Para segurança nas férias, Saúde orienta vacinar contra febre amarela

Antes de curtir as férias a Saúde orienta vacinar contra a febre amarela

Para aproveitar o verão e as férias com segurança, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) reforça o pedido para a vacinação a partir dos nove meses de vida para quem ainda não foi vacinado.

Com as temperaturas mais altas e as viagens de férias, também aumenta a preocupação das instituições de saúde com algumas doenças que circulam com maior intensidade no verão, entre elas a febre amarela.

A vacina contra a febre amarela é gratuita e está disponível na vacinação de rotina de 107 unidades de saúde de Curitiba. Acesse a lista, com endereço e horários dos pontos de vacinação, no site Imuniza Já Curitiba.

A orientação é que a vacina contra febre amarela seja tomada com antecedência mínima de 10 dias antes da viagem para regiões de matas e estados ou países com a circulação do vírus.

Alguns destinos internacionais exigem a apresentação do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) da febre amarela, moradores de Curitiba podem solicitar o documento pela Central Saúde Já Curitiba.

Monitoramento

Embora Curitiba siga livre da circulação do vírus, ele já foi identificado em algumas regiões de mata do Paraná.  Em 2019, Curitiba registrou quatro casos importados de febre amarela do tipo “silvestre” – que é a forma como a doença vem ocorrendo no país.

O Paraná segue em alerta com relação a doença. Segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) no novo ciclo de monitoramento da doença já foi confirmada a primeira morte de macaco por febre amarela (epizootia) em setembro de 2021, outros casos ainda estão em investigação.

Esquema vacinal

Atualmente, para pessoas entre 5 e 59 anos de vida, nunca vacinadas anteriormente, o imunizante contra a febre amarela é aplicado em dose única e tem validade por toda a vida.

Em menores de cinco anos, a vacina é aplicada aos 9 meses de vida, com uma dose de reforço aos 4 anos de idade.

Até 2017, o Ministério da Saúde determinava a vacinação em Curitiba apenas àqueles que iriam se deslocar para área de risco em outros estados. Com o avanço da doença no país e nas regiões Sudeste e Sul, a partir de 2018 a vacina foi incluída no calendário de vacinação de rotina das crianças, sendo recomendada uma dose única aos 9 meses de idade.

“Desde, então, portanto, a vacina passou a ser recomendada também a todos em Curitiba que têm mais de nove meses, independentemente se vão se deslocar para área de risco”, explicou o diretor do Centro de Epidemiologia da SMS, Alcides Oliveira.

Como consultar

Caso a pessoa não tenha certeza se já foi imunizada, basta verificar se há registro na carteira vacinal no Saúde Já, disponível para smartphones e tablets com os sistemas operacionais Android e iOS.

A outra alternativa é procurar a unidade de saúde mais próxima de casa.

Já as pessoas com mais de 60 anos, gestantes e mães que amamentam bebês menores de seis meses precisam de avaliação clínica para confirmar a indicação ou contraindicação da vacina.

A imunização é contraindicada para pessoas com febre alta, deficiência do sistema imunológico ou que tenham histórico de reação alérgica grave aos componentes da vacina, como ovo e gelatina.

Febre Amarela

Transmitida por algumas espécies de mosquitos, a febre amarela é considerada uma doença sazonal do verão, geralmente com aumento de casos entre dezembro a maio. Nesse período, com altas temperaturas e dias de chuvas os mosquitos se reproduzem com mais intensidade.

Ao contrário do que alguns pensam, os macacos não transmitem a doença para o homem, eles servem de “sentinela”, uma vez que alerta sobre a aproximação do vírus, transmitido pela picada dos mosquitos Haemagogus e Sabethes na febre amarela silvestre e pelo Aedes aegypti e Albopictus na febre amarela urbana, que não tem registro no Brasil desde 1942.

Sintomas

1ª fase – período de infecção: febre, calafrios, dores pelo corpo, náuseas e vômitos, sintomas comuns a várias outras doenças, como leptospirose e dengue.

2ª fase – período tóxico: febre, icterícia (pele e olhos amarelados, daí o nome febre amarela), urina escura, dores abdominais, hemorragias e outras complicações.

