Prefeitura de Curitiba faz contratação emergencial de 613 enfermeiros e técnicos

Começa na segunda-feira (19), às 20 horas, o prazo de inscrições para os interessados em participar do processo seletivo simplificado (PSS) para a contratação temporária e emergencial de enfermeiros e técnicos de enfermagem em saúde pública.

A inscrição poderá ser feita até as 17 horas do dia 23 de abril (sexta-feira), exclusivamente pelo site da Prefeitura de Curitiba, sem cobrança de taxa de inscrição. O participante deve escolher a função pública para a qual quer participar, para acessar os documentos correspondentes. Os editais também foram publicados no Diário Oficial desta quarta-feira (14).

O objetivo é contratar até 613 profissionais de saúde, sendo 155 enfermeiros e 458 técnicos de enfermagem em saúde pública. Todos devem ter registro no Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren-PR).

Desde o início da pandemia pelo novo coronavírus esta será a segunda vez que a Prefeitura de Curitiba abre o PSS para a contratação dos profissionais de enfermagem. Eles reforçarão as equipes no serviço municipal de saúde responsáveis pelo enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus.

Leitura do edital e do manual

A Secretaria de Administração e de Gestão de Pessoal alerta para que os candidatos interessados leiam com atenção o edital para o qual vão se candidatar. Há um edital para a função pública de Enfermeiro e outro para a de Técnico de Enfermagem em Saúde Pública.

Além disso, no site da Prefeitura de Curitiba, há um Manual do Candidato – PSS (Como se inscrever), que deve ser lido antes de o candidato fazer a inscrição. Para cada uma das duas funções existe também um campo com as dúvidas mais frequentes e que também poderá auxiliar os candidatos. Está no topo da página à direita junto ao edital do PSS de Enfermeiro e ao de Técnico de Enfermagem em Saúde Pública.

Além disso, no site da Prefeitura de Curitiba, há um Manual do Candidato – PSS (Como se inscrever), que deve ser lido antes de o candidato fazer a inscrição. Para cada uma das duas funções existe também um campo com as dúvidas mais frequentes e que também poderá auxiliar os candidatos. Está no topo da página à direita junto ao edital do PSS de Enfermeiro e ao de Técnico de Enfermagem em Saúde Pública.

Quem pode participar

Aqueles que participaram do PSS de 2020 e não foram convocados podem se inscrever para o PSS de 2021. Os que cumpriram seus contratos de trabalho pelo PSS em 2020 e 2021 também podem se inscrever.

De acordo com os editais, por causa da pandemia, fica impedida a contratação de pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, gestantes e as que enfrentam condições crônicas de saúde de natureza grave. As patologias estão mencionadas nos editais (anexo I).

Experiência profissional e cursos

Os participantes do PSS não farão provas, mas sua experiência profissional nos últimos 15 anos será levada em conta, desde que seja comprovada. Também serão pontuados se tiverem feito cursos como os relacionados ao enfrentamento da covid-19 .

No caso dos técnicos de enfermagem em saúde pública, terão pontuação se tiverem feito formação em cuidados com pacientes de UTI, urgência e emergência. Enfermeiros terão pontuação se fizeram cursos de pós-graduação lato sensu.

“Pedimos que os candidatos declarem aquilo que poderão comprovar, quando forem convocados. Se o profissional declara algo que não pode ser demonstrado, corre o risco de ser eliminado do PSS”, explica a superintendente de Gestão de Pessoal, Luciana Varassin.

Depois de finalizar a inscrição pelo site, deverá imprimir o comprovante de inscrição e aguardar as convocações, que serão feitas por editais publicados no Diário Oficial e no site da Prefeitura de Curitiba, além de outros meios como e-mail e telefone cadastrados no ato da inscrição e, se necessário, telegrama.

O início do processo de contratação será nas próximas semanas. Os candidatos serão convocados, de acordo com o dia e o horário da inscrição e com base naquilo que cada um declarar como experiência e formação profissional. A classificação final será divulgada dia 30/4.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 restaurantes de chefs famosos em Curitiba

Um roteiro pra lá de saboroso para você conhecer os pratos dos chefs mais famosos da cidade

Para quem aprecia a alta gastronomia, conhecer restaurantes de chefs conceituados e experimentar as delícias criadas por eles é um passeio inigualável. No Paraná, a chef Manu Buffara conquistou recentemente o título de 21ª melhor chef do mundo, pelo prêmio The Best Chef Awards, e está colocando Curitiba no mapa da gastronomia mundial.

