Pouca água e muita produtividade: Itaipu chega à marca de 40 milhões de MWh gerados em 2020

Em um ano com cenário hídrico desfavorável, mas marcado por recordes de produtividade (fazer mais com menos), a usina de Itaipu chega nesta quarta-feira (8) à produção acumulada de 40 milhões de megawatt-hora (MWh) em 2020.

Este montante de energia seria suficiente para atender o mundo todo por 15 horas e meia; o Brasil por um mês e o Paraguai por dois anos e nove meses. Ainda para ficar nos comparativos, a energia de Itaipu produzida em 2020 atenderia ao consumo do Estado do Paraná por um ano e três meses. E, por um ano, seria suficiente para atender 68 cidades do porte de Foz do Iguaçu (260 mil habitantes).

Outros dados levantados pela área técnica da usina mostram a importância de Itaipu no setor elétrico brasileiro. Os 40 milhões de MWh corresponderiam a cinco vezes a geração da usina de Xingó em 2019. Ou, ainda, a 1,4 vez a geração total da usina hidrelétrica de Tucuruí, a que mais produziu no País em 2019 (25 milhões de MWh).

Outros comparativos, até esse momento, entre a produção de Itaipu e das maiores usinas brasileiras, em 2019:

•        1,6 vez a geração da usina de Belo Monte;

•        2,4 vezes a geração da usina de Jirau;

•        2,3 vezes a geração da usina de Santo Antônio;

•        3,1 vezes a geração da usina de Ilha Solteira.

Em relação à produção de usinas internacionais em todo o ano passado, esse volume só foi superado pelas chinesas Três Gargantas e Xiluodu.

“Itaipu tem um papel primordial no desenvolvimento do Brasil e do Paraguai. Mesmo com a queda no consumo de eletricidade por causa da pandemia do novo coronavírus, nossos índices de produção e produtividade têm sido excelentes”, ressaltou o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

Segundo Silva e Luna, isso se deve a dois fatores principais. “O primeiro é a atuação da equipe de trabalho da usina, brasileiros e paraguaios que se unem para garantir a excelência; o outro, a qualidade das máquinas e o sistema de gestão da área técnica.”

Produtividade

Para o diretor técnico executivo, engenheiro Celso Torino, se a produção foi boa, apesar das condições hidrológicas pouco favoráveis, a produtividade alcançada no primeiro semestre de 2020 foi a maior de todos os tempos: 1,0881 megawatt médio produzido a cada metro cúbico de água que passou pelas turbinas da usina por segundo.

O resultado é 2% superior ao mesmo período em 2019 e demonstra a eficiência no uso da água, em um ano em que esta matéria-prima foi bastante escassa – a afluência foi 12% inferior à observada no mesmo período em 2019, o pior cenário do histórico 1983-2020.

Já o índice de disponibilidade das unidades geradoras – ou seja, a porcentagem do tempo em que as máquinas ficaram disponíveis para serem usadas – foi de 97,24% no semestre, bem acima do valor de 94% estipulado como meta empresarial.

Outro indicador, o de indisponibilidade forçada – quando as unidades geradoras precisam entrar para manutenção de forma não prevista – ficou em 0,07%, muito abaixo dos 0,5% usados como referência.

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, 2,7 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de aproximadamente 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

OS BARÕES DA PISADINHA E ATITUDE 67 EM GUARATUBA

Fenômeno musical do momento, Os Barões da Pisadinha fazem sua estreia na melhor programação de verão do litoral paranaense.  Rodrigo Barão (voz) e Felipe Barão (teclado) desembarcam nas areias de Guaratuba na sexta, dia 21 de janeiro, para animar a galera em uma das noites mais esperadas do Verão 2022 do Café Curaçao (R: Brejatuba, 500). A casa abre às 21h30.

A carreira dos músicos deu um salto nos últimos anos e Os Barões da Pisadinha realizaram recentemente uma turnê pelos Estados Unidos, comprovando o sucesso de hits como “Tá Rocheda”, “Recairei”, “Meia noite”, “Unha de Gel” e “Esquema preferido”, que vão estar no set list do show. No Réveillon 2021, Os Barões da Pisadinha tiveram a música mais tocada no mundo. Segundo serviço de streaming, entre o dia 31 dezembro e 1 de janeiro, “Recairei” foi a canção mais executada no planeta.