Prevenção

Além da vacinação, é importante combater o vetor (mosquito) que transmite o vírus, da doença; evitar áreas de mata com registros da doença. No caso de necessidade de adentrar em regiões de matas, mesmo vacinado, use repelentes e dê preferência para roupas claras, que cubram a maior parte do corpo – calça e manga longa.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como economizar no volta às aulas?

Para muitas famílias o início do ano pode se tornar um verdadeiro período de acúmulo de gastos. Além das tradicionais despesas com o período de festas e férias, logo em janeiro já tem o pagamento de taxas e impostos, como IPTU e IPVA. Sendo que, somado a isso, ainda é preciso pagar, caso tenha filhos, a renovação de matrícula e a compra dos materiais escolares. 

De acordo com a Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares, o aumento no preço dos materiais escolares pode variar de 15% a 30% em 2023. E entre os itens de maior diferença está a caneta esferográfica, cadernos e mochilas, que estão com cada vez mais variedades de itens no mercado.

Por isso, é importante pesquisar um pouco antes. E, aliado a isso, você também pode aproveitar as vantagens de cartões de benefício consignado, como o Credcesta, que oferecem juros abaixo dos praticados pelo mercado. 

Para te ajudar nessa missão, separamos algumas dicas. Confira: 

Reaproveite material 

Que tal dar uma revisada no que sobrou do ano passado e está em condições de uso? Antes de ir às compras, verifique quais dos produtos da lista de material escolar você já tem em casa. Além disso, invista na troca de livros didáticos. 

Não compre por impulso

É sempre importante determinar o orçamento que você tem para a compra dos materiais. Além disso, dê uma caminhada e visite algumas livrarias e papelarias antes de efetivamente comprar os itens. Compare os preços. Com cuidados simples é possível gerar uma economia bem significativa. 

Não leve as crianças na hora de comprar 

Sabe aquela máxima de não fazer compras no mercado quando está com fome? Essa dica segue a mesma linha de raciocínio. Os olhinhos dos pequenos brilham com tantas opções e, muitas vezes, é difícil resistir aos apelos de compra. 

Refaça a lista de materiais 

Normalmente as escolas compartilham uma lista gigante de itens para o ano letivo. Só que ela pode ser dividida entre “itens obrigatórios” e “itens complementares”. Se a ideia for economizar, dê prioridade para os produtos essenciais e aposte na simplicidade.

Cartão de Benefício Consignado – Credcesta

Os servidores ativos, aposentados e pensionistas do Paraná já podem solicitar o Cartão de Benefício Consignado Credcesta. Sem cobrança de anuidade, o cartão ainda oferece diversas vantagens como: acesso ao “Saque Fácil”, para ser utilizado de acordo com as necessidades do dia a dia; cartão de crédito para compras em milhares de estabelecimentos físicos e online, no Brasil e exterior, com a credibilidade da bandeira Visa. E mais, possibilidade de pagamento em até 60 meses. Para solicitar ou ativar o cartão, basta ligar para Central de Atendimento no 0800 729 0660, ou acessar www.credcesta.com.br, para mais informações.

De Gilsons a orquestra barroca, veja as atrações desta sexta da Oficina de Música de Curitiba

O trio Gilsons, um dos grandes sucessos da cena atual da MPB, é o destaque desta sexta-feira (3/2) na 40ª Oficina de Música de Curitiba. Formada por netos e filhos de Gilberto Gil, a banda apresentará músicas que mesclam influências de pop rock, samba, reggae, rap, funk, ritmos baianos e eletrônicos, além de referências à MPB clássica do pai e do avô.

A banda que despontou pelo sucesso da música “Várias Queixas” fecha a programação do dia, no grande auditório do Teatro Guaíra. Antes disso, o público poderá conferir outras atrações de música brasileira e também erudita na Capela da Glória, no auditório Regina Casillo, no Teatro Cleon Jacques, na Capela Santa Maria e no Memorial de Curitiba, que na sexta-feira dá início à maratona de shows que tomará conta do Largo da Ordem durante todo o sábado e domingo.

