Linha de ônibus especial da vacina entra em operação em Curitiba

Publicidade
Publicidade

Começou a funcionar nesta quarta-feira (27/1) a linha de ônibus exclusiva para atender quem vai se vacinar. A linha X52 – Vacina-Parque Barigui faz o trajeto entre o Terminal do Campina do Siqueira e o Centro de Eventos Positivo, o Pavilhão de Cura, no Parque Barigui, local onde se concentra a vacinação na capital.

A linha, administrada pela Urbanização de Curitiba (Urbs), permite a integração, por meio do terminal, com outros ônibus da capital. O preço da passagem é o mesmo das demais linhas na cidade, R$ 4,50. Os ônibus vão funcionar de segunda a sábado, das 7h30 às 20h30. O pagamento é por meio de cartão-transporte.

“É mais uma facilidade para quem vai se vacinar, dará agilidade ao transporte das pessoas que estão na vez de serem imunizadas”, diz o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

A vacinação contra a covid-19 segue um cronograma. A Secretaria Municipal de Saúde ressalta que nenhum cidadão precisa procurar os serviços de saúde em busca da vacina. Todos os vacinados vão ser convocados, de acordo com o fluxo de vacinação, pelo aplicativo Saúde Já.

Neste momento estão sendo vacinados no Pavilhão da Cura os trabalhadores das alas de tratamento da covid dos serviços públicos e privados da cidade. A vacinação é de segunda a sábado, das 8h às 20h.

Desde o início da vacinação, em 20 de janeiro, já foram imunizadas 7.059 pessoas. A linha especial de ônibus vai funcionar até o final da vacinação em Curitiba.

Essa é a segunda linha criada pela Urbs durante a pandemia. A linha Expresso Saúde, criada em junho 2020, atende exclusivamente profissionais de saúde e faz o trajeto que percorre as principais clínicas e hospitais da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Concurso da Polícia Militar do Paraná é adiado

Publicidade
Publicidade

A Universidade Federal do Paraná (UFPR), anunciou nesta quinta-feira (25), por meio do Núcleo de Concursos, o adiamento do concurso da Polícia Militar do Paraná.

Segundo a UFPR, o concurso foi adiado para que não fosse realizado no mesmo dia das provas da primeira fase do vestibular da universidade, que foram remarcadas para 28 de março, e para não haver sobreposição de datas com o calendário de vestibular das universidades estaduais.

A universidade ainda divulgou que a Secretária de Segurança Pública do Estado do Paraná já foi comunicada sobre o adiamento do concurso. A nova data para realização será divulgada posteriormente no site do Núcleo de Concursos/UFPR.

Informações UFPR.

Curitiba recebe novo lote de vacinas contra Covid-19 e vai retomar campanha

Publicidade
Publicidade

Curitiba recebeu, nesta quinta-feira (25/2), nova remessa da vacina que imuniza contra o novo coronavírus. Foram entregues ao município 29.170 doses – 23.300 AstraZeneca/Fiocruz e 5.870 Coronavac/Instituto Butantan. As novas doses serão destinadas à retomada da vacinação de idosos e de trabalhadores da saúde que ainda não foram imunizados.

As novas doses foram direcionadas pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) da seguinte forma: 9.370 doses serão destinadas a retomada da imunização do público previsto na primeira fase, os trabalhadores da saúde. Já o restante do novo lote de doses irá contemplar a retomada da imunização dos idosos.

O cronograma de retomada da campanha deve ser anunciado até o final desta quinta-feira (25/2). Após confirmar a quantidade de doses recebidas a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) fará um balanço das doses aplicadas e a população estimada para a definição do cronograma de retomada.

A entrega oficial da nova remessa foi feita no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar). O documento de recebimento do novo lote foi feito pela superintendente de Gestão em Saúde, Flávia Quadros.

Curitiba recebeu, nova remessa da vacina que imuniza contra o novo coronavírus, que serão destinadas a retomada da vacinação de idosos e trabalhadores da saúde. Curitiba, 25/02/2021. Foto: Divulgação

De lá as vacinas seguiram, já no caminhão da Prefeitura de Curitiba e escoltadas pela Guarda Municipal, para armazenamento na Central de Vacinas da cidade, onde todas as doses serão catalogadas no sistema do município.

Segunda dose

Na última terça-feira (23/2), Curitiba também recebeu um lote de 9.450 doses da vacina Coronavac/Instituto Butantan que estavam reservadas no Cemepar para a segunda aplicação daqueles que receberam a primeira dose.

Com os novos lotes, o município já recebeu 121.660 doses de vacina para o combate do novo coronavírus. Dessas 88.550 são destinadas para a primeira aplicação e 32.610 são para a segunda dose.