração com o Terminal Capão Raso, que fica ao lado, por meio do cartão-transporte da Urbs.

O passageiro que sai do terminal pode acessar o mercado pela cabine de integração, fazer suas compras e retornar ao terminal, sem que seja necessário pagar uma nova tarifa dentro de um período de duas horas.

Serviço

As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, das 15h às 21h, e aos sábados, das 11h às 21h, na Rua Otto Cabel, 51, Novo Mundo.

Curitiba Viva Bem é uma política pública e uma das principais agendas da gestão do prefeito Rafael Greca, assim como a mobilidade urbana, sustentabilidade, empreendedorismo de impacto, cultura da inovação como processo social e cidade educadora. A importância da saúde e bem-estar para os curitibanos motivou a Prefeitura a mobilizar todas as áreas da gestão pública, que estão ampliando as ações de forma conjunta através do Curitiba Viva Bem.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba