Minicafeteria curitibana ganha prêmio internacional de arquitetura

Com 7m², o projeto de design da rede Coffee Box conquistou a 1ª colocação no Prêmio Lusófono de Arquitetura e Design de Interiores

Lançada em 2019 e com três unidades no Brasil, duas no Centro de Curitiba (PR) e outra na cidade de Balneário Camboriú (SC), a rede curitibana Coffee Box, focada no melhor dos cafés especiais, acaba de ser anunciada como uma das vencedoras da primeira edição do Prêmio Lusófono de Arquitetura e Design de Interiores, de Portugal. Visando destacar os melhores projetos da área em países de língua oficial portuguesa, tendo em conta a sua inovação, criatividade, conforto, sustentabilidade e modernidade, o prêmio, organizado pelo Lisbon Awards Group, agraciou cerca de 40 projetos em diversas categorias divididas entre Arquitetura e Design.  

Apostando no conceito “to go”e inspirado na estética de cafés micro muito popular na Ásia e em centros urbanos de todo o mundo, a proposta do Coffee Box foi avaliada por um júri composto por grandes nomes da arquitetura brasileira e portuguesa, e conquistou o 1º lugar na categoria “Melhor Design de Exteriores e Interiores de Comércio de Pequena Dimensão”. Com um espaço físico de apenas 7m², o projeto das unidades da rede foi desenvolvido pelo arquiteto Givago Ferentz. Especialista em projetos para o mercado gastronômico e de entretenimento, o profissional elaborou a ambientação do Coffee Box destacando toda a essência da infraestrutura reduzida potencializada por uma composição arrojada planejada nos mínimos detalhes.

O espaço ganhou personalidade com uma ambiente que valoriza a integração com os clientes. Apesar de ser compacta, a área atende as necessidades funcionais e aposta em um estilo high tech, trazendo como elemento de destaque os grafismos presentes na iluminação e a presença da música como forma de atrair e conquistar o público. “A ideia era ousar e explorar a iluminação com cores e linhas trazendo um conceito urbano e arrojado”, conta Givago Ferentz. Para criar uma atmosfera ainda mais urbana, o local recebeu materiais e revestimentos escolhidos cuidadosamente para causar uma impressão de amplitude e gerar uma experiência única e diferenciada. “Dinamismo e energia foram os nossos motes neste projeto, e assim conseguimos projetar funcionalidade e sofisticação sem abrir mão da otimização e ergonomia”, completa o arquiteto.

Para mais informações sobre a rede Coffee Box, acesse o site www.coffeeboxcafe.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De leite condensado a pimenta: festival de caipirinhas celebra o verão em Curitiba

3ª edição do CaipiFest do Bar Quermesse, que terá releituras da clássica bebida a preço único de R$ 15, começa nesta terça-feira (11)

Paixão unânime entre os brasileiros, ainda mais durante o verão, a Caipirinha tem seu próprio festival na cidade de Curitiba: o CaipiFest. Promovido pelo Bar Quermesse, um dos mais tradicionais da capital paranaense, o evento terá sua 3ª edição nesta semana, entre os dias 11 e 16 de janeiro. Durante seis dias, o público poderá saborear versões clássicas e releituras originais, com cachaça ou vodka, por apenas R$ 15 cada unidade.

Entre as versões sobre sua origem, o Instituto Brasileiro da Cachaça conta que a receita original da caipirinha era receitada no combate a gripes, por causa do limão, incluindo o surto de Gripe Espanhola de 1918. Dizem que era muito popular no interior, por isso o nome “caipirinha”. Inicialmente feita com mel, acabou recebendo o açúcar, que vivia grande expansão no mercado brasileiro.

Divulgação

Resgatando essa tradição, uma das principais pedidas do Quermesse é a Caipirinha Três Limões. Na receita, o preparo recebe as variedades tahiti, siciliano e caipira combinadas a cravo e açúcar. Outra versão de sabor bem marcante é a Manga Rosa, de manga com pimenta. Para as pessoas de paladar mais leve, a Caipilé é a caipirinha de morango servida com um picolé de leite condensado. Versões mais tradicionais também fazem parte do evento, como a caipirinha de limão tahiti e a de uva (um sucesso da casa). Para completar o menu, a 3ª edição do festival terá um lançamento especial: a caipirinha de abacaxi com gengibre e melaço de cana.

O Bar Quermesse tem variadas dicas de petiscos e pratos cara acompanhar a programação do Caipifest, com uma gastronomia focada em culinária regional de boteco. O Torresmo de rolo é um dos mais pedidos, assim como as três versões de Carne de Onça (tradicional, carne de onça japonesa ou no canudinho crocante). Opções individuais, como o Pão com bolinho e o Choripan, são outras saborosas escolhas.

O Bar Quermesse fica na Rua Carlos Pioli (nº 513), no bairro Bom Retiro. A casa funciona de terça a sexta, das 17h às 23h, e aos sábados e domingos, das 11h30 às 23h. Mais informações no perfil oficial do empreendimento no Instagram (@barquermesse) ou pelo telefone (41) 3026-6676.

Aposta simples de Curitiba ganha prêmio de R$ 13,5 milhões na Quina

Um jogo simples feito em Curitiba foi o grande premiado do Concurso 5736 da Quina e o apostador vai receber R$ 13.593.443,02. As informações foram divulgadas pela Caixa Econômica Federal, nesta quarta-feira (22).

A aposta foi feita na Bonanza Loterias, que fica localizada na Rua Prof. João Falarz, no Orleans. Até o momento, não há informações se o mais novo milionário da capital paranaense já retirou o prêmio.

O sorteio foi realizado no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo. Os números contemplados foram o 03-07-29-51-55.

Outras quatro apostas de Curitiba foram sorteadas com quatro números. Cada uma delas irá receber R$ 4.571,21. Com o mesmo prêmio, uma aposta de São José dos Pinhais, na região metropolitana, também foi contemplada.

Nesta quinta-feira (22), o prêmio estimado da Quina é de R$ 700.000,00.