Pouca água e muita produtividade: Itaipu chega à marca de 40 milhões de MWh gerados em 2020

Em um ano com cenário hídrico desfavorável, mas marcado por recordes de produtividade (fazer mais com menos), a usina de Itaipu chega nesta quarta-feira (8) à produção acumulada de 40 milhões de megawatt-hora (MWh) em 2020.

Este montante de energia seria suficiente para atender o mundo todo por 15 horas e meia; o Brasil por um mês e o Paraguai por dois anos e nove meses. Ainda para ficar nos comparativos, a energia de Itaipu produzida em 2020 atenderia ao consumo do Estado do Paraná por um ano e três meses. E, por um ano, seria suficiente para atender 68 cidades do porte de Foz do Iguaçu (260 mil habitantes).

Outros dados levantados pela área técnica da usina mostram a importância de Itaipu no setor elétrico brasileiro. Os 40 milhões de MWh corresponderiam a cinco vezes a geração da usina de Xingó em 2019. Ou, ainda, a 1,4 vez a geração total da usina hidrelétrica de Tucuruí, a que mais produziu no País em 2019 (25 milhões de MWh).

Outros comparativos, até esse momento, entre a produção de Itaipu e das maiores usinas brasileiras, em 2019:

•        1,6 vez a geração da usina de Belo Monte;

•        2,4 vezes a geração da usina de Jirau;

•        2,3 vezes a geração da usina de Santo Antônio;

•        3,1 vezes a geração da usina de Ilha Solteira.

Em relação à produção de usinas internacionais em todo o ano passado, esse volume só foi superado pelas chinesas Três Gargantas e Xiluodu.

“Itaipu tem um papel primordial no desenvolvimento do Brasil e do Paraguai. Mesmo com a queda no consumo de eletricidade por causa da pandemia do novo coronavírus, nossos índices de produção e produtividade têm sido excelentes”, ressaltou o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

Segundo Silva e Luna, isso se deve a dois fatores principais. “O primeiro é a atuação da equipe de trabalho da usina, brasileiros e paraguaios que se unem para garantir a excelência; o outro, a qualidade das máquinas e o sistema de gestão da área técnica.”

Produtividade

Para o diretor técnico executivo, engenheiro Celso Torino, se a produção foi boa, apesar das condições hidrológicas pouco favoráveis, a produtividade alcançada no primeiro semestre de 2020 foi a maior de todos os tempos: 1,0881 megawatt médio produzido a cada metro cúbico de água que passou pelas turbinas da usina por segundo.

O resultado é 2% superior ao mesmo período em 2019 e demonstra a eficiência no uso da água, em um ano em que esta matéria-prima foi bastante escassa – a afluência foi 12% inferior à observada no mesmo período em 2019, o pior cenário do histórico 1983-2020.

Já o índice de disponibilidade das unidades geradoras – ou seja, a porcentagem do tempo em que as máquinas ficaram disponíveis para serem usadas – foi de 97,24% no semestre, bem acima do valor de 94% estipulado como meta empresarial.

Outro indicador, o de indisponibilidade forçada – quando as unidades geradoras precisam entrar para manutenção de forma não prevista – ficou em 0,07%, muito abaixo dos 0,5% usados como referência.

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, 2,7 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de aproximadamente 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

Casa Eliseu Voronkoff reúne artes visuais e música na próxima sexta-feira

Carioca, nascida em 1961, Clara Luhm é uma adoradora das artes desde pequena. Pesquisa, estuda e experimenta muitas técnicas. A mãe estudou na faculdade de Belas Artes no Rio de Janeiro, com Poty Lazarotto, o que iniciou seu interesse pelas artes. Estudou com Andrade Lima (desenho e pintura); Fernando Calderari e Elvo Benito (gravura em metal, litogravura e xilogravura); Maria de Lourdes Zanelatto (aquarela e acrílico aquarelado); Ana Muller (aquarela); casa Alfredo Andersen (desenho).
Participou de exposições com obra premiada na Câmara Municipal de Curitiba, Casa Alfredo Andersen, ABO e Solar do Rosário, entre outros espaços.

A música ficará por conta do Grupo Vocal Curitibôcas, do qual Caita e Ana Paula Frazão, gestora da Casa Eliseu Voronkoff são integrantes. O grupo é formado por 16 participantes, que atuam em diferentes profissões. Sob a regência de Dirceu Saggin, o Curitibôcas, que estreou em 1998, tem seu repertório voltado para a Música Popular Brasileira e realiza um encontro de timbres variados e um diálogo musical, conferindo ao trabalho uma sonoridade única com esmero e acuidade das vozes. E já realizou inúmeros shows e apresentações, inclusive fora do país, tendo se apresentado na Argentina e em Portugal.

O evento será gratuito. A Casa Eliseu Voronkoff fica na Rua Julieta Vidal Ozório, 413 Centro Araucária.

Serviço:

Abertura da Exposição O Mundo em Cores e Luzes, de Caita Luhm, com a participação do Grupo Vocal Curitibôcas.

12 de agosto de 2022, 19h

Casa Eliseu Voronkoff – Rua Julieta Vidal Ozório, 413 Centro Araucária.

Evento Gratuito

Informações: 41 3031 5355 – 41 99850 6246

Shopping da RMC levará um cliente e acompanhante para assistir a Copa no Catar

Catar

O Mundial de futebol no Catar será um evento único e o Shopping São José preparou uma promoção exclusiva para os seus clientes. Durante os meses de agosto e setembro, quem comprar nas lojas do shopping, poderá concorrer a uma oportunidade de viver essa experiência ao vivo. A ação, pensada para o Dia dos Pais e aniversário do empreendimento, acontece entre 05 de agosto e 25 de setembro.

A cada R$200 reais em compras, o cliente tem direito a um cupom que deve ser retirado no posto de autoatendimento localizado no Piso L2 e depositado na urna do posto de trocas até o dia 25 de setembro. As notas fiscais são cumulativas, portanto as compras podem ser realizadas em lojas diferentes. O sorteio acontecerá no dia 26 de setembro.

“Para os meses de agosto e setembro decidimos trabalhar com uma campanha maior, que terá duração de 52 dias. O objetivo é surpreender o nosso público e cativar a atenção de novos clientes”, afirma Talita Schueroff Dallmann, gerente de marketing do Shopping São José.

Neste ano, além das 133 lojas participantes, quatro cervejarias são-joseenses serão patrocinadoras da promoção: Nut Bier, Ol Beer, Will Brewery CO. e Remenbier. Elas estarão em um espaço especial no piso L2, comercializando cervejas de garrafa e chopps artesanais. “Além de estarem dentro da promoção, é uma ótima opção para que nossos visitantes conheçam estes rótulos locais”, comenta Talita.

Além dos ingressos, o prêmio engloba o pacote Match Hospitality (programa oficial do evento). Nele estão inclusas as passagens de ida e volta na categoria econômica, a estadia de 4 noites em um hotel 5 estrelas, bem como a participação no evento “Macth Day”, transporte e o acompanhamento de guias brasileiros.

Serviço

Campanha: Shopping São José leva você ao Catar

Período de compras para participação: 05/08 a 25/09

Sorteios: 26 de setembro

Para participar: A cada R$200 em compras, o cliente troca por um cupom para concorrer 1 (uma) viagem com acompanhante para assistir o Mundial de Futebol no Catar

Mais informações: www.shoppingsaojose.com.br