Além de Manu, outros grandes nomes da gastronomia paranaense estão surpreendendo críticos nacionais e internacionais, entre eles os chefs Lênin Palhano, Ivan Lopes e Igor Marquesini. Confira uma lista com oito restaurantes de chefs famosos que você precisa conhecer em sua próxima viagem a Curitiba:

Obst: Inaugurado no em janeiro deste ano, o Obst. conquistou rapidamente o público com um menu criativo, extremamente saboroso e contemporâneo, além de uma coquetelaria de altíssimo nível. O empreendimento é o primeiro restaurante próprio do chef Lênin Palhano, grande nome da culinária paranaense nos últimos anos. Endereço: Alameda Prudente de Moraes, 983 – Centro.

Divulgação

Raulino Cozinha Autoral: O restaurante Raulino, comandado pelo chef André Raulino, oferece ao público um ambiente moderno com boa gastronomia, uma excelente carta de vinhos e drinks autorais. Endereço: R. Recife, 220 – Cabral.

Divulgação

Kitsune: Comandado pelo chef André Pionteke, curitibano que ganhou popularidade com a participação no Masterchef Profissionais 2018, o Kitsune trabalha com preparos inspirados em ingredientes locais da região da Mata Atlântica – bioma do litoral do Paraná – aliados às técnicas da culinária oriental. Endereço: R. Celeste Santi – Ahú.

Divulgação

Mukeka: Ivan Lopes é pernambucano, mas foi em Curitiba onde se consagrou como um dos melhores chefs da cena nacional, por suas criações servidas no restaurante Mukeka. Comida brasileira criativa inspirada na diversidade da gastronomia nacional e excelência de sabores. Endereço: R. Machado de Assis, 417 – Juvevê.

ASU: O chef Danilo Takigawa, participante do reality show de gastronomia Mestre do Sabor, inaugurou em agosto deste ano o seu restaurante solo, o ASU. No cardápio, pequenos pratos para compartilhar e comer inclusive com as mãos, sem separação entre entrada, prato principal e sobremesa, para que o cliente se sinta em um ambiente leve e descontraído. Endereço: Alameda Augusto Stellfeld, 813 – Centro.

Restaurante Igor: O Restaurante Igor serve uma cozinha contemporânea, direta e criativa. O chefIgor Marquesini oferece menu degustação com couvert, quatro opções de entrada, três pratos principais e duas sobremesas num ambiente moderno e descolado. Endereço: R. Gutemberg, 151 – Batel.

Quintana Gastronomia: Funcionando desde 2008, o Quintana Gastronomia é conhecido por sua proposta de cozinha de responsabilidade, baseado fortemente nos pilares da alta gastronomia, sustentabilidade e cultura. A frente do restaurante está a chef Gabriela Carvalho. Endereço: Av. do Batel, 1440 – Batel.

Restaurante Manu: Como o próprio nome já diz, Manu Buffara é a chef responsável pela cozinha do Restaurante Manu, o primeiro restaurante do Sul do Brasil a entrar para a lista dos 50 melhores restaurantes da América Latina. O empreendimento trabalha apenas com menu degustação de produtos frescos, com cardápio sazonal. Endereço: Alameda Dom Pedro II, 317 – Batel.

Divulgação

Em novembro, Curitiba recebe o maior festival de hambúrgueres do Brasil

Durante o mês de novembro, Curitiba recebe pelo terceiro ano consecutivo, o maior festival de burgers do Brasil, o Burger Fest! O evento está na sua 16ª edição e reúne restaurantes, bares e hamburguerias, que promovem simultaneamente a cultura do burger de qualidade no formato presencial, delivery e take out.

O festival já atingiu a marca de mais de 1,5 milhão de hambúrgueres consumidos, com aproximadamente 1.000 restaurantes espalhados pelo Brasil, gerando um valor de R$ 150 milhões em vendas. A criação e organização do Burger Fest é da Agência KRP que também assina os festivais Brunch Weekend, Sanduweek, Food Delivery Series e Semana do  Hambúrguer.

Serviço 16ª Burger Fest

01 a 30 de novembro de 2021

*Os restaurantes participantes serão divulgados em breve