Médico é agredido após defender lockdown no Paraná: “Um me segurava e outro me agredia”

Profissional da saúde fez o relato em uma rede social

O médico infectologista José Eduardo Panini relatou ter sido agredido na última sexta-feira (26), em Toledo, no Paraná, após ter participado de uma reunião e defendido a imposição de medidas restritivas no estado por conta da Covid-19. O profissional da saúde publicou a foto do rosto machucado em uma rede social e desabafou.

“Após horas de reunião pra determinar o que seria ou não fechado, baseado num Decreto do Estado do Paraná. […] Ao alertar os riscos a pessoas conhecidas, a resposta que me foi deda foram chutes e socos”, afirmou.

“Enquanto um me segurava o outro me agredia”, continuou ao descrever as cenas de agressão. E protestou: “Enfim pessoas assim que ajudaram situação chegar onde está!”

Apesar do ocorrido, José afirmou que não vai se desanimar e que ainda haverá progresso, como as vacinas contra a doença. “Aos trabalhadores da saúde muita força!”, concluiu.

Repúdio

Em nota, o Conselho Municipal de Saúde de Toledo repudiou o ato sofrido pelo médico e pediu a apuração do crime para identificar os envolvidos. Leia a nota na íntegra:

O Conselho Municipal de Saúde de Toledo – Paraná, vem por intermédio deste REPUDIAR com imenso pesar a notificação que o médico infectologista de Toledo, José Eduardo Mainart Panini, foi covardemente atacado por sua orientação para a prevenção do Novo Corona Vírus, na última sexta-feira (26). O fato foi divulgado na data de hoje (01) pelo próprio profissional nas redes sociais.

O Conselho Municipal de Saúde manifesta com repúdio e pede que os autores sejam identificados e punidos.

Aos profissionais de saúde que enfrentam as mais diversas dificuldades para atender toda população, nosso reconhecimento e empatia um momento de absoluta tensão e risco. 

Aos cidadão, reivindicamos respeito, acolhimento e reconhecimento aos profissionais que abrem mão de suas vidas em prol de outras. 

Salientamos que o Conselho repudia qualquer ato de violência e em se tratando do qual momento de pandemia, a qual servidores atual incansavelmente para salvar vidas aqui em Toledo, assim como no mundo todo, atos desse tipo apontam, total desrespeito com o próximo, e, só traz prejuízos a todos que estão na luta para que isto um dia vire apenas história.

Decreto

O Estado do Paraná decretou lockdown de dez dias para enfrentar o aumento de casos do novo coronavírus. O anúncio da medida foi feito pelo governador Carlos Massa Ratinho Jr. na manhã do dia em que o médico foi agredido.

As medidas começaram a valer na madrugada deste sábado (27) e seguem em vigência até o dia 8 de março. O lockdown suspende o funcionamento de serviços e atividades não essenciais. Além disso, fica proibida a circulação de pessoas em espaços e vias públicas entre as 20h e as 5h.

Informações Banda B.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PM lança edital de ingresso no curso de formação de oficiais para policial e bombeiro militar

A Polícia Militar abriu as inscrições para o concurso público de ingresso ao Curso de Formação de Oficiais (CFO) turma 2022. São 60 vagas para cadete policial militar (seis para candidatos afrodescendentes) e 10 vagas para cadete bombeiro militar (uma para candidatos afrodescendentes). Os interessados podem fazer a inscrição até as 12h do dia 10 de novembro. Confira o link do Edital.

Os candidatos devem ler atentamente o que prevê o edital e verificar os pré-requisitos básicos para concorrer às vagas. As inscrições devem ser feitas pela internet, no site do Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná, mediante o preenchimento do formulário de inscrição, e serão consolidadas com o pagamento da taxa, ou após a homologação da isenção dessa taxa (ver critérios no edital).

A SELEÇÃO – O processo seletivo será feito em duas etapas, sendo a primeira com a UFPR e a segunda com a Academia Policial Militar do Guatupê (APMG). A primeira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, consiste provas de Conhecimentos Gerais e de Compreensão e Produção de Textos, em fase única, para avaliar o domínio dos conteúdos das disciplinas do Ensino Médio, as capacidades de articular ideias com clareza, de relacionar e interpretar fatos e dados e de raciocinar de maneira lógica.

Na segunda etapa, os candidatos serão submetidos às Provas de Habilidades Específicas (PHE) no âmbito da PMPR, reguladas por edital. As PHE, de caráter eliminatório, serão compostas pelas seguintes fases: Investigação Social (IS), Avaliação Psicológica (AP), Exame da Capacidade Física (ECAFI) e Exame de Sanidade Física (ESAFI).

CFO – O curso, oferecido pela Escola de Formação de Oficiais (EsFO), é disponibilizado todos os anos pela UFPR. As disciplinas fundamentais estão ligadas diretamente à vida militar, buscando adaptar os cadetes para o melhor cumprimento da sua atividade como policial militar e bombeiro militar. São diversos segmentos do direito, uso correto de armas de fogo, psicologia, estatística, educação física, direitos humanos e policiamento comunitário, além de técnicas de salvamento e prevenção de incêndios, entre outras.

DURAÇÃO – O curso tem duração de três anos e, no 1º ano, o cadete recebe um subsídio de R$ 3.277,88. No 2º ano o valor é de R$ 3.671,24 e, no 3º ano, de R$ 4.221,93. Ao concluir o 3º ano o cadete é declarado Aspirante à Oficial com subsídio no valor de R$ 7.211,35. Após o período de estágio probatório, estará apto a ser promovido ao posto de 2º tenente, com subsídio de R$ 9.735,33.

Corpo de Bombeiros abre 167 vagas em curso de guarda-vidas civil voluntário para temporada

O Corpo de Bombeiros do Paraná vai disponibilizar 167 vagas para o curso destinado a pessoas que queiram trabalhar como guarda-vidas civil no Litoral e nas regiões Noroeste e Oeste do Estado na temporada de verão 2021/2022. A inscrição para a capacitação é gratuita e deve ser feita no site da corporação até às 12h do dia 15 de outubro de 2021.

Os guarda-vidas civis atuarão como reforço ao trabalho dos bombeiros militares na prevenção de ocorrências e no atendimento a afogamentos no mar, rios e lagos.

Das 167 vagas, 90 são para os municípios litorâneos de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná (30 vagas para cada município), 30 vagas para a região de Paranavaí (Noroeste), 25 para Foz do Iguaçu (Oeste), 12 para Umuarama (Noroeste) e 10 para Morretes (Litoral).

Na inscrição o candidato deve apontar onde quer fazer o curso. Para efetivar a inscrição é necessário ter entre 18 e 50 anos, ser brasileiro nato, ter concluído o Ensino Médio até a data de término das inscrições (15 de outubro) e não possuir antecedentes criminais.

ETAPAS  A seleção será dividida entre as etapas de inscrição, exame de capacidade física e entrega de exames, documento e matrícula. Concluídas essas fases, a previsão de início da etapa de instrução é no dia 16 de novembro. O estágio operacional ocorrerá a partir do dia 10 de dezembro.

As datas do cronograma podem ser alteradas pelo Corpo de Bombeiros em edital à parte e cabe aos candidatos acompanhar o andamento do concurso no site oficial da instituição.

No período de estágio, o guarda-civil voluntário receberá o uniforme e uma ajuda de custo para cobrir despesas de alimentação e hospedagem no valor de R$ 100,00 por dia trabalhado.