Matrículas para a rede estadual estão reabertas a partir desta sexta-feira (8)

Pais e responsáveis que perderam o prazo para matrículas e rematrículas encerrado no dia 18 de dezembro poderão fazer solicitação para vagas em colégios estaduais a partir desta sexta-feira (8.01).

Para alunos que já são da rede, o pai, o responsável ou o próprio aluno (quando maior de 18 anos) precisarão comparecer à instituição de ensino onde o estudante estava matriculado em 2020, informar a intenção de permanecer matriculado na escola, entregar a documentação obrigatória e assinar o formulário de renovação de matrícula.

Já para estudantes de outras redes de ensino, particulares, de outros estados ou países e aqueles estudantes da rede estadual que desejarem se transferir para uma instituição de ensino diferente de onde estavam matriculados, os pais ou responsáveis legais podem fazer a solicitação pela internet, através do formulário disponível no link abaixo destinado à sua região (NRE), ou comparecer à instituição de ensino para a qual deseja a vaga.

Após esse procedimento, o aluno fará parte do Cadastro de Espera de Vaga Escolar (CEVE) e será realizada sua matrícula. Caso não haja vaga disponível na instituição de ensino de preferência, o estudante ficará na lista de espera mesmo depois de estar matriculado ou frequentando outra instituição de ensino, podendo ser chamado assim que a vaga estiver disponível. O estudante poderá solicitar vaga e se cadastrar no CEVE de mais de uma instituição de ensino.

Também nesta sexta-feira, a partir das 15 horas, será divulgado o resultado do Ceve para aqueles estudantes que fizeram opção pela instituição de ensino de preferência na Área do Aluno até o dia 18 de dezembro.

INÍCIO DO ANO LETIVO – O ano letivo está previsto para começar no dia 18 de fevereiro, conforme anunciado pelo Governo do Estado no último dia 15.

Vale lembrar que os pais, responsáveis legais ou estudantes maiores de 18 anos têm até 30 dias após essa data para entrega da documentação necessária e assinatura do formulário de matrícula ou rematrícula.

Formulários para cada região (NRE):

APUCARANA: rebrand.ly/nreapucarana

ÁREA METROPOLITANA NORTE: rebrand.ly/nreamn

ÁREA METROPOLITANA SUL: rebrand.ly/nreams

ASSIS CHATEAUBRIAND: rebrand.ly/nreassis

CAMPO MOURÃO: rebrand.ly/nrecampomourao

CASCAVEL: rebrand.ly/nrecascavel

CIANORTE: rebrand.ly/nrecianorte

CORNÉLIO PROCOPIO: rebrand.ly/nrecornelio

CURITIBA: rebrand.ly/nrecuritibapr

DOIS VIZINHOS: rebrand.ly/nredoisvizinhos

FOZ DO IGUAÇU: rebrand.ly/nrefoz

FRANCISCO BELTRÃO: rebrand.ly/nrefbeltrao

GOIOERÊ: rebrand.ly/nregoioere

GUARAPUAVA: rebrand.ly/nreguarapuava

IBAITI: rebrand.ly/nreibaiti

IRATI: rebrand.ly/nreirati

IVAIPORÃ: rebrand.ly/nreivaipora

JACAREZINHO: rebrand.ly/nrejacarezinho

LARANJEIRAS DO SUL: rebrand.ly/nrelaranjeiras

LOANDA: rebrand.ly/nreloanda

LONDRINA: rebrand.ly/nrelondrina

MARINGÁ: rebrand.ly/nremaringa

PARANAGUÁ: rebrand.ly/nreparanagua

PARANAVAÍ: rebrand.ly/nreparanavai

PATO BRANCO: rebrand.ly/nrepatobranco

PITANGA: rebrand.ly/nrepitanga

PONTA GROSSA: rebrand.ly/nrepontagrossa

TELÊMACO BORBA: rebrand.ly/nretborba

TOLEDO: rebrand.ly/nretoledo

UMUARAMA: rebrand.ly/nreumuarama

UNIÃO DA VITÓRIA: rebrand.ly/nreuva

WENCESLAU BRAZ: rebrand.ly/nrewbraz

Informações AEN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisadores do Paraná participam de descoberta de fóssil de dinossauro

Uma equipe de arqueólogos de Maringá, no norte do Paraná, participou da descoberta de um fóssil de dinossauro encontrado no Maranhão, em abril deste ano. O material foi localizado em Davinópolis, no sudoeste do estado, e a informação sobre o achado dos pesquisadores foi divulgada nesta semana. 

O arqueólogo Jardel Stenio de Araújo Barbosa, da Arqueologística Consultoria Arqueológica, empresa que tem sede em Maringá, explica que a descoberta aconteceu em 13 de abril, enquanto os profissionais faziam o acompanhamento da obra para construção de uma ferrovia no Maranhão. Durante a vistoria em um dos pontos de escavação, um dos arqueólogos da equipe identificou um material que poderia se tratar de um fóssil. 

