Libertadores retorna nesta terça com Athletico-PR e Santos em campo

Furacão joga na Bolívia e, na Vila Belmiro, o Peixe recebe o Olímpia

A espera acabou. Depois de seis meses de paralisação em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covid-19), a Copa Libertadores da América  volta na noite desta terça-feira (15). Em março, quando o torneio foi interrompido, todos os 32 times já haviam  jogado as duas primeiras rodadas. A partir de agora, todas as demais fases – as quatro restantes da fase de grupos e as eliminatórias – ocorrerão sem presença de público. As finais devem ocorrer apenas em janeiro de 2021. 

Na noite de hoje (15), entram em campo dois dos sete clubes brasileiros que participam do torneio. Pelo Grupo C, o Athletico Paranaense, com três pontos, pega o Jorge Wilstermann, às 19h15 (horário de Brasília), no estádio Félix Capriles, em Cochabamba (Bolívia) . O Santos, que lidera o Grupo G, com seis pontos, recebe o Olímpia, do Paraguai, na Vila Belmiro,  às 21h30.

 A Libertadores retorna com mudanças também nas regras da competição. No último domingo (13), o Conselho da Conmebol ampliou o número de jogadores que poderia ser inscritos por cada equipe participante. As listas, cujo limite anterior era de até 40 nomes, foram ampliadas para 50. Os clubes que disputam os jogos nesta terça (15), quarta (16) e quinta-feira (17) tinham  prazo até às 18h de ontem (14) para enviar à entidade as listagens de atletas. Nas viagens, as delegações terão o limite 50 pessoas, incluindo comissões técnicas e pessoal de apoio. Outra alteração anunciada pela entidade no domingo (13) foi a permissão de que os atletas possam atuar por até três três clubes na mesma edição da Libertadores. Anteriormente, o limite era de dois times. 

Jorge Wilstermann (Bolívia)  x Athletico-PR

A última partida do Furacão na Libertadores foi em 11 de março. Na ocasião, os brasileiros perderam para o Colo-Colo por 1 a 0, em Santiago (Chile).  Cinco jogadores daquele elenco também estiveram em campo na vitória do Athletico-PR sobre o Coritiba (1 a 0), no último sábado (12), pelo Brasileirão. O zagueiro Thiago Heleno, o lateral Márcio Azevedo, os volantes Wellington e Erick e o atacante Nikão. 

Em março, o treinador era Dorival Júnior, que foi demitido em agosto, depois de quatro derrotas seguidas na Série A. Hoje (15), quem comanda a equipe é Eduardo Barros. 

Atual campeã estadual, a equipe da Arena da Baixada apresentou na quinta-feira passada (10) a nova lista de inscritos com várias novidades: o goleiro Anderson, os zagueiros Felipe Aguilar e Pedro Henrique, os volantes Jaime Alvarado e Richard, os meias Bruno Leite e Ravanelli e os atacantes Fabinho, Geuvânio e Walter. Entre os desfalques para a partida de hoje (15) estão o zagueiro Thiago Heleno, o volante Léo Citadini, o atacante Nikão devem ser desfalques. 

O provável escalação deve ser com Santos; Jonathan, Felipe Aguilar, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Wellington; Erick, Christian, Geuvânio e Fabinho; Guilherme Bissoli.  

O dia 11 de março também marcou a última partida oficial do Jorge Wilstermann. Naquela ocasião, a equipe perdeu por 1 a 0 para o Penharol, em Montevideo (Uruguai). Com esse resultado, o Grupo C da Libertadores ficou com as quatro equipes empatadas com três pontos, depois de dois jogos. No Uruguai, o futebol permanece paralisado por conta da pandemia. Na Bolívia, os campeonatos permanecem paraslisados por conta da pandemia. O Jorge Wilstermann voltou aos treinos em agosto.

Santos x Olimpia (Paraguai)

Muita coisa mudou desde o dia 10 de março, quando o Santos ganhou do Delfín, do Equador,  por 1 a 0, na Vila Belmiro, e atingiu a liderança do Grupo G, com seis pontos. Do time que entrou em campo naquele dia, apenas cinco atletas começaram o clássico de sábado (12) contra o São Paulo: Lucas Veríssimo, Luan Peres, Diego Pituca, Carlos Sánchez e Soteldo. Na casa-mata, o comandante era o português Jesualdo Ferreira. Agora, no lugar dele, está Cuca. A equipe voltou a jogar no dia 22 de julho, quando empatou com o Santo André. No Estadual, o Peixe acabou sendo eliminado nas quartas de final pela Ponte Preta.