E, claro, já são sucesso entre os jovens na internet: com mais de um milhão de ouvintes mensais no Spotify, os Barões estão no Top 100 de artistas dentro da plataforma no Brasil e têm várias músicas com pelo menos 2,5 milhões de plays na plataforma. Além disso, vídeos de usuários no YouTube com a música da banda chegam a 60 milhões de views.

Os Barões saíram de Heliópolis, na Bahia, para conquistar o país: hoje, eles não fazem menos de vinte shows por mês. Só em novembro, foram 33 apresentações marcadas. Em outubro, foram 24 e em setembro, 31. E não há limites geográficos para o sucesso: em Tocantis, na cidade de Porto Nacional, cantaram para mais de 30 mil pessoas; em Parauapebas, no Pará, se apresentaram para um público igual. E até as fronteiras já ultrapassaram: Neymar, em Paris, já dançou ao som de Tá Rocheda, outro sucesso de Felipe e Rodrigo.

Os ingressos estão disponíveis e variam a partir de Pista – R$80,00 (meia-entrada) + taxa adm/ Área Vip – R$160,00 (meia-entrada) + taxa adm. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Enquanto isso no sábado, dia 22 de janeiro, uma mistura de pagode com elementos do samba, rap, reggae e funk vai ditar o ritmo no Café Curaçao Guaratuba (Av. Brejatuba, 500). Atitude 67 vai levantar o público com a grande festa que acontece no beach club. Todo o astral já começa, a partir das 21h30, no deck à beira-mar com músicos convidados.

Se Mato Grosso do Sul tem fama de ser o celeiro do universo sertanejo — de lá vieram nomes como Luan Santana e Michel Teló —, a banda Atitude 67 está aí pra provar que as coisas mudaram. As músicas “Cerveja de Garrafa” e “Saideira” não só caíram no gosto do público como chamaram a atenção de ninguém menos do que Thiaguinho. O cantor é um dos empresários da banda e, inclusive, gravou uma versão de um dos sucessos do Atitude 67, divindo os vocais com os músicos. Além disso, ele gravou uma canção composta pelo grupo (Seu Tom).

Além de apresentarem novo trabalho, não ficarão de fora sucessos como ‘Tudo ao Contrário’, ‘Casal do Ano’, ‘Vou Te Escrever Um Rap’ e ‘Tá Gostando Mais ou Menos’.

Os ingressos estão disponíveis e variam a partir de Pista – R$50,00 (meia-entrada) + taxa adm/ Área Vip – R$100,00 (meia-entrada) + taxa adm. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Os ingressos estão à venda através do www.diskingressos.com.br , bilheteria do Café Curaçao e demais pontos de venda. O pagamento pode ser feito em até 3x pelo cartão de crédito. Pessoas VACINADAS com pelo menos 1 dose pagam meia-entrada. A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Clientes Clube Prime e Clube Disk Ingressos possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei.  Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. Os ingressos podem ser adquiridos através do Disk Ingressos (Ventura Shopping – de segunda a sexta, das 11hs às 22hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), bilheteria do Café Curaçao (das 11 às 20h), Guarasurf (Caiobá e Guaratuba), Crocosfiha (Guaratuba), Red Point (Garuva),  DVICZ (Paranaguá), Maxi Mundial (Praia de Leste,  Caiobá, Morretes e Paranaguá), Óticas Diniz (Joinville, Londrina, Jaraguá do Sul, Francisco Beltrão, Ibiporã, Apucarana, Arapongas, Cambé e Rolândia), Posto Dubai e Canadá (Maringá), Lojas Havaianas (Cascavel), Livraria Verbo (Ponta Grossa), Rede Farma (Umuarama), Casa Ajita (Foz do Iguaçu) e Royal Comércio de Roupas (Campo Largo). É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada da casa.

SERVIÇO:
VERÃO 2022 CAFÉ CURAÇAO GUARATUBA
OS BARÕES DA PISADINHA
LOCAL: 
Café Curaçao (Av. Brejatuba,500)
OS BARÕES DA PISADINHA
Quando:
 21 de janeiro de 2022 (Sexta)
Horário: a partir das 21h30
Ingressos: variam a partir de Pista – R$80,00 (meia-entrada) + taxa adm/ Área Vip – R$160,00 (meia-entrada) + taxa adm. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
Pessoas VACINADAS com pelo menos 1 dose pagam meia-entrada.
A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Clientes Clube Prime e Clube Disk Ingressos possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. 
Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada da casa.

ATITUDE 67
Quando:
 22 de janeiro de 2022 (Sábado)
Horário: a partir das 21h30
Ingressos: variam a partir de Pista – R$50,00 (meia-entrada) + taxa adm/ Área Vip – R$100,00 (meia-entrada) + taxa adm. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
Pessoas VACINADAS com pelo menos 1 dose pagam meia-entrada.
A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Clientes Clube Prime e Clube Disk Ingressos possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. 
Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada da casa.

Forma de pagamento: dinheiro, crédito em até 3x e Pix

Pontos de Venda:  Disk Ingressos (Ventura Shopping – de segunda a sexta, das 11hs às 22hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), bilheteria do Café Curaçao (das 11 às 20h), Guarasurf ( Caiobá e Guaratuba), Crocosfiha (Guaratuba), Red Point (Garuva),  DVICZ (Paranaguá), Maxi Mundial (Praia de Leste,  Caiobá, Morretes e Paranaguá), Óticas Diniz (Joinville, Londrina, Jaraguá do Sul, Francisco Beltrão, Ibiporã, Apucarana, Arapongas, Cambé e Rolândia), Posto Dubai e Canadá (Maringá), Lojas Havaianas (Cascavel), Livraria Verbo (Ponta Grossa), Rede Farma (Umuarama), Casa Ajita (Foz do Iguaçu) e Royal Comércio de Roupas (Campo Largo).
Censura: 16 anos (de 12 a 16 anos somente com os pais ou acompanhado por um responsável maior de 18 anos).
Informações para o público: 41 33150808 / 41 98117532 (Whatsapp bilheteria)

Limite entre Curitiba e Fazenda Rio Grande pode mudar; entenda

O limite entre as cidades de Curitiba e Fazenda Rio Grande pode mudar, para corresponder oficialmente ao curso do rio Iguaçu, que teve seu canal retificado anos atrás, alterando seu traçado original. Os poderes Executivos dos dois municípios concordam com a alteração, que precisa do aval dos vereadores das duas cidades para ser submetida à ratificação dos deputados da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Na Câmara Municipal de Curitiba (CMC), a proposta está sendo discutida nas comissões, para depois ser votada em plenário.

O projeto de lei do Executivo foi recebido pela CMC no dia 8 de novembro e possui apenas dois artigos, referendando o novo limite entre os municípios (005.00297.2021). Na justificativa, assinada pelo prefeito Rafael Greca, a gestão explica que o acordo é resultado de um estudo interinstitucional liderado pela Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba), com a participação do IAT (Instituto Água e Terra), que são órgãos do Governo do Paraná.

O novo limite, conforme o documento anexado à proposição, começaria “no eixo do Rio Iguaçu retificado, na foz do Rio Mauricio, no ponto com coordenadas no sistema de projeção UTM, Datum Horizontal SIRGAS2000, meridiano central 51ºWGr N = 7.162.826,62 e E = 664.667,17, tríplice fronteira entre os Municípios de Fazenda Rio Grande, Curitiba e Araucária. Segue deste ponto a montante pelo eixo do Rio Iguaçu retificado até a foz do Rio Despique, no ponto com coordenadas N = 7.166.515,42 e E = 673.166,28, que representa a tríplice fronteira entre os Municípios de Fazenda Rio Grande, Curitiba e São José dos Pinhais”.

Curitiba e São José dos Pinhais

Há dois anos, a CMC avalizou a mudança de limite entre a capital e São José dos Pinhais, gerando a lei municipal 15.743/2020. Com o ajuste, o Parque São José, que possuía grande parte de sua área dentro de Curitiba, passou a pertencer integralmente a São José dos Pinhais. E a capital incorporou à Reserva do Cambuí, que já fica em seu território, uma área adjacente localizada entre o antigo leito do Rio Iguaçu e o Canal Extravasor (paralelo ao rio).