“Nós da Arqueologística somos dedicados ao estudo dos vestígios da cultura material deixada pelos humanos no passado. A identificação desses espécimes fósseis só ocorreu porque o Daniel Ribeiro, arqueólogo de campo, possuía conhecimento na identificação de fósseis. Aos olhos de outra pessoa, seria apenas uma rocha qualquer”, avalia o coordenador de pesquisas da Arqueologística.

Segundo ele, assim que os primeiros vestígios foram encontrados, o local foi isolado para evitar qualquer tipo de interferência que pudesse danificar os fósseis. Foi então que começou o trabalho de pesquisadores da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), chefiados pelo professor e paleontólogo Elver Mayer, para retirar os materiais do solo e identificar de qual espécie se tratava. 

Mais informações no portal GMC Online

Em reunião com a Emirates, Ratinho Junior busca voo direto entre Paraná e Dubai

O governador Carlos Massa Ratinho Junior apresentou nesta quarta-feira (13) todas as potencialidades do turismo paranaense para executivos da Emirates Airlines, maior companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos e uma das principais do setor no mundo. A reunião ocorreu em uma das sedes da empresa em Dubai e integra o giro da comitiva do Governo do Estado para promover o Paraná pelo Oriente Médio, iniciado na semana passada, em uma agenda paralela à Expo Dubai 2020.

A intenção, destacou Ratinho Junior, é estreitar laços para trazer ao Paraná um voo direto da empresa – atualmente a Emirates faz a rota São Paulo-Dubai cinco vezes por semana. Foz do Iguaçu, por ser um dos mais representativos polos turísticos do País, é a principal candidata.

“Queremos fortalecer o turismo paranaense. Foz é hoje o segundo destino de turistas estrangeiros do País, com grande possibilidade de crescimento. A cidade vem recebendo muitos investimentos, públicos e privados, e pode sim ser uma alternativa logística para a Emirates”, afirmou o governador. “Mas há em Curitiba o turismo de negócios e o turismo de natureza em outras cidades do Estado, todas com grandes atrativos”.

Ele lembrou que o aeroporto internacional da cidade, recentemente concedido à iniciativa privada, foi reformulado justamente para receber voos internacionais diretos, um investimento de R$ 69,4 milhões em uma parceria do Governo do Paraná, Itaipu Binacional e Infraero. “Fizemos um grande investimento no complexo. O aeroporto tem hoje a maior pista da Região Sul e está apto para receber voos dos Estados Unidos, Europa e Ásia”, disse Ratinho Junior.

Com a concessão, o Aeroporto Internacional das Cataratas deve ter um novo aporte, estimado em R$ 512,3 milhões. “Foz é um dos maiores centros comerciais do mundo, com grande movimentação de estrangeiros, especialmente vindos da Ásia. A projeção é que apenas um dos nossos atrativos, as Cataratas do Iguaçu, recebam 5 milhões de visitantes por ano em futuro bem próximo”, ressaltou o prefeito Chico Brasileiro.

O cenário impactou o chefe do escritório comercial da Emirates, Adnan Kazim. Ele disse que não conhecia o Estado e que a ideia é amadurecer a conversa. “O que posso dizer é uau! A impressão foi muito boa e temos muitas informações que não conhecíamos antes. Mas, para a aviação, teremos de fazer um estudo minucioso após essa visita do governador a Dubai. A visita aconteceu no melhor momento da nossa história por conta da Expo, a visita do Paraná foi muito oportuna”, afirmou.

“A reunião foi muito interessante. Após ver o material do Paraná, os números que o Estado têm a oferecer, os representantes da Emirates ficaram encantados. Falamos de Foz do Iguaçu, de Curitiba e mostramos que a maior reserva de Mata Atlântica do País está localizada no Paraná. Pelas ótimas impressões, temos uma chance muito grande de ter o primeiro voo da Emirates para o Paraná já no ano que vem”, disse Eduardo Bekin, diretor-presidente da Invest Paraná.

HUB LOGÍSTICO

O Paraná está retomando o projeto Voe Paraná, de aviação regional, e tem investimentos em públicos e privados em vários terminais. Quatro foram concedidos para a iniciativa privada (Afonso Pena, em São José dos Pinhais; Cataratas, em Foz do Iguaçu; Governador José Richa, em Londrina; e Bacacheri, em Curitiba), três foram totalemnte remodelados (Cascavel, Umuarama e Maringá) e há obras ou convênios para melhorias em andamento em Ponta Grossa, Siqueira Campos, Pato Branco, Cornélio Procópio, Arapongas, Paranavaí e Loanda.

EMPRESA

A Emirates Airline é a principal companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos. Fundada em 1985, conta com uma frota de 270 aeronaves que operam em 157 destinos. São mais de 45 mil funcionários de 172 nacionalidades diferentes.