Veja as atrações desta sexta-feira na 40ª Oficina de Música de Curitiba

Quarteto de Clarinetes do Paraná – Paran4

O Quarteto de Clarinetes do Paraná – “Paran4 ” é um grupo dedicado a executar todos os tipos de música para a formação, com maior aproveitamento na diversidade de repertórios para este instrumento. Dominam diferentes estilos de repertório de música moderna, clássica, popular brasileira e popular internacional.

12h30 – Capela da Glória

Av. João Gualberto, 565 – Alto da Glória

Gratuito

Recital Lírico

Com os cantores Vitorio Scarpi – tenor, Ornella de Luca – soprano, Ana Paula Machado – soprano,  Priscila Malanski Felix – piano. No programa, árias das grandes óperas como: La Boheme, Don Pasquale, La Traviata, Manon, Viúva Alegre dos compositores Giuseppe Verdi, Charles Gounod, Giacomo Puccini e Franz Léhar.

18h – Auditório Regina Casillo

R. Lourenço Pinto, 500 – Centro

Gratuito

Concerto Orquestra Barroca

Concerto dos alunos dos cursos de Música Antiga da 40ª Oficina de Música de Curitiba. Orquestra barroca, com instrumentos de época.

19h – Capela Santa Maria

R$ 35 e R$ 17 (Compra de ingresso pelo site www.minhaentrada.com.br)

Rua Conselheiro Laurindo, 274 – Centro

Show “Transborda” – Rubia Divino

Uma das vozes mais interessantes da cena musical atual, Rubia Divino explora em sua música elementos do jazz, música contemporânea, afrobeat, samba e maracatu, ressignificando temáticas da cultura afro-brasileira.

19h30 – Teatro Cleon Jacques – Memorial Paranista

R. Mateus Leme, 4.700 – São Lourenço

Gratuito

Histórias de Francisco – Grupo Brasileiro

O grupo, mantido pela Fundação Cultural de Curitiba, interpreta canções de Chico Buarque que contam uma história. Com os personagens inesquecíveis das canções, este show levará o espectador, além das melodias e harmonias geniais, para o encantador mundo da narrativa crônica de Francisco Buarque de Holanda.

19h – Teatro da Reitoria

R$ 35 e R$ 17,50 (Compra de ingresso pelo site www.minhaentrada.com.br)

R. XV de Novembro, 1299 – Centro

Gilsons

O trio Gilsons, formado em 2018, é a parceria musical de Francisco, João e José Gil, respectivamente netos e filho de Gilberto Gil. O trio mescla influências de pop rock, samba, reggae, rap, funk, ritmos baianos e eletrônico.

20h –  Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto – Guairão

R$ 50 e R$ 25 – Compra de ingresso pelo site www.ticketfacil.com.br

Saxfônico – Quarteto de Saxofones

Victor Gabriel Castro, compositor, arranjador e multi-instrumentista apresenta o “Saxfônico Quarteto” com uma produção de arranjos cuidadosamente escritos para quarteto de saxofones sobre músicas consagradas do mundo inteiro.

19h – Memorial de Curitiba

R. Dr. Claudino dos Santos, 79 – São Francisco

Gratuito

Choro e Seresta 50 anos

O Conjunto Choro e Seresta, que alegra as manhãs de domingo na Feirinha do Largo da Ordem, comemora 50 anos de existência. Para comemorar, o conjunto contará com um dos nomes mais expressivos do choro nacional, o multi- instrumentista Nailor Azevedo, o Proveta.

20h – Memorial de Curitiba

R. Dr. Claudino dos Santos, 79 – São Francisco

Gratuito

Doxology Big Band

A Doxology Big Band é uma orquestra de jazz que toca músicas bem conhecidas do cancioneiro tradicional cristão com arranjos para jazz. Na sua participação da 40ª Oficina de Música, a Doxology estará lançando seu primeiro álbum em todas as plataformas de streaming.

21h30 – Memorial de Curitiba

R. Dr. Claudino dos Santos, 79 – São Francisco

Gratuito

Oficina Verde

Magia e ciência: uma conversa milenar sobre as ervas

A oficina abordará o tema magia natural e estudos científicos sobre o assunto, a atuação específica de algumas ervas, a potência das plantas no campo energético através da meditação com tambores.

14h30 – Cinemateca de Curitiba

Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco

Gratuito

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com