Polícia fecha 15 estabelecimentos em Curitiba durante feriado de Natal

A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), coordenada pela Polícia Militar fechou 15 estabelecimentos comerciais em Curitiba durante o feriado de Natal. A ação, realizada para conter a perturbação de sossego e garantir o cumprimento do decreto estadual de combate ao COVID-19, atuou em Curitiba e no Litoral entre os dias 23 e 27 de dezembro. 

A Ação é composta por equipes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Vigilância Sanitária, em uma parceria entre Governo do Estado e prefeitura de Curitiba. No litoral paranaense, a AIFU atuou com Patrulha do Sossego.

De acordo com o balanço, as equipes fiscalizaram, em Curitiba, 20 pontos nos três dias de operação, sendo que 15 foram fechados. Segundo informações da AIFU, 23 pessoas foram abordadas e quatro delas foram detidas. Um adolescente foi apreendido. 

Outras duas pessoas foram encaminhadas para a lavratura de termo circunstanciado. No total, 597 objetos foram apreendidos durante a operação. 

Dentre os locais fechados pela Operação AIFU estava um estabelecimento com fins de jogo de azar – bingo clandestino, no bairro do Rebouças. No local foram apreendidos 17 computadores (apenas CPU), 14 monitores LCD, nove aparelhos de televisão de LED, sete controles de TV, 19 teclados, uma impressora, dois painéis multimídias, uma roleta com tabuleiro de bingo e R$ 3.239,00. Uma pessoa foi encaminhada para a lavratura de termo circunstanciando.

LITORAL – Nas cidades de Matinhos e Guaratuba também houve ações da AIFU, mas voltadas à Patrulha do Sossego. No último sábado e domingo, foram dez atendimentos a partir do 190, que resultam em 12 pessoas abordadas, das quais seis foram detidas. Deste total, cinco assinaram termo circunstanciado, e tiveram seus aparelhos de som apreendidos. 

Informações AEN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FCC prorroga prazo de inscrições para atores e atrizes nos espetáculos de Natal

A Fundação Cultural de Curitiba prorrogou até sexta-feira (15/10) o edital de contratação de atores e atrizes para os espetáculos do Natal de Luz 2021.

O edital tem até 85 vagas para as apresentações artísticas que integrarão a programação de espetáculos do Natal da cidade prevista para o período de 21 de novembro a 30 de dezembro.

Os cachês previstos são de até R$ 5.250, para cerca de 35 dias de trabalho (atuação e ensaios). As inscrições estão abertas no Sisprofice até meio dia desta sexta-feira.

odem se inscrever atrizes e atores com MEI (Microempreendedor Individual), EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada) ou Microempresa.

Além da documentação, a seleção será feita também observando critérios de performance cênica, portfólio e currículo, avaliados por uma comissão técnica formada por funcionários da Fundação Cultural de Curitiba.

Todas as informações e regras para participação estão descritas nos editais, disponíveis no site da Fundação Cultural de Curitiba. Mais informações podem ser obtidas também pelo e-mail: comissaodechamamentodac@curitiba.pr.gov.br

Motoristas entram em greve e São José dos Pinhais amanhece sem ônibus

Motoristas de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, iniciaram na manhã desta quinta-feira (14) uma greve de ônibus por tempo indeterminado na empresa Sanjotur. Os funcionários não receberam parte do salário que deveria ter caído na conta na última sexta-feira (8).

A empresa opera mais de dez linhas de ônibus urbanas e rurais, portanto não houve parada em coletivos que fazem a integração com a capital e cidades metropolitanas. De acordo com Ricardo Ribeiro, diretor do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região (Sindimoc), os trabalhadores não aguentam mais a situação.

“É um problema que se arrasta desde fevereiro. Em maio já houve uma negociação, quando os motoristas aceitaram receber o pagamento em quatro vezes durante o mês. Agora, novamente, este problema grave, porque o pagamento era para ter caído na véspera do feriado e até agora nada”

De acordo com o sindicalista, a greve é por tempo indeterminado e uma nova rodada de negociação está marcada para a tarde.

“É preciso uma solução para essa situação, porque os 85 motoristas da empresa, que não tem cobradores, não aguentam mais. Haverá uma nova rodada de negociação ainda hoje, com a empresa e Prefeitura de São José dos Pinhais, para se buscar uma solução definitiva”

Ainda segundo Ribeiro, a empresa problemas financeiros devido à pandemia de covid-19. O espaço está aberto para posicionamento da Sanjotur e da Prefeitura de São José dos Pinhais.

Informações Banda B