Na nova lista de inscritos na Libertadores, apresentada nesta segunda-feira pelo Peixe, são seis novidades: os zagueiros Alex e Wagner Leonardo, os meias Anderson Ceará, Gabriel Pirani e Lucas Lourenço e o atacante Lucas Braga.

Adversário desta noite, o paraguaio Olimpia está em segundo lugar com quatro pontos em dois jogos. Pelo campeonato nacional, que retornou em 22 de julho, o clube ocupa a terceira posição com 38 pontos, quatro a menos do líder Cerro Porteño. 

O Cuca deve mandar a campo logo mais João Paulo; Madson, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Lucas Braga e Soteldo.

Informações Agência Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Athletico bate Palmeiras e fica a um empate da final da Libertadores

O Athletico-PR saiu na frente do Palmeiras na semifinal da Libertadores. Nesta terça-feira (30), o Furacão derrotou o Verdão, atual bicampeão, por 1 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba. Foi a primeira derrota dos paulistas nesta edição da competição.

O Rubro-Negro paranaense, que busca retornar à final do maior torneio do continente após 17 anos, tem a vantagem do empate na partida de volta, na próxima terça-feira (6), às 21h30 (horário de Brasília), no Allianz Parque, em São Paulo. O clube alviverde precisa ganhar por dois ou mais gols de diferença para se classificar à terceira decisão seguida de Libertadores ainda no tempo normal. Se vencer por um gol, a decisão será nos pênaltis.

Ambos os times foram a campo modificados. Titulares habituais no Athletico, o meia David Terans e o atacante Pablo deram lugar a Alex Teixeira e Vitor Roque, respectivamente, na escalação de Luiz Felipe Scolari. No Palmeiras, com as ausências do volante Danilo e do meia Gustavo Scarpa, suspensos, Abel Ferreira escolheu Gabriel Menino e Flaco López. O argentino assumiu o centro do ataque, com Rony na ponta esquerda.

O Palmeiras começou o jogo melhor e teria saído na frente logo aos cinco minutos, não fosse a oportunidade desperdiçada por Flaco López. O argentino tabelou com o também atacante Dudu, mas finalizou ao lado, na cara do goleiro Bento. O Athletico encaixou a marcação e abriu o placar. Aos 21, Vitor Roque foi lançado na área pelo lateral Khellven, dominou e rolou para Alex Santana girar e chutar no canto, coroando a mudança promovida por Felipão. Bem postado, o Rubro-Negro deu pouca brecha para o Verdão assustar, com exceção de uma cabeçada de López, aos 43 minutos, após cruzamento do atacante Rony.

O Verdão retornou do intervalo pressionando o Furacão, que tentava sair nos contra-ataques, mesmo encontrando mais dificuldades para isso que no primeiro tempo. A missão dos anfitriões ganhou contornos dramáticos a partir dos 25 minutos, com a expulsão do volante Hugo Moura, que esperou a marcação de uma falta e colocou a mão na bola, recebendo o segundo cartão amarelo. Três minutos depois, Felipão levou o vermelho, por reclamação. O Palmeiras subiu as linhas e apertou o Athletico, que segurou a vantagem até o apito final.

As equipes mudam temporariamente a chave para o Campeonato Brasileiro e voltam a campo neste sábado (3), às 19h. O Athletico recebe o Fluminense na Arena da Baixada, enquanto o Palmeiras encara o Red Bull Bragantino no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). Os duelos valem pela 25ª rodada.


Fonte: Veja a matéria no site da Agência Brasil

Corrida e Caminhada dos Amigos do HC levam 2 mil pessoas ao Parque Náutico de Curitiba

No último domingo, o 3º Circuito da Senioridade Corrida e Caminhada dos Amigos do HC reuniu duas mil pessoas no Parque Náutico de Curitiba, localizado no Bairro Boqueirão. Com as provas começando às 7h, os participantes venceram o frio com muita disposição e vontade de contribuir com a grande causa do evento, que arrecadou o valor das inscrições para a construção do CEDIVIDA, o Centro de Direitos à Vida da Pessoa Idosa.

O espaço está em obras e vai funcionar ao lado da sede da Associação dos Amigos do HC, no Alto da Glória, dando atendimento humanizado e de qualidade para a população da terceira idade.

“A construção do CEDIVIDA é um marco que vamos deixar para as futuras gerações de idosos, com atividades permanentes, cuidados diários e toda a atenção e respeito com que eles merecem ser tratados”, afirmou o presidente da Associação, Pedro de Paula Filho, que esteve no Parque Náutico de Curitiba.

Dentre os participantes das Corridas de 5 Km e 10 Milhas, estavam portadores de necessidades especiais, como cadeirantes e deficientes visuais, que tiveram categorias próprias de participação, além de idosos acima de 60 anos.

Eles largaram no pelotão da frente e foram muito aplaudidos pela determinação em participar da prova. Neste link é possível conferir o resultado de todas as provas, por categoria: https://www.amigosdohc.org.br/2022/08/24/confira-os-vencedores-da-3a-corrida-e-caminhada/

A seguir, um resumo destacando os vencedores nas modalidades Corrida 5 Km e Corrida 10 Milhas, nas categorias gerais feminina e masculina:

Corrida 5 Km (Feminina):

1ª – Nathalia Bocardo Trica, com o tempo de 21’27’’

2ª – Jerusa Andrade de Jesus, com o tempo de 22’12’’

3ª – Eva Domingues, com o tempo de 22’26’’

Corrida 5 Km (Masculina):

1º – Dionathan Liszyk, com o tempo de 17’53’’

2º – Renan Winkler Obayashi, com o tempo de 18’26’’

3º – João Vitor Souza Vieira, com o tempo de 19’34’’

Corrida 10 Milhas (Feminina):

1ª – Gabriela de Freitas, com o tempo de 1’03’’10’’’

2ª – Desiree Franci Maciel dos Santos, com o tempo de 1’06’’27’’’

3ª – Daniele Cristine Oliveira, com o tempo de 1’06’’59’’’

Corrida 10 Milhas (Masculina):

1º – Patrick Gularte Vieira, com o tempo de 54’18’’

2º – Cristiano Ribeiro, com o tempo de 56’13’’

3º – Gilson Lima, com o tempo de 1’01’’46’’’

Prevenção e orientação com bom humor

Quem participou do evento se deparou com uma estrutura repleta de tendas e espaços de orientação. Animadores ajudaram a espantar o frio com muita alegria, incentivando as pessoas que estavam se preparando para correr e caminhar.  

O aquecimento e as atividades no palco foram comandados pela equipe da Academia Move, por um locutor que agitou os participantes e por voluntárias da ONG Especialistas da Alegria. Convidados, parceiros e patrocinadores tiveram acesso a um Espaço VIP, para descansar e se hidratar entre as provas.

No Espaço CEDIVIDA foram feitas demonstrações dos serviços oferecidos pelo programa, como oficinas de artesanato, tricô, musicoterapia, atividades físicas, de bem-estar físico e mental, além de ações oferecidas por parceiros do portal www.cedivida.org.br e da Organização Mãos Sem Fronteiras.

O Espaço Promoção da Saúde teve uma tenda destinada para ações saudáveis, com informações e orientações, aferição de pressão, saúde bucal, atividades físicas, alimentação saudável e doação de sangue.  

As atividades foram coordenadas por representantes do Hemepar, da Farmácia Escola da UFPR, da Secretaria Municipal de Saúde, por meio do programa Escute Seu Coração e pelo Departamento de Nutrição da UFPR.

O Espaço Organizações Sociais recebeu instituições que trabalham com a temática da pessoa idosa em seus diferentes enfoques, como a ABRAZ, Associação Brasileira de Alzheimer, o Instituto Buko Kaesemodel, especializado na conscientização e orientações sobre a Síndrome do X-Frágil, representantes da ABRAPO, Associação Brasileira Porfiria, da Associação Paranaense dos Portadores de Parkinsonismo do IPC, Instituto Paranaense de Cegos e do Socorro aos Necessitados – Lar de Idosos Recanto Tarumã.

No Espaço Legislação e Direitos, representantes da Comissão de Direitos da Pessoa Idosa da OAB deram orientações para a população acerca de questões legais, ao lado de profissionais da FAS Boqueirão, que prestaram assistência jurídica aos presentes.

Realização e premiação

O 3º Circuito da Senioridade Corrida e Caminhada dos Amigos do HC teve o patrocínio da Greca Asfaltos, Megamania, Farmácias Nissei, Unimed e Pastre. São apoiadoras do evento: Decathlon, Bluefit, Hotel Bourbon, Divine, Eco Salva, Magrass, Gotox, Nutrimental, Odontocompany, O Que Fazer Curitiba, Tropes, Água Mineral Timbu, Vale Fértil, Cini, ProCorrer, Servopa, Uninter, Mili, Rádio Táxi Faixa Vermelha e Prefeitura de Curitiba. Participaram com apoio de mídia Favretto Painéis, RIC TV, Massa News, Massa FM, Midialand, Mix FM, Rede Massa e Outdoormídia.

Quem terminou entre a 1ª e a 3ª colocação na Corrida de 10 Milhas e na Corrida de 5 Km recebeu troféu, tanto no feminino, quanto no masculino. Todos os inscritos no evento receberam medalhas